São Paulo tinha a vitória nas mãos, mas deixa escapar e empata em 2 a 2 com a Ponte Preta

São Paulo tinha a vitória nas mãos, mas deixa escapar e empata em 2 a 2 com a Ponte Preta

1
1151
0
domingo, 10 setembro 2017
Brasileirão Série A

No retorno do Campeonato Brasileiro, São Paulo e Ponte Preta se enfrentaram no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi. Com cerca de 40 mil torcedores presentes, o São Paulo contou com a torcida para conseguir conquistar a vitória e deixar a incômoda penúltima posição.

Parecia que o São Paulo iria conseguir uma vitória. Fez 1 a 0 no golaço de Hernanes. Marcou o segundo gol no início do segundo tempo com o estreante da noite, Bruno Alves. Dominava a partida e a Ponte praticamente inexistia ao ataque. Isso até um toque com o braço na bola do Jucilei dentro da área do São Paulo. Além do pênalti para a Ponte que diminuiu no placar, Jucilei foi expulso. Com isso, a Ponte pressionou até chegar ao gol de empate e poderia até chegar a virada. O torcedor do São Paulo saiu do Morumbi com a sensação de que a vitória estava nas mãos, mas escapou.

 

Primeiro tempo

Nos 10 minutos iniciais, a Ponte Preta começou mais incisivo no ataque, com posse de bola e exercendo uma certa pressão ao tricolor do Morumbi que aparentava acuado. Após o décimo minuto, o São Paulo se soltou um pouco mais e marcou presença no ataque. Em descida pela direita, Militão mandou um tiro direto e passou à frente de Aranha. Nessa altura do jogo, um duelo à parte entre Pratto e Marllon, mas levando a melhor o zagueiro da Ponte Preta.

A primeira grande oportunidade do tricolor surgiu aos 27 minutos, com Marcos Guilherme redireciona da direita para a esquerda, Lucas Fernando de perna esquerda um belo chute que bate na rede pelo lado de fora.  O São Paulo melhorou. Alguns minutos depois, Lucas Pratto arriscou de fora de área, mandou um chute rasante que foi para a linha de fundo.

Finalmente aos 34 minutos o tricolor do Morumbi marca o primeiro gol. Hernanes com extrema categoria cobra falta e acerta o ângulo do goleiro Aranha para o delírio da torcida do tricolor. O São Paulo se entusiasmou após marcar o gol! Lucas Fernandes da direita arriscou um novo chute que passou perto, à direita do gol assustando o goleiro Aranha. Após isso, nada de mais aconteceu no primeiro tempo.

 

Segundo tempo

Após o intervalo, o técnico Gilson Kleina, promove uma alteração ousada na Ponte Preta. Ele retira Elton e promove a entrada do Leo Gamalho para deixar a Ponte mais ofensiva e correr atrás do prejuízo. Porém, o tricolor do Morumbi seguiu no ritmo do primeiro tempo. Aos seis minutos, bela jogada de Edimar na esquerda que ao fundo rolou para trás no centro para Hernanes arriscar o chute de primeira. A bola passa por sobre o gol do goleiro Sidão. A Ponte numa cobrança de falta com Danilo Barcelos de longa distância, mandou o torpedo e a bola chegou quente nas mãos de Sidão que espalmou de maneira esquisita, deixando o torcedor tricolor preocupado.

O tricolor chegou ao segundo gol em cobrança de escanteio. O estreante da noite foi o felizardo, após Pratto tocar de cabeça para dentro do área, o zagueiro Bruno Alves ganhou na disputa pelo alto e teve a colaboração do goleiro do Aranha que falhou no lance.  Aos 11 minutos do segundo tempo, o São Paulo faz 2 a 0.

Logo depois, o Sidão salvou a pátria tricolor! Bola alçada na área, Luan Peres cabeceou forte e o goleiro do tricolor fez uma grande defesa. Logo depois, um lance com muita confusão na área, bate e rebate, até que o Jucilei intercepta com o braço um chute da Ponte que iria em direção ao gol de dentro da área. O árbitro em cima do lance assinalou pênalti e Jucilei levou cartão vermelho. Aos 19 minutos, Danilo Barcelos cobrou bem e diminuiu no placar. Agora 2 a 1.

Em vantagem numérica, a Ponte partiu para cima para tentar chegar ao gol do empate. Na pressão, Danilo Barcelos levanta a bola na área, Léo Gamalho no cabeceio acerta a trave de Sidão. Não demorou para o Léo Gamalho se consagrar. Após cobrança de escanteio de Danilo Barcelos, Gamalho subiu de cabeça e guardou para marcar o gol de empate aos 30 minutos do segundo tempo, para o desespero do torcedor do tricolor.

Nesse momento, o São Paulo se apresentava desnorteado. Já a Ponte Preta se viu numa situação amplamente favorável e que podia mais, de repente petiscar a vitória no vira virou. A Ponte quase chegou ao gol da virada, aos 42 minutos, no chute de Felipe Saraiva, onde o Sidão se esticou e na ponta dos dedos fez a defesa.

Não houve mais tempo e o jogo terminou num empate nada interessante para as duas equipes e presenciado pelos mais de 42 mil torcedores.  Para a próxima rodada, o São Paulo enfrentará em Salvador o Vitória e já a Ponte enfrentará o Atlético Goianiense.

 

Ficha do jogo

Estádio Cícero Pompeu de Toledo – Morumbi
Sábado, 07/09 – 19h00
Brasileirão – 23ª rodada
São Paulo 2 X 2 Ponte Preta
Escalados do São Paulo:
12 – Sidão; 13 – Militão (18 – Buffarini), 3 – Rodrigo Caio, 34 – Bruno Alves e 16 – Edimar; 6 – Petros, 25 – Jucilei e 15 – Hernanes; 23 – Marcos Guilherme (10 – Cueva), 11 – Lucas Fernandes (39 – Marcinho) e 9 – Lucas Pratto. Técnico: Dorival Junior.

 

Escalados da Ponte Preta:
1 – Aranha; 2 – Nino Paraíba, 3 – Marllon, 4 – Luan Peres e 6 – Danilo Barcelos; 5 – Fernando Bob, 17 – Naldo (10 – Renato Cajá), 8 – Elton (16 – Léo Gamalho) e 7 – Felipe Saraiva; 9 –  Lucca (19 – Maranhão) e 11 – Emerson Sheik. Técnico Gilson Kleina.

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique.
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés e Michel Correia.

Gols do São Paulo: Hernanes aos 34 minutos do 1º tempo e Bruno Alves aos 11 minutos do 2º tempo.
Gols da Ponte Preta: Danilo Barcelos de pênalti aos 19 minutos do 2º tempo e Léo Gamalho aos 30 minutos do 2º tempo.

 

Entrevistas após o jogo na reportagem de Bruno Filandra Lopes

Hernanes – São Paulo F.C.

 

Técnico Dorival Jr – São Paulo F.C.

 

Luan Peres – Ponte Preta

 

O técnico Juninho (que comandou no lugar de Gilson Kleina) – Ponte Preta

 

Felipe Saraiva – Ponte Preta

 

Reportagens: Bruno Filandra Lopes
Edição: Rafael Brito e Paulo Arnaldo

 

Análise do jogo do comentarista Leandro Leite

Ouça os comentários de São Paulo 2 X 2 Ponte  Preta

 

Foto de capa: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

 

Redator da matéria: Paulo Arnaldo, de São Paulo

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

555 posts | 2 comments

Menu Title