Zverev bate Berretini e conquista o bi do Masters 1000 de Madrid

Zverev bate Berretini e conquista o bi do Masters 1000 de Madrid

Like
70
0
segunda-feira, 10 maio 2021
Tênis

No último domingo (9), ocorreu a final do Masters 1000 de Madrid. O confronto foi entre Alexsander Zverev e Marco Berretini e quem levou o a melhor foi o alemão, vencendo num duro jogo por 2 sets a 1, com parciais de 6-7, 6-4, 6-3. Com a vitória Zverev conquistou seu 4 titulo de Masters 1000 na carreira e o bi campeonato em Madrid.

Por: Pedro Sabbadini de São Paulo-SP

ASSITA AOS MELHORES MOMENTOS DE ZVEREV X BERRETINI

PRIMEIRO SET

O duelo começou bastante equilibrado, com Zverev um pouco mais confortável, já que para Berretini era a sua primeira final de Masters 1000 na carreira. O jogo estava saque a saque no primeiro set, mas no 3-3, Berretini conseguiu um bom game de devolução e quebrou o alemão, fazendo 4-3 e sacando para 5-3. Porém no game seguinte, o italiano não sustentou a quebra e foi quebrado por Zverev, assim ficando 4-4.

Depois disso o jogo ficou novamente saque a saque até o tie break, com ambos confirmando seus serviços sem muitas dificuldades. Já no tie-break, Berretini abriu 5-0 e parecia que iria ganhar com facilidade, mas Zverev reagiu e fez 5-4. O italiano teve dois set points, pois estava 6-4, mas não fechou, o alemão igualou em 6-6, até o jogo ficar em 8-8. Foi  quando Zverev forçou um segundo saque e deu uma dupla falta, na sequência Berretini sacou em 9-8 e assim ganhou o primeiro set. Detalhe que o italiano venceu este primeiro set fugindo muito da esquerda, o que o ajudou , deu 17 winners, contra apenas 6 de Zverev

SEGUNDO SET

Na segunda parcial o jogo se manteve muito equilibrado, Zverev jogou com cautela, já que não estava tão brilhando quanto outros dias. Por outro lado, Berretini continuou sacando muito e bastante agressivo, mas errando algumas bolas que no primeiro set estavam entrando. O jogo estava bem parelho, 4-4 no segundo set, sem quebras de saque. Foi quando Zverev fez um ótimo game de devolução, mesmo sem ser espetacular, fez o italiano jogar todos os pontos, assim conseguiu a quebra na hora certa, fazendo 5-4 e sacando pro set.

Na hora de sacar pro set Zverev, foi firme e confirmou seu saque, vencendo o segundo set por 6-4 e levando a final, para o último e decisivo set.

TERCEIRO SET

A última parcial da decisão, começou com quase 2 horas de jogo. Mas dessa vez, Zverev mais sólido de fundo, conseguiu um quebra, mais cedo no set, o que foi fundamental para dar tranquilidade ao alemão que soube aproveitar as chances que teve. No 2-2 ele quebrou Berretini e em seguida confirmou seu saque, fazendo 4-2 no último set e ficando em uma ótima situação para vencer a partida. O italiano tentou, confirmou seu saque, mas não conseguiu quebrar Zverev no game seguinte, ficando em uma situação complicado perdendo por 3-5.

No 5-3, Berretini sacava para se manter vivo no jogo, mas não conseguiu. Depois de um longo game, com várias igualdades, Berretini cometeu um erro não forcado de esquerda e o título foi para Alexsander Zverev.

O alemão teve uma semana fantástica, vencendo Nadal e Thiem, além de conquistar o título, que foi o seu bi campeonato em Madrid. Ele já tinha vencido em 2018 e agora chega a um incrível recorde de 10-0, quando joga na quadra Manolo Santana em Madrid.

Foto Destaque: Divulgação /ATP

Pedro Sabbadini

Pq gosto de cultura em geral e vivo praticamente de todos esportes ( futebol, tennis , basquete e futebol americano)

13 posts | 0 comments

Comments are closed.