Rosberg vence GP do Japão e aumenta vantagem para Hamilton

Rosberg vence GP do Japão e aumenta vantagem para Hamilton

Like
789
0
domingo, 09 outubro 2016
Automobilismo

Em ritmo sólido e dominador, Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o GP do Japão, realizado neste domingo (9), no circuito de Suzuka. Com a sua nona vitória na temporada, Rosberg se aproxima do título do Mundial de Pilotos da temporada de 2016. E agora, continua se configurando na liderança isolada com com 313 pontos – 33 a menos do que o britânico Lewis Hamilton, que é o segundo na tabela. Com os seus dois pilotos no pódio, a Mercedes conquista antecipadamente o Mundial  de Construtores deste ano.

Max Verstappen foi o destaque do GP do Japão. Utilizando estratégia ousada, o holandês explorou os pneus duros (PZERO Laranja) durante a corrida e ainda foi protagonista nas voltas finais, quando assegurou a segunda colocação diante das manobras intensas realizadas pela Mercedes de Hamilton. Já o atual tricampeão mundial amargou a terceira colocação da prova realizada na pista de Suzuka.

Hulkenberg (direita) e Bottas (esquerda) fizeram releitura da ultrapassagem entre Senna e Prost. Foto: Sutton Images

A quarta e quinta colocações ficaram com as Ferraris de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, respectivamente. Apesar de punidos com a perda de algumas colocações, os pilotos do time de Maranello chegaram a colocar pressão nas Mercedes. Com destaque para Vettel, que em estratégia ousada com pneus macios (PZERO Amarelo) quase tomou a terceira colocação de Hamilton. O piloto alemão ainda marcou a volta mais rápida da prova japonesa com 1min35s118.

Daniel Ricciardo amargou a sexta colocação na corrida realizada neste domingo no circuito de Suzuka. Com estratégia voltada para os pneumáticos duros, o piloto australiano perdeu tempo com o erro de pit-stop protagonizado pelos mecânicos da Red Bull que demoraram 5,1 segundos para realizar a sua segunda troca de pneus. A Force India de Sergio Pérez e Nico Hulkenberg finalizaram prova japonesa com a sétima e oitava colocações, respectivamente.

A Williams pontuou no GP do Japão. Com estratégia de pneus diferenciada – utilizando os compostos médios (PZERO Branco) na primeira parte da corrida -, Felipe Massa terminou em nono. E Valtteri Bottas ficou em décimo, fechando assim o top-10. Ainda sobre os brasileiros, com participação tímida, Felipe Nasr finalizou com a sua Sauber na 19º colocação.

 

Como foi a corrida:

 

Hamilton larga mal e perde cai de segundo para oitavo antes da primeira curva da pista de Suzuka. Foto: Sutton Images

A largada teve Rosberg sustentando a primeira colocação, enquanto Hamilton largou muito mal, e despencou para a oitava posição. Verstappen assumiu a segunda colocação, seguido por Pérez e Ricciardo, enquanto Vettel completou a lista dos cinco melhores.

Vettel começou a avançar rapidamente. Logo no complemento da primeira volta, o tetracampeão superou Ricciardo, e ganhou a terceira posição no terceiro giro, ao superar Pérez. Um pouco mais atrás, Räikkönen e Hamilton passaram por Hülkenberg, que caiu para a oitava colocação na sétima volta.

A primeira rodada de paradas nos boxes começou na 11ª volta, com Verstappen fazendo sua troca de pneus. Ricciardo parou no mesmo giro, enquanto Rosberg e Vettel visitaram o pit duas passagens depois. Hamilton, por sua vez, fez a troca na 14ª volta.

Se valendo de uma estratégia em que utilizavam pneus médios, a Williams viu Massa e Bottas avançarem. Os dois, porém, foram atropelados pelos rivais a partir da 15ª volta, sendo superados por Hamilton, Ricciardo, Räikkönen e Pérez em um espaço de três voltas.

Gutiérrez cometeu um erro e rodou sozinho com a Haas, perdendo algumas posições. Cinco voltas mais tarde foi a vez de Massa parar nos boxes para a troca de pneus. Alonso superou Nasr na 26ª volta, ganhando a 13ª colocação ao aproveitar uma fritada de pneus do brasileiro.

Verstappen abriu a segunda rodada de paradas nos boxes na 29ª volta, Rosberg parou na 31ª passagem, enquanto Ricciardo parou na 33ª volta. Hamilton trocou os pneus no 34º giro, um antes de Vettel, que colocou pneus macios e passou a atacar o tricampeão do mundo, que aparecia com os duros. O piloto da Mercedes, porém, levou vantagem.

A partir da 47ª volta, Hamilton passou a pressionar Verstappen pelo segundo lugar, em disputa que durou até a última volta, quando o inglês passou reto, deixando o caminho livre para o holandês. Alheio a tudo isso, Rosberg seguiu para conquistar uma vitória tranquila em Suzuka.

Após o Japão, o campeonato ainda terá quatro etapas Estados Unidos, Mexico, Brasil e Abu Dhabi – e 100 pontos estão em jogo.

A próxima e 18ª etapa da temporada acontece no dia 23, no GP dos EUA.

 

Confira a classificação do GP do Japão:

 

1: Nico Rosberg (ALE/ Mercedes)

2: Max Verstappen (HOL/ Red Bull)

3: Lewis Hamilton (ING/ Mercedes)

4: Sebastian Vettel (ALE/ Ferrari)

5: Kimi Raikkonen (FIN/ Ferrari)

6: Daniel Ricciardo (AUS/ Red Bull)

7: Sergio Pérez (MEX/ Force India)

8: Nico Hulkenberg (ALE/ Force India)

9: Felipe Massa (BRA/ Williams)

10: Valtteri Bottas (FIN/ Williams)

11: Romain Grosjean (FRA/ Haas)

12: Jolyon Palmer (ING/ Renault)

13: Daniil Kvyat (RUS/ Toro Rosso)

14: Kevin Magnussen (DIN/ Renault)

15: Marcus Ericsson (SUE/ Sauber)

16: Fernando Alonso (ESP/ McLaren)

17: Carlos Sainz Jr. (ESP/ Toro Rosso)

18: Jenson Button (ING/ McLaren)

19: Felipe Nasr (BRA/ Sauber)

20: Esteban Gutiérrez (MEX/ Haas)

21: Esteban Ocon (FRA/ Manor)

22: Pascal Wehrlein (ALE/ Manor)

 

Por Luiz Máximo

Avatar

admin

240 posts | 0 comments