Vaivém de pilotos marca semana da IndyCar

Vaivém de pilotos marca semana da IndyCar

2
471
0
quinta-feira, 15 outubro 2020
Automobilismo

Dias movimentados para os fãs da IndyCar! Na última segunda-feira (12), a imprensa internacional repercutiu o anúncio da separação de Oliver Askew com a Arrow McLaren, ao final da temporada. A saber, o piloto só poderá competir no dia 25 de outubro, em caso de liberação clínica, por conta de uma concussão sofrida nas 500 milhas de Indianápolis. Enquanto isso, Pato O’Ward segue por mais um ano na equipe norte-americana.

Por: Luma Lane, Barra Mansa – RJ.

O piloto se acidentou em 23 de agosto e passou pelo acompanhamento do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh. Em virtude do plano de recuperação, Askew perdeu duas provas da categoria no começo deste mês. Após Indianápolis, o desempenho do estadunidense caiu consideravelmente.

A princípio, o corredor era figura carimbada entre o top 10. Nesse sentido, o campeão da Indy Lights 2019 subiu uma vez no pódio e apareceu entre os 10 primeiros nas seis corridas anteriores ao acidente. Antes do diagnóstico, Oliver chegou a disputar quatro corridas, mas não esteve entre os 14 melhores colocados. O site oficial da equipe divulgou algumas declarações das partes envolvidas.

“Acreditamos que Oliver tem muito talento e potencial para o futuro. Ele teve um ano de estreia incrivelmente difícil, com falta de tempo geral em pista e problemas médicos recentes. Queremos dar a Oliver tempo para buscar novas oportunidades para 2021 e a habilidade de correr em St. Pete. No final do ano, desejaremos a Oliver o melhor em todos os seus empreendimentos futuros e ele sempre será um amigo da equipe” – disse Sam Schmidt, coproprietário da Arrow McLaren SP

O maior destaque de Askew ocorreu em Iowa, quando ficou em 3º e 6º lugares nas corridas 1 e 2, respectivamente. Por fim, o piloto está em 19º lugar na classificação da IndyCar, com 181 pontos.

 

MCLAREN RENOVA COM O’WARD NA INDYCAR

Por outro lado, o mexicano Pato O’ward permanece mais uma temporada com o uniforme da Arrow. O anúncio, feito um dia depois da liberação de Oliver Askew, marca o segundo ano consecutivo do mexicano na mesma equipe. Em relação a segunda vaga, dois nomes aparecem como candidatos mais fortes. Escolhido para substituir Askew anteriormente, Helio Castroneves é um dos favoritos.

Além disso, Sérgio Pérez tem chances de vestir as cores da McLaren, devido a indefinição de seu futuro na Fórmula 1. Nesta quarta-feira (14), um dos representantes da Chip Ganassi Racing entrou na briga por uma vaga na equipe de Sam Schmidt.

ROSENQVIST PODE COMPLETAR DUPLA DA MCLAREN

De acordo com o portal AutoSport, o sueco Felix Rosenqvist deixará o atual grupo ao fim da temporada e será o novo piloto dos motores Chevrolet. O jovem de 28 anos chamou atenção desde sua corrida de estreia, em março de 2019, quando ficou em 3º no treino qualificatório. Nesta temporada, Felix está na 10ª colocação.

“Esta temporada começou mal para Rosenqvist, quando ele caiu do segundo lugar no Texas ao se aproximar do líder Dixon, mas na segunda corrida da Road America ele triunfou sobre seu futuro companheiro de equipe O’Ward, dando a Ganassi uma vantagem de quatro de quatro correm para abrir a temporada. Seu melhor resultado nas nove corridas desde então foi o quinto na primeira rodada da rodada dupla do Harvest Grand Prix, e atualmente ele está em 10º nos pontos.”, destacou a revista.

Foto destaque: Reprodução/Instagram/Oliver Askew

Luma Lane

Luma Lane

Meu nome é Luma Lane. Tenho 18 anos, sou da cidade de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro e estou cursando o segundo período de jornalismo no UBM - Centro Universitário de Barra Mansa. Sempr[...]

15 posts | 0 comments

Comments are closed.