Vera Uller é incentivada a virar paratleta pelo marido

Vera Uller é incentivada a virar paratleta pelo marido

Like
937
0
quinta-feira, 17 dezembro 2020
Super Ação

Vera Lúcia Uller, de 32 anos, nascida em Indaial-SC, morou em Apiúna e hoje reside em Timbó-SC. Nasceu com má formação nos membros inferiores e começou a andar de muletas com seis anos. Porém, somente quando começou a trabalhar que a cadeira de rodas veio fazer parte do seu dia a dia. Mas virou paratleta a pedido do médicos para sua recuperação.

Por: Ana Bracarense, de Uberaba-MG.

A história de SuperAção

Criada no interior, tudo era mais difícil naquela época. Mas sua mãe sempre fez o melhor que podia. Tiveram muito apoio de pessoas da cidade e de alguns familiares. Vera Uller estudou em escola pública e não tinha acessibilidade nenhuma na época. Isso dificultou um pouco as coisas, porém não impediu de se incluir com seus colegas de classe.

“Com 12 anos ganhei um teclado e todo o curso de teclado. Também era integrante de um coral de crianças e adolescentes que se apresentavam na igreja e em eventos da região. Foi quando comecei a conhecer muitos lugares e pessoas importantes para o meu futuro, que sou grata até hoje, e levarei sempre em meu coração. Tive momentos bons e ruins, mas tudo isso ajudou a me tornar a pessoas que sou hoje”, diz Vera.

A Super Mãe

Sua mãe sempre lhe apoiou em tudo e lutou muito para que conquistasse tudo o que sonhou. Ela é sua melhor amiga de todos os tempos. Já seu pai era mais calado e nunca demonstrou muito suas emoções. Teve suas falhas, mas era um bom homem e conseguiram construir uma relação de pai e filha antes dele falecer, mas não antes de dizer o orgulho que tinha dela.

O início no esporte

Os médicos lhe pediram para praticar algum esporte para controlar seu peso e por questões de saúde, mas na cidade em que morava nenhum lugar estava disposto a se adaptar para lhe receber. Então, Vera Uller começou a fazer aulas de natação em 2017 na cidade de Indaial-SC.

Em 2018, o treinador Sidney Reinhold conheceu seu marido, no trabalho dele, e o convidou para treinar. Segundo ela, Deus colocou essa pessoa incrível em seu caminho e desde então treinam para competições estaduais e regionais. Sidney lhes apresentou as provas do atletismo e Vera ficou encantada.

“No PARAJASC 2019 eu conquistei o 1º lugar no arremesso de peso e no lançamento de dardo, 2º lugar no lançamento de disco e pretendo melhorar cada vez mais minhas marcas nessas modalidades”, conta Vera Lúcia.

Inspirações

Vera Uller não tem nenhum ídolo em específico, mas gosta de seguir outros paratletas nas redes sociais, ver as suas histórias de superação e dicas no atletismo.

“Quem me inspirou em ser paratleta foi meu marido Leandro Gabriel, que também é paratleta. Ele já praticava esportes e eu achei aquilo incrível. Nunca pensei que um dia estaria competindo e ele me incentivou para isso. Também me inspiro no nosso professor, ele sabe como nos motivar e ensinar para tirarmos o nosso melhor”, diz Vera, que conclui: “Sempre gostei de superar meus limites e acreditar que tudo é possível quando temos fé. Para ter sucesso no esporte é preciso ter persistência, foco e treinar muito”.

LEIA TAMBÉM

Foto destaque: Reprodução/Arquivo Pessoal

Ana Bracarense

Ana Bracarense

19 posts | 0 comments

Comments are closed.