Segundo Brawn, Mercedes e Ferrari devem agradecer muito ao heptacampeão do mundo pelos serviços prestados!

Segundo Brawn, Mercedes e Ferrari devem agradecer muito ao heptacampeão do mundo pelos serviços prestados!

Like
1080
0
quinta-feira, 29 dezembro 2016
Automobilismo

Mesmo sem muitas notícias sobre o atual estado de saúde do heptacampeão do mundo de F1, Ross Brawn acredita que, muito do que foi evoluído dentro das equipes de ponta que Schumacher passou, como a Ferrari e Mercedes, se deve ao comprometimento que o alemão dedicou e fez para elas.

De acordo com Brawn, Schumacher era um piloto extremamente talentoso e focado nos seus objetivos, além de ser um excelente motivador, o que resultava na vontade de evoluir e vencer em todos de sua equipe.

“Michael, com certeza, contribuiu muito para a organização e estrutura de sucesso que hoje tem a Mercedes. Ele ajudou a criar o sucesso que tivemos na Ferrari e continuou na Mercedes”, disse Brawn.

Ross acrescentou: “Com seu conhecimento e maturidade, sentando-se com um grupo de especialistas em aerodinâmica ou em pneus e sempre explicando o que era necessário, foi fundamental na criação de sistemas que contribuem para o sucesso que a Mercedes tem hoje, por exemplo”.

A respeito do acidente que deixou o heptacampeão do mundo em coma já há um bom tempo, Brawn procurou passar forças à família do alemão e acredita que, pelo fato do filho de Michael, Mick Schumacher, estar progredindo dentro do automobilismo, é um sinal de que toda família está dando o devido suporte e apoio para o garoto seguir seu sonho e continuar o legado do pai.

“Com o acidente do Michael, não só ele sofreu, mas toda sua família sentiu o impacto. Mas todo o apoio que eles dão ao Mick, é uma forma de mostrar que a família está comprometida em dar o suporte para o garoto conquistar seus sonhos e objetivos, o que o pai se orgulharia muito”, concluiu.

FOTO: LARS BARON/GETTY IMAGES

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

350 posts | 0 comments

Menu Title