Red Bull, sem a Renault e com motor Honda em 2019

Red Bull, sem a Renault e com motor Honda em 2019

Like
1110
0
sexta-feira, 15 setembro 2017
Automobilismo

O relacionamento já foi cheio de sucesso, mas ultimamente anda bem tumultuado e com muitas críticas. Mas tudo chega ao fim, e a Red Bull e a Renault estarão concluindo o contrato no final da temporada de 2018. Então a equipe austríaca passará a utilizar os motores Honda em 2019.

Segundo o portal da revista Autosport, a redução de investimentos na Fórmula 1 está atrapalhando os planos de Dietrich Mateschitz. O prejuízo causado com o rombo financeiro que a Red Bull tem com a Renault poderia diminuir muito desde que a Honda forneça seus propulsores a custo zero. Mateschitz também tem suas mãos atadas por contrato, com o Pacto de Concordia, até 2021. Por este motivo o acordo com os japoneses não dá nenhuma esperança quanto ao futuro da Red Bull no circo da Fórmula 1.

A Red Bull terá um ano para experimentar esses motores, já que a Toro Rosso irá utilizá-los na temporada de 2018. Os engenheiros da Honda asseguram que a montadora tem planos para ganhar o título a médio prazo, e que a Toro Rosso dará um grande salto em sua performance.

Max Vestappen e Daniel Ricciardo, os dois pilotos da Red Bull estão com contratos em andamento e não possuem cláusulas de liberação, já advertiram que se não tiverem um carro vencedor vão buscar novos ares fora de Milton Keynes.

Foto de capa: Sutton-Images

 

Redator da matéria: Luiz Máximo, de São Paulo.

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

350 posts | 0 comments

Menu Title