São Paulo vence o Vitória no Morumbi e inicia caçada pelo G-4 do Brasileirão

São Paulo vence o Vitória no Morumbi e inicia caçada pelo G-4 do Brasileirão

Like
1101
0
sexta-feira, 09 junho 2017
Brasileirão Série A

Vitória se complica e fica com a última colocação do Brasileirão. Foto: Marcello Zambrana/AGIF

A noite desta quinta-feira (09) foi de alegria para a torcida do Tricolor Paulista, já que o São Paulo recebeu, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Vitória e levou a melhor pelo placar de 2 a 0, em jogo válido pela quinta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2017. Foi uma partida com estreias dos dois lados, além de altos e baixos de ambas as equipes, mas o São Paulo soube aproveitar melhor as chances que criou durante o jogo, que aliás, teve o placar movimentado somente no segundo tempo.

A Rádio Poliesportiva esteve no Morumbi e trouxe cada lance desta partida que aproximou o Tricolor do G-4 e que deixou o Vitória na última posição do torneio. Se você não conseguiu acompanhar a transmissão, aqui vai um resumo do que aconteceu no duelo entre paulistas e baianos. O jogo foi narrado por Ramoni Artico, que foi acompanhado dos comentários de Luiz Máximo e reportagens de Ivan Marconatto e Gabriel Max.

O escrete tricolor, comandado por Rogério Ceni foi a campo com o estreante Maicosuel de titular. A escalação completa do São Paulo teve: Renan Ribeiro; Éder Miltão, Maicon, e Lucão; Bruno, Jucilei, Cícero (João Schmidt) e Júnior Tavares; Maicosuel (Thomaz), Marcinho (Wellington Nem) e Lucas Pratto.

Já o estreante da noite pelo lado do Rubro-Negro Baiano foi o treinador Alexandre Gallo, que teve apenas dois dias para treinar e conhecer um pouco do elenco que enfrentaria o São Paulo, fora de casa. O time escalado por Gallo contou com: Fernando Miguel; Patric, Alan Costa, Fred e Thallyson; Willian Farias, Uillian Correia (Cleiton Xavier) e Gabriel Xavier (Todinho); David, Kieza e Neilton (Paulinho).

 

Primeiro tempo

 

O São Paulo, que estava jogando diante de sua torcida, precisava se recuperar da derrota ocorrida no último domingo, para a Ponte Preta, em Campinas e começou a partida de maneira eletrizante. Logo aos dois minutos de jogo, Fernando Miguel, goleiro do Vitória, começou a trabalhar, após jogada de Cícero, que lançou a bola para Lucas Pratto, que chutou firme, obrigando o guarda metas do time baiano a espalmar a bola para escanteio. Na sequencia do lance, a bola foi afastada e Maicon teve a chance de arriscar de fora da área e também fez Fernando Miguel fazer boa intervenção, mandando a bola para a linha de fundo. Aos oito minutos, Jucilei recebeu bom passe na entrada da grande área, mas na hora de arriscar a batida para o gol, o volante tricolor não pegou bem e mandou um chute fraco.

Aos poucos o ritmo da partida foi ficando mais cadenciado e, somente aos 20 minutos da etapa inicial, o São Paulo voltou a atacar com perigo, depois de boa jogada de Jucilei, que teve a conclusão de Marcinho. A bola chutada pelo atacante tricolor passou muito perto da meta defendida pelo arqueiro Fernando Miguel. Aos 22 minutos o Vitória começou a atacar com mais perigo e, em cruzamento de Patric, o zagueiro Lucão, do São Paulo, furou, obrigando o goleiro Renan Ribeiro a sujar o uniforme pela primeira vez.

A chance mais clara de gol do primeiro tempo saiu aos 27 minutos, em que Bruno acertou um ótimo cruzamento, que encontrou a cabeça do estreante Maicosuel, que subiu bem e testou a bola, para grande defesa de Fernando Miguel, que espalmou com a mão esquerda, após o rebote, Lucas Pratto, também de cabeça, mandou a bola por sobre o gol.

Aos 31 minutos, o zagueiro Fred, do vitória, cobrou falta perigosa no bico esquerdo da grande área, mas a bola caprichosamente, passou por cima da meta de Renan Ribeiro, levando perigo. Ainda deu tempo, no primeiro tempo, do goleiro do Vitória brilhar novamente, após belo chute de Pratto, que o goleiro mais uma vez afastou.

 

Segundo Tempo

 

Thomaz foi o autor do gol que abriu o placar e ajudou o São Paulo a se aproximar do G-6. Foto: Marcello Zambrana/AGIF

O São Paulo voltou para a etapa complementar com uma modificação, já que Maicosuel deu lugar ao meia Thomaz, para auxiliar na armação de jogo e liberar os atacantes Marcinho e Pratto para formar a dupla de ataque. Pelo lado do Rubro-Negro Baiano, o time que voltou era o mesmo, mas com uma postura mais agressiva que a vista no primeiro tempo.

Aos cinco minutos, após cobrança de escanteio de Marcinho, Lucão subiu mais alto que os zagueiros do Vitória e testou a bola pra baixo, a bola quicou e sobrou nas mãos do goleiro Fernando. Três minutos depois, foi a vez de Thomaz arriscar de fora da área, mas a bola passou do lado esquerdo do gol defendido por Fernando Miguel. O jogo já estava morno, assim como no primeiro tempo, mas aos 18 minutos da etapa final, o São Paulo tratou de abrir o placar do Estádio do Morumbi. Em falha individual de Willian Farias, Marcinho recupera a posse de bola e toca para Thomaz, o meia ajeita a bola para a perna direita e estufa a rede, sem chances de defesa para o goleiro do Leão da Barra.

Ambos os treinadores fizeram mais algumas alterações e o jogo acabou ficando melhor para o Vitória, que aos 29 minutos fez uma verdadeira “blitz” em busca do empate. O primeiro a chutar foi David, que bateu firme, mas Renan Ribeiro espalmou, no rebote do lance Paulinho chutou novamente a queima roupa e Renan salvou o São Paulo mais uma vez e, ainda no mesmo lance, a bola sobrou outra vez para Paulinho, que encheu o pé, mas o zagueiro Éder Militão, em cima da linha, afastou o perigo dali. A partir deste lance, o Vitória cresceu na partida e teve mais uma chance aos 35 minutos, em que até marcou o gol com Todinho, mas o bandeira anulou, alegando toque de mão do atacante Kieza, antes do chute do atacante Todinho. Foi o lance de maior reclamação por parte dos jogadores do Vitória.

Somente nos acréscimos, quase no apagar das luzes do Morumbi, o São Paulo ampliou o marcador, com um belíssimo chute colocado de Lucas Pratto. O camisa 14 do Tricolor recebeu passe do meia Thomaz e clareou para o chute de chapa, que foi no ângulo do goleiro Fernando Miguel, que só conseguiu olhar a trajetória da bola, sacramentando a terceira vitória seguida do São Paulo diante de sua torcida e deixando o Vitória em situação complicada na tabela, após conseguir conquistar apenas um ponto em 15 disputados.

 

Próximos compromissos

 

O São Paulo tem uma “pedreira” pela frente na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, já que vai à Arena Corinthians, para enfrentar o Timão, no próximo domingo, às 16 horas. O Vitória continuará a sua saga em busca dos primeiros três pontos contra o Atlético Mineiro, no Barradão, em jogo que também será realizado no próximo domingo, às 16 horas.

 

Por Gabriel Max

admin

240 posts | 0 comments

Menu Title