Resultado final do Processo Seletivo da Girls on Track é anunciado

Resultado final do Processo Seletivo da Girls on Track é anunciado

Like
178
0
quarta-feira, 27 janeiro 2021
W Series

Após um intenso processo seletivo, o resultado final da Girls on Track da FIA foi anunciado. Além disso, vale ressaltar, que a grande conquista dá direito a uma vaga na Academia de jovens pilotos da Ferrari. Ao todo, dezenas de concorrentes mostraram suas habilidades e dentre as finalistas, duas foram brasileiras que lutaram ao máximo pela vaga.

Por: Bruno Gabriel, de Diadema, SP.

Processo Seletivo para 2021

Acima de tudo, vamos relembrar que a W Series é um campeonato automobilístico exclusivamente para mulheres e iniciou-se no ano de 2019, com 20 pilotos disputando seis corridas. Um feito bastante louvável foi a iniciativa da Scuderia Ferrari com a missão de inclusão, criando assim, as seletivas ao longo do ano.

Após intensos testes físicos, psicológicos e de direção a decisão ficou entre as quatros mulheres: as brasileiras, Julia Ayoub e Antonella Bassani, a francesa Doriane Pin e a belga/holandesa Maya Weug. Ao fim, a vaga ficou com Weug e agora assume como titular na prestigiada Fórmula 4 Italiana, um dos campeonatos mais fortes do mundo nessa modalidade.

Quem é Maya Weug?

Em primeiro lugar, a jovem de 16 anos, sempre teve o automobilismo na veia. Aos 7 anos, a atleta ganhou seu primeiro kart e sempre se destacou entre as crianças de sua idade. Consequentemente, com os bons resultados foi campeã da “Copa de Campeones”. Em 2018, a pilota foi para a academia de Richard Mille e se tornou titular da Birel um ano depois.

 

Grande participação de Antonella Bassani e Julia Ayoub

Mesmo não ganhando o prêmio máximo, as duas brasileiras não saíram de cabeça baixa e mostram grande potencial para o futuro. Bassani, de 14 anos foi a mais nova a disputar a seletiva e em entrevista comentou que ainda pode evoluir muito no ramo de corridas.

“Acho que tenho algumas conquistas a comemorar. Era a mais jovem entre as finalistas, nunca tinha andando num F4 antes e, mesmo assim, fui avançando. Foi uma experiência única estar em um lugar com tanta história como a casa da Ferrari. Vejo que isso me preparou de forma muito intensa para os próximos passos da minha carreira, e me deu uma visão ainda mais clara de tudo que posso alcançar! Vou continuar trabalhando com muita motivação”, disse a brasileira.

Por outro lado, Ayoud, destacou a intensidade dos testes e a grande inclusão da Scuderia Maranello, agora, ela sai de cabeça erguida, aguardando novas oportunidades no meio automobilístico.

“Foi incrível, não imaginei que seríamos testadas de forma tão intensa por tantos profissionais altamente qualificados como fomos. Como nunca vimos isso acontecer conosco antes, são coisas que acontecem apenas com os homens e foi realmente incrível ter sido testada assim. Porque eu realmente pude ver o quanto vocês acreditaram no nosso potencial, dentro e fora das pistas. Então com certeza superou todas as minhas expectativas e foi incrível”, comentou a jovem de 15 anos.

 

Foto Destaque: Reprodução / Twitter Oficial da FIA / @fia

Bruno Gabriel Santos

Olá, meu nome é Bruno Gabriel, tenho 20 anos e estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo. Pretendo seguir na área de esportes, é um sonho desde criança. Espero alcançar os maiore[...]

4 posts | 0 comments

Comments are closed.