Santo André/APABA contrata pivô Ega para Campeonato Paulista

Santo André/APABA contrata pivô Ega para Campeonato Paulista

Like
165
0
quinta-feira, 22 outubro 2020
Basquete Feminino

O Basketball Santo André/APABA acertou, na quarta-feira (21), a contratação da pivô Soeli Garvão Zakrzeski, a Ega, de 1,90 m, visando a disputa do Campeonato Paulista Feminino de 2020. Dessa maneira, a experiente atleta já está integrada ao elenco comandado pela técnica Arilza Coraça. Ademais, a paranaense, que é natural de Missal, confessa estar muito feliz com esse retorno ao time andreense.

Por Redação Poliesportiva, São Paulo-SP

É um prazer absurdamente grande estar no Santo André, pois a minha ideia inicial era ter jogado a Liga de Basquete Feminino (LBF) e depois encerrar a carreira para pensar na gravidez e na família, mas, com todos os acontecimentos por conta da pandemia, os meus planos acabaram frustrados e surgiu essa oportunidade de jogar o Campeonato Paulista. Acho que nem nos meus melhores sonhos eu poderia pedir algo para Deus maior do que isso, encerrar a minha carreira num lugar que fui muito feliz e que tive momentos brilhantes como jogadora e também na área pessoal. Além disso, as minhas melhores amigas no basquete estão aqui”, comenta Ega.

Retorno ao time do ABC

A experiente jogadora tem, realmente, uma história bonita vestindo à camisa da equipe andreense, uma vez que integrou o elenco que foi o grande campeão da primeira edição da Liga de Basquete Feminino (LBF). Além disso, defendeu o Ourinhos Basquete, ADCF Unimed/Americana, SERC Santa Maria, Catanduva, Maranhão Basquete, Sampaio Basquete e Vera Cruz/Campinas. O início na modalidade se deu na cidade de Pérola do Oeste, também no Paraná, local em que foi morar quando tinha seis anos de idade.

A oportunidade de trabalhar com a técnica Lais Elena na minha primeira passagem foi um grande aprendizado para a vida. Sempre digo que ela não formava times, formava uma verdadeira família. Por isso, tenho um carinho gigante pelo time de Santo André e também pela Arilza Coraça. Enfim, por toda história das duas que fizeram tanto pelo basquete e pela modalidade em Santo André. O respeito é muito grande, uma vez que foi a melhor época que vivenciei: local, as pessoas, as amigas, equipe muito unida e fechada. E Deus quis que estivéssemos juntas de novo, voltar a conviver de perto com a Ariadna Felipe, Simone Lima e com a Luciane, que são pessoas que amo”, relembra a pivô.

Ega encerra a carreira no Santo André

No cenário internacional, Ega jogou pelo Mann Filter Zaragoza e Celta de Vigo, ambos da Espanha, além do Valenciennes, da França. Pela Seleção Brasileira, disputou competições importantes e tradicionais, ganhando seis Campeonatos Sul-americanos, conquistando duas medalhas no Pan-americano (bronze em 2003 e prata em 2007). Além disso, disputou os Jogos Olímpicos de Pequim em 2008.

Estou realizada pela oportunidade de encerrar a minha carreira na equipe que tive muitas realizações e muito prazer de jogar. Nada como estar num lugar que me sinto em casa e realizada em todos os sentidos. Nada como celebrar o basquete neste fechamento da minha carreira, que é algo que sempre amei fazer. Prova disso é que tenho satisfação até hoje de ir aos treinos e fazer o algo mais. Tudo isso, pelo amor que tenho pelo basquete”, complementa Ega.

Estreia do Santo André

O Basketball Santo André/APABA abre a sua participação no Campeonato Paulista Feminino de 2020, no sábado (24), às 19h (horário de Brasília). Na ocasião, enfrenta o Tietê Agroindustrial/BAX Catanduva, no ginásio Municipal Anuar Pacha, em Catanduva. O duelo terá transmissão ao vivo pela TV FPB por meio do Canal da GCS Sports, no YouTube, e também pela página oficial do time catanduvense no Facebook.

Foto destaque: Divulgação/Basketball Santo André

Comments are closed.