‘Time dos sonhos’ traz crônicas publicadas sobre futebol por Verissimo

‘Time dos sonhos’ traz crônicas publicadas sobre futebol por Verissimo

1
1230
0
sexta-feira, 05 maio 2017
Futebol Brasileiro

Camisa 10 quando o assunto são crônicas, o colorado Luis Fernando Verissimo volta e meia nos brinda com seu humor e sabedoria ao falar de futebol em jornalões brasileiros. Em 2010, reuniu alguns de seus textos (publicados em O Globo e no Estadão, entre 1997 e 2009) a respeito do esporte bretão em “Time dos Sonhos” (Editora Objetiva) e os dividiu em quatro capítulos: “Pra que serve o futebol”, “O time dos sonhos”, “Ser Brasil” e “Jogo de Cintura”.

9d09c896-a9c7-4785-ba57-638ab00ecac5

Livro reúne crônicas publicadas pelo autor em jornais brasileiros entre 1997 e 2009 – Reprodução

No capítulo inicial, em “A primeira”, Verissimo fala de quando ganhou uma bola de futebol na infância – feita de couro e com câmara dentro, “como nos pneus”. “Hesitava-se muito antes de dar o primeiro chute na bola nova, pois o couro começaria a ficar arranhado no primeiro toque”, escreve o tímido gaúcho de Porto Alegre, criador, entre outros, de Ed Mort e da saudosa e já finada Velhinha de Taubaté.

Já em “Infantilidades”, o cronista é preciso e, de peito aberto, declara todo a paixão ao esporte: “Só o futebol permite que você sinta aos 60 anos exatamente o que sentia aos 6. Todas as outras paixões infantis ou ficam sérias ou desaparecem…”.

Quando seu time de coração, o Inter, ganhou o Mundial de Clubes do Japão de 2006, diante do Barcelona, Verissimo escreveu numa de suas crônicas, “O escanhoado”, que o já falecido atacante Fernandão “costuma jogar com a barba por fazer e, como se viu em Tóquio, entrega-se ao jogo como um argentino, mas a semelhança termina aí”. “Para jogar contra o Barcelona, fez a barba. Talvez previsse que iria ser fotografado com a taça e quisesse ficar escanhoado para a posteridade”, continua, com bom humor.

“Time dos Sonhos”, de 146 páginas, é uma dica de leitura rápida e divertida (aviso aos leitores: as crônicas não estão em ordem cronológica), tanto para os mais saudosistas (alguns se identificarão bastante com o autor) quanto para os jovens que não viveram a maior parte do que Verissimo conta em seus textos.

*crédito da foto em destaque: Divulgação/Editora Objetiva

Leonardo Guandeline

78 posts | 7 comments

Menu Title