Raio-X da Libertadores – Grupo G e H

Raio-X da Libertadores – Grupo G e H

Like
1248
0
terça-feira, 24 janeiro 2017
Futebol Internacional

Para fechar com chave de ouro a nossa série de reportagens abordando os 47 times que participarão da Copa Libertadores da América 2017, eis as agremiações dos últimos grupos da competição. Em ambos os quatro times já estão definidos. Porém, no Grupo G ninguém sabe o que pode acontecer, bem diferente do H, onde o Grêmio é disparado favorito.

 

GRUPO G

Chapecoense – Brasil

Lanús – Argentina

Nacional – Uruguai

Zulia – Venezuela

 

Chapecoense

 

Poucas vezes na história da Libertadores um time terá tanta torcida de todos os países latino-americanos como a Chapecoense. O elenco vem sendo remontado após a tragédia de Medellin e promete muita força, fé, união e emoção para o amante do futebol em 2017. Foto: Site Oficial Associação Chapecoense de Futebol

Estreante em Libertadores da América e Campeão da Copa Sul-Americana de 2016, essa é a Associação Chapecoense de Futebol que teve um episódio triste em sua história, antes da grande final da Sul-Americana, e assim foi declarada merecidamente pela Conmebol a grande Campeã da competição.

O experiente técnico Vagner Mancini é o responsável pela reconstrução da equipe, a missão de Mancini não é a das mais simples, mas a força do elenco e principalmente da cidade e dos torcedores o Verdão do Oeste fará uma boa campanha, os destaques da equipe é o atacante Wellington Paulista, e o bom goleiro Elias ex Juventude.

 

 

 

Lanús

 

Time casca grossa jogando nos seus domínios, o Lanús, atual campeão argentino, chega com pompa de favorito para abocanhar sua primeira libertadores da história, comandado pelo melhor treinador do país, Jorge Almirón. Foto: AFA

O Club Atlético Lanús será um dos representantes Argentinos na maior competição da América, o “Granate” como é conhecido chega como Campeão Argentino em 2016, e promete complicar a vida dos adversários nesse Grupo G. A equipe de Buenos Aires tem como o seu grande momento no futebol Sul-Americano o título da Copa Sul-Americana de 2013, quando na ocasião venceu a Ponte Preta na Grand Final.

O Lanús é comandado pelo técnico Jorge Almirón, que espera repetir na Libertadores a boa exibição realizada o ano passado, o time do Lanús se destaca pelo jogo coletivo, e pelo bom sistema defensivo. Os destaques da equipe são o zagueiro Diego Colotto, os meias Fernando Barrientos e Nicolas Aguirre, e o atacante artilheiro José Sand.

 

Nacional – Uruguai

 

Depois da ótima campanha na última edição do torneio, o time Uruguaio busca alcançar maiores voos e quebrar o incomodo jejum de 29 anos sem a conquista do torneio continental. Foto: Site Oficial Club Nacional de Football

O Rey de Copas se prepara para mais uma edição de Copa Libertadores da América, a equipe chega a esta edição como Campeão Uruguaio em 2016, o tricampeão da América espera voltar aos seus tempos de glórias e conquistar o quarto título de sua gloriosa história, o Nacional foi Campeão em 1971,1980 e 1988.

O experiente treinador Martín Lazarte está esperançoso em uma boa campanha de sua equipe na competição, o time é extremamente experiente, e tem a vantagem de atuar  algumas temporadas juntos, os principais destaques são os meias Nicolas Pietro e Ignacio González, e os atacantes Leandro Barcia e Sebastian Fernandez.

 

 

 

Zulia – Venezuela

 

Um dos times mais jovens da Libertadores busca fazer algo inédito para o futebol venezuelano na Libertadores, chegar entre os quatro melhores da competição, feito jamais alcançado por qualquer time da Venezuela. Foto: Federação Venezuelana de Futebol

O modesto e desconhecido Atlético Zulia Fútbol Club foi fundado em 2005, os Venezuelanos chegaram a esta edição de Copa Libertadores após ficar em terceiro lugar no Campeonato Venezuelano em 2016, o Zulia é debutante em Libertadores da América, mas o Clube sabe das dificuldades que encontraram na Competição.

A equipe conta com alguns