Santos estreia novo uniforme, vence o Furacão na Vila Belmiro e entra na briga pelo título

Santos estreia novo uniforme, vence o Furacão na Vila Belmiro e entra na briga pelo título

Like
1526
0
domingo, 24 setembro 2017
Brasileirão Série A

A noite deste sábado trouxe muito futebol aqui na Rádio Poliesportiva, já que o Santos recebeu a equipe do Atlético Paranaense, na Vila Belmiro em mais um jogo da Série A do Campeonato Brasileiro 2017, mais precisamente na 25ª rodada da competição o alvinegro praiano vivia sua ressaca pós-eliminação e necessitava de uma vitória para a recuperação do elenco para a sequência do Brasileirão. Foi o que aconteceu, o Santos saiu como vencedor diante do Furacão pelo placar mínimo. Com o resultado conquistado, agora o Santos chega aos 44 pontos e ocupa, momentaneamente, a segunda colocação, pois aguarda o jogo entre Bahia x Grêmio, que ocorre neste domingo (24), que pode deixar o time da baixada santista na vice-liderança em definitivo ainda nesta rodada.

A Rádio Poliesportiva esteve na Vila mais famosa do mundo para trazer cada detalhe do jogo entre Santos x Atlético-PR, com a narração de Marcelo Delmiro, os comentários de Ramoni Artico e as reportagens de Yan Arvani. Apenas 4.257 torcedores foram até o Estádio Urbano Caldeira para ver a vitória do Peixe e a estreia do terceiro uniforme do time, camuflado nas cores preta e cinza. Confira como foi esta partida no resumo da arte do esporte.

O Santos treinado por Levir Culpi foi a campo com: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Vecchio e Jean Mota; Bruno Henrique, Ricardo Oliveira e Copete.

O Furacão, que tem como treinador Fabiano Soares escalou seu time com a seguinte formação: Weverton; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Fabrício; Pavez, Lucho González (Matheus Rossetto), Nikão, Guilherme e Felipe Gedoz (Lucas Fernandes); Ribamar (Sidcley).

 

Santos X Atlético-PR – Brasileirão – 25ª Rodada – Vila Belmiro.
Foto: Ivan Storti / Santos Futebol Clube / Publicado na página do Facebook.

 

Primeiro tempo

 

A partida teve muito equilíbrio entre ambas as equipes, que jogavam um futebol cadenciado e demonstrando que ainda estavam se estudando, tanto é que a primeira chance de perigo real de gol saiu apenas aos 16 minutos da etapa inicial, em chute de Bruno Henrique, que fora defendido pelo goleiro do Atlético-PR, Weverton. A partir daí o time paranaense começou a gostar do jogo e já estava dominando a posse de bola quando, aos 25 minutos Felipe Gedoz fez bela jogada para cima de Alison e bateu para o gol, mas Vanderlei mostrou porque é o segundo goleiro menos vazado da competição e o goleiro do Santos caiu para fazer boa defesa.

O jogo parecia estar controlado pela equipe visitante, mas a estrela de Bruno Henrique voltou a brilhar, após o atacante ter passado por críticas após a eliminação para o Barcelona-EQU (o atacante se envolveu em confusão e cuspiu em um jogador do time equatoriano). Aos 35 minutos o meia Jean Mota arriscou chute forte e Weverton não conseguiu segurar, espalmando a bola parcialmente. A bola sobrou nos pés de Bruno Henrique, que dominou a bola e empurrou para o fundo do gol, inaugurando o placar na Vila Belmiro.

O Furacão ainda tentou responder ao gol santista aos 37 minutos, com o atacante Nikão, que recebeu a bola do lado esquerdo da área e mandou um chute firme, mas que acabou na ótima defesa do goleiro Vanderlei, que estava em mais uma noite inspirada. Assim o primeiro tempo se encaminhou para o final, com a vitória parcial da equipe praiana.

