Parajasc

4 EstilosAce HistóricoAlém da 12AmeriCupAnálise de ChaveAtletismoAustralian OpenAutomobilismoBandeiradaBaska de VilaBasqueteBasquete BrasileiroBasquete FemininoBasquete pelo MundoBeisebolBellatorBlind SideBoxeBrasileirão Série ACampeonato BrasileiroCampeonato CariocaCampeonato Carioca FemininoCampeonato Carioca MasculinoCampeonato PaulistaCampeonato Paulista FemininoCampeonato Paulista FutsalCampeonato Paulista MasculinoChampions League das AméricasClássicos da Fórmula 1ColunasCopa do BrasilCopa do Mundo da FIFACopa Sul-AmericanaCopa Uana 2019Desbravando LendasDiário de Bordo PoliesportivoDraft NBADraft NFLEntrevistasEscalada para cima e avanteEstaduais & RegionaisExplorando o BloqueioFórmula 1Fórmula 2Fórmula 3Fórmula EFórmula IndyFutebol AmericanoFutebol Americano BrasileiroFutebol Americano PaulistaFutebol BrasileiroFutebol FemininoFutebol InternacionalFutsalGarrafão Verde-AmareloHandebolJiu-JitsuJogando DireitoKickboxingLBFLibertadoresLiga das NaçõesLiga das Nações FemininaLiga das Nações MasculinaLiga NacionalLiga PaulistaLiga Sul-AmericanaLinha de SeteLutasMedicina Esportiva e FisiatriaMMAMoto GPNascarNataçãoNBANBBNFLNotícias Extra-CampoOutros EsportesParadesportoPaulistãoPlaneta VelocidadePlay na MLBPoder FemininoPolo AquáticoRugbySeleção BrasileiraSeleção BrasileiraSeleção Brasileira FemininaSeleção Brasileira MasculinaSkateStep-back pela históriaStock CarSuper AçãoSuperliga FemininaSuperliga MasculinaSurfTaura MMATênisToque de LetrasTransferências BrasilTransferências NBAUFCUS OpenVelaVôleiVôlei de PraiaVôlei InternacionalW SeriesWNBA
Vera Uller é incentivada a virar paratleta pelo marido
Colunas

Vera Lúcia Uller, de 32 anos, nascida em Indaial-SC, morou em Apiúna e hoje reside em Timbó-SC. Nasceu com má formação nos membros inferiores e começou a andar de muletas com seis anos. Porém, somente quando começou a trabalhar que a cadeira de rodas veio fazer parte do seu dia a dia. Mas virou paratleta a pedido do médicos para sua recuperação. Por: Ana Bracarense, de Uberaba-MG. A história de SuperAção Criada no interior, tudo era mais difícil naquela época....

Like
905
0
quinta-feira, 17 dezembro 2020
Salto em altura: Nildiomar segue seu ídolo e vira paratleta
Entrevistas

Nildiomar Cesar da Silva, nascido e ainda vive em Itajaí, teve um acidente de trabalho com 14 anos. Hoje atua como paratleta em salto em altura por causa de seu ídolo Flávio Reitz. A única dificuldade que ele teve foi a adaptação. Nasceu com duas pernas e, da noite para o dia, perdeu. Foi bem complicado. Mas também por causa do equilíbrio do tupiza “pezinho falso”, pois quando escorrega no meio da rua, fica sem jeito e com medo dos...

2
1571
0
sábado, 09 novembro 2019