A NBA inaugura uma nova década

A NBA inaugura uma nova década

Like
280
0
terça-feira, 22 outubro 2019
Basquete

Como falamos no texto passado, estamos diante de uma nova era na NBA. E os dois primeiros jogos já servem como termômetro do que está por vir na temporada 2019/20.

Pelicans x Raptors – às 21h (transmissão Sportv)

Jogo que deve ser precedido da cerimônia de entrega dos anéis dos campeões. Aqui o time de Toronto enfrentaria a sensação entre os calouros, Zion Williamson. Mas o jovem jogador, que foi o número 1 do Draft deste ano, se lesionou na pré-temporada e deve ficar fora entre seis a oito semanas, após operar o joelho direito. Zion que é o segundo jogador mais pesado da liga e enfrenta forte desconfiança sobre a saúde dos seus ligamentos e tendões. Muitos apostam que ele terá um destino semelhante ao de Greg Olden, primeira escolha da classe de 2007 e que também não estreou por conta de uma lesão no joelho e, posteriormente, teve carreira abreviada por conta de sucessivas lesões.

Clippers x Lakers – às 23h30 (transmissão Sportv)

Este sim é um jogo que pode de cara antecipar uma possível final de conferência. Ambos os times se reforçaram e vem com um o único objetivo: título. Porém, Lakers e Clippers tiveram histórias bem diferentes na temporada passada. Enquanto o time de LeBron não se classificou para os playoffs, o Clippers foi muito guerreiro encarando o bicampeão Golden State numa série de seis jogos. Portanto, é uma rivalidade que ganha novos contornos com os reforços de ambas as equipes.

O que você não pode perder nesta temporada 2019/20?

Favoritos no OESTE

1 – Lakers

Lebron James em um dos últimos anos de sua vitoriosa carreira ainda é capaz de causar impacto. Mas a essa altura da carreira King James acumula mais fãs do que haters, mas nunca é demais dizer: admire enquanto pode, pois em breve este homem estará desacelerando e, por fim, se aposentando. Esse novo Lakers dá a James um parceiro que ele nunca teve durante a carreira. Um pivô de respeito. No caso, Anthony Davis. Por mais que Chris Bosh tenha sido um ótimo companheiro de time na época de Miami, é evidente que ele era a terceira opção naquele time, assim como é obvio que ele não tinha também metade do talento de Davis.

2 – Clippers

Para muitos este é o melhor time “two-way” da liga. Kawhi Leonard e Paul George são dois dos melhores defensores desta geração. O índice de eficiência defensiva por jogada de ambos é muito alta. E ambos são pontuadores muito sólidos também. Eles se juntam a um time que já tem um conjunto bem orquestrado pelo experiente técnico Doc Rivers. No papel eles são o time a ser batido no Oeste

Favoritos no LESTE

1 – Bucks

Favoritos no Leste, o Bucks tem tudo na mão para repetir a ótima temporada. Apesar da saída do excelente ala Malcolm Brogdon, o time tem um jogador diferenciado. Giannis Antetokounmpo ganhou o MVP na temporada passada e está faminto para se tornar a melhor versão de si mesmo adicionando algo que falta no seu jogo, que é o arremesso de longa distância. Se ele conseguir ter alguma consistência nos arremessos, a NBA inteira terá problemas para marcar um cara deste porte, com a velocidade para penetrar e a habilidade de definir de longa distância. 

2 – Philadelphia 76ers

Talvez precisem se recuperar da ressaca após eliminação nos playoffs. O Fato é que no Leste eles ainda são um dos times mais fortes. Agora com um duo de pivôs muito interessante que traz força e habilidade de Joel Embiid, somado a experiência e raça do Al Horford. Por outro lado, terá que lidar com uma rotação nova após a partida de Jimmy Butler e J.J. Redick, o que enfraquece um pouco o jogo de perímetro do time. Se bem que o Simmons acertou sua primeira bola de três num jogo de NBA nesta pré-temporada. Você imagina isso se tornando rotina? Eu ainda não imagino (desculpa Ben).

Outros times que serão divertidos de se acompanhar

  1. Denver Nuggets – O time manteve as jóias da casa e soube trabalhar em torno deles. É o time que é eficiente nas duas pontas. Assim, o técnico Mike Malone só precisará ajustar a rotação agora que terá a sua disposição o Jerami Grant e Michael Porter Jr.
  2. Dallas Mavericks – Quem não quer ver o Dallas após a era Dirk? Mas o legado dele fica na mão de outros dois astros europeus. O jovem esloveno Luka Doncic, que vai para sua segunda temporada, e o letão Kristaps Porzingis que vai para sua 4ª temporada, após um ano inteiro parado por conta de uma lesão no tendão de Aquiles. 
  3. Pelicans – Apesar da baixa já logo no início da temporada, este é um time que promete ser empolgante de se assistir. Assim, com um núcleo jovem e diversificado, o Pelicans promete pelo menos dar show nas pontes aéreas com a dupla Lonzo e Zion. Mas alguns especialistas colocam eles como uma possível surpresa nos Playoffs. Sinceramente acho que tem muito chão para essa garotada correr, apesar dos bons números de Zion (20 pontos e sete rebotes por jogo).
  4. Houston Rockets – Se Harden e Westbrook não valem o seu ingresso (sono), eu não sei mais o que vale.
  5. Hawks – Mais um caso interessante de jovem jogador em ascensão. Trey Young. Além da temporada de despedida de Vince Carter.

Portanto, como sabemos, daqui para frente serão meses de noites mal dormidas para acompanhar estes craques. Mas vale cada minuto acordado! Então, que comecem os jogos!

A NBA está de volta, senhoras e senhores!

Foto destaque: Edição/Eric Filardi

Felipe Teixeira

Felipe Teixeira

2 posts | 0 comments

Comments are closed.