Santos X Atlético-PR – Brasileirão – 25ª Rodada – Vila Belmiro.
Foto: Ivan Storti / Santos Futebol Clube / Publicado na página do Facebook.

 

Segundo tempo

 

O segundo tempo começou com uma bela investida de Bruno Henrique, logo aos três minutos da etapa complementar, em que o atacante santista passou por dois zagueiros do Furacão e finalizou a jogada por sobre o gol defendido por Weverton, do Atlético-PR. Após o susto levado no início, o Atlético saiu para o ataque e voltou a deter o domínio da posse de bola, mas não conseguia concluir as jogadas com perigo. O Santos aproveitou um dos momentos de desatenção da zaga dos rubro-negros e aos 14 minutos o atacante Copete recebeu bom cruzamento da direita e cabeceou com muito perigo. A bola, caprichosamente, passou ao lado esquerdo do goleiro Weverton. Logo em seguida Copete tentou de novo e, ainda aos 14, obrigou Weverton a trabalhar de novo, mas o jogo continuava com o placar de 1 a 0 para o Peixe.

Aos poucos o Santos tentava controlar e cadenciar o jogo, para deixar o tempo correr, mas o Atlético-PR, do técnico Fabiano Soares tentava botar pressão para cima dos donos da casa e, para isso, o treinador colocou o atacante Lucas Fernandes, para tentar aplicar mais velocidade ao time. Aos 24 minutos o lateral-esquerdo Fabrício usou o pé direito para bater para o gol e assustar a torcida do Santos que estava na Vila. Não demorou muito e, aos 26, Nikão deu passe para Ribamar, que teve a chance de empatar a partida após deslocar Vanderlei, mas David Braz estava ligado e evitou o empate do Furacão.

O lance mais bonito da partida foi protagonizado pelo autor do gol do jogo e pelo goleiro adversário aos 32 minutos. Serginho rolou a bola para Bruno Henrique, que pegou de primeira, em um ótimo chute com a parte interna do pé direito. A bola, que pegou curva, tinha endereço certo, mas o goleiro Weverton saltou de “mão trocada” e espalmou a bola pra longe, evitando o segundo gol do Santos na partida e fazendo todo o lance muito bonito plasticamente.

O Atlético ainda tentou algumas investidas ao ataque, mas não conseguiu furar a defesa do Santos. Assim a partida terminou em 1 a 0 e a torcida do Santos saiu comemorando a vitória que recolocou o Peixe na briga pelo título.

 

Santos X Atlético-PR – Brasileirão – 25ª Rodada – Vila Belmiro.
Foto: Ivan Storti / Santos Futebol Clube / Publicado na página do Facebook.

Próximos compromissos

Agora a parada para o Santos é dura, pois na próxima rodada o Peixe fará o clássico paulista da rodada. O alvinegro praiano enfrentará o Palmeiras no próximo sábado (30), às 19 horas, fora de casa, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). Já o Furacão recebe o Atlético-MG na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), às 19 horas do domingo (1).

 

Gol do jogo

Ouça o único gol da partida na narração de Marcelo Delmiro

Narração: Marcelo Delmiro
Comentários: Ramoni Artico
Reportagens: Yan Arvani
Edição: Rafael Brito

Equipe que realizou essa transmissão. Foto: Divulgação Rádio Poliesportiva.

 

Entrevista pós jogo

Acompanhe a coletiva do técnico Levir Culpi na reportagem de Yan Arvani.

 

Reportagem: Yan Arvani
Edição: Rafael Brito

 

Foto de capa: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação

 

Redator da matéria: Gabriel Max, de São Paulo.

Gabriel Max

Meu nome é Gabriel Max, mineiro de Campo do Meio (sim, está no mapa, pode procurar), mas criado na capital paulista. Jornalista formado desde 2014, pela Universidade Nove de Julho, em São Paulo. Po[...]

193 posts | 0 comments

Menu Title