Revelações do Campeonato Carioca de Basquete 2020

Revelações do Campeonato Carioca de Basquete 2020

2
388
0
sexta-feira, 16 outubro 2020
Campeonato Carioca

Após selecionar os destaques do Campeonato Carioca de Basquete Masculino 2020, a Rádio Poliesportiva traz as revelações do Campeonato por time. Vários novos nomes surgiram. Alguns já possuíam altas expectativas pelo desempenho na base. Todavia, outros só estão esperando a grande chance.

Por Pedro Cardoso, Rio de Janeiro-RJ


O
Campeonato Carioca de Basquete Masculino 2020 acabou no último dia 4. Como resultado, o Clube de Regatas do Flamengo levou a taça para casa. O Rubro-negro tinha um elenco completo e com vários nomes novos. Dessa forma, os jovens ajudaram os mais experientes a chegar ao título. Yago Mateus, o armador de 21 anos, foi um dos destaque do Campeonato, porém já ganhou o Brasileiro de 2018 pelo Club Athletico Paulistano, por isso não entrou na lista de revelações.

Enquanto isso, alguns jogadores estão esperando apenas a grande chance para conseguir atuar. Mas, em meio a grandes e inéditos nomes, é difícil conseguir uma vaga, mas são atletas que prometem e podem aparecer nas próximas competições. É o caso de Matheusinho, Israel José, Matheus Jordan, Márcio Elizandro e João Pedro.

Além disso, na quarta-feira (14), teve início o Campeonato Carioca sub-19. Dentro do torneio, teremos a presença de oito jogadores que estiveram no torneio adulto. De fato, o Tijuca foi o clube que mais apostou na base. Só para ilustrar, a equipe terá seis atletas no torneio de base que já atuaram no profissional. Um deles é o já citado Matheus Jordan. Ademais, os outros dois atletas são do Niterói Basquete

Assim como o Flamengo, outros clubes também apostaram em nomes inusitados que acabaram virando revelações do torneio. Eles ajudaram seus times em momentos decisivos. Veja a lista das revelações do Campeonato Carioca a seguir, tendo como base atletas sub-23.

REVELAÇÕES DO CARIOCA

FLAMENGO BASQUETE

Pedro Nunes – Com apenas 20 anos, o jovem ala-armador já teve passagem pelo basquete espanhol e por academias americanas. Chegou ao clube na temporada passada. No Campeonato, auxiliou seus companheiros dando 14 assistências. Além disso, sofreu apenas dois turnovers, conseguindo a segunda melhor média na comparação. Pedro também foi o quinto maior cestinha do torneio e esteve no top 10 de rebotes. 

Rafael Rachel – O ala-pivô veio da base do Palmeiras para integrar na base do Flamengo. Desse modo, devido ao seu bom desempenho na LDB 2019, teve oportunidade de estrear pelo profissional no Campeonato Carioca. Assim, foi o terceiro jogador com mais rebotes do torneio. Ademais, Rafael foi um dos cinco jogadores a fazer um duplo-duplo na competição. 

CLUBE DESPORTIVO ATITUDE

Giovanne Chilungo – O jovem, que também tem nacionalidade angolana, foi de grande importância para o clube. Aos 23 anos, o ala-armador mudava o jogo para melhor quando entrava. Além disso, uma das suas grandes atuações foi contra o Municipal/Veit Smile. Assim que entrou com Yan Bastos, a partida ficou bem mais equilibrada. Dessa maneira, o jovem converteu 12 pontos naquele duelo.

Yan Bastos – O jovem jogador antes de entrar para o Atitude tinha passagem somente pelo Botafogo. Com apenas 20 anos, o ala foi certamente uma das revelações do clube no Campeonato. Ao lado de Giovanne, o garoto conseguiu fazer a diferença quando entrava em quadra. Sua melhor atuação foi contra o Flamengo, quando marcou 10 pontos.

MUNICIPAL/VEIT SMILE

Fabrício Veríssimo – Uma velha novidade do clube, já que foi da base do Municipal. Porém, o ala-armador tem apenas 22 anos e, portanto, pode ser considerado uma revelação. Além disso, foi um grande destaque e o cestinha do Campeonato. Converteu 73 pontos, conseguiu 28 roubadas de bola e 20 assistências. Assim, esteve presente também no top 10 de rebotes e passes.

Raphael Fabriciano – O pivô de 23 anos tem história com a camisa do clube e foi essencial no torneio. A principal partida do jovem foi na semifinal contra o Flamengo. Raphael conseguiu fazer 10 pontos e 8 rebotes. Infelizmente, a vitória não veio, mas mereceu destaque por sua atuação. O atleta ainda foi o segundo jogador com mais bloqueios no Carioca.

NITERÓI BASQUETE

Roberto Van Meeuwen – Esteve presente no bicampeonato do Cariocão, torneio estadual amador organizado pela FBERJ, e, agora, no terceiro lugar do Campeonato Carioca 2020. O armador de 22 anos foi importante para o time, conseguindo até um bom número de assistências comparado ao número de turnovers que foram levados.

Spencer Morton – Também armador, porém um ano mais velho que Roberto, Spencer conseguiu destaque dentro do clube. Chegou nesta temporada e foi muito bem. Além de ter conseguido um bom número de bolas roubadas, o armador foi essencial para a vitória contra o Atitude, sendo o cestinha da partida com 16 pontos. Além disso, sofreu 15 faltas, mostrando, assim, o seu estilo de ir para cima do adversário.

TIJUCA BASQUETE

Arthur Rosa – O ala-armador mais experiente do clube, mesmo com apenas 21 anos, Arthur foi importante para a criação de jogadas, conseguindo 13 assistências e 11 roubadas de bola. Como resultado desses números, o jogador esteve presente no top 10 do torneio nessas funções. Em contrapartida, sofreu 16 turnovers, porém continua sendo uma revelação.

Erike Silva – Já conhecia boa parte dos companheiros de equipe. Esse entrosamento auxiliou Erike, também chamado de Guapi, a entrar nesta lista. O ala-pivô de 21 anos teve destaque em rebotes ofensivos, ficando em terceiro colocado no quesito. Além disso, possuiu uma precisão notável nos arremessos de dois pontos, que o colocou no sexto lugar entre todos os atletas no aproveitamento desse tipo de bola.

Lucas Barbosa – O ala de 21 anos é cria do Tijuca, ficou um tempo fora e voltou ao clube nesta temporada. O principal destaque de Lucas foi nos bloqueios, sendo o primeiro colocado de todo o Campeonato no quesito, com sete bloqueios. O jogador também teve um bom número em roubadas de bola, mostrando-se essencial e ajudando o clube a conseguir o segundo lugar do torneio.

Foto destaque: Divulgação/Diego Maranhão/FBERJ

Comments are closed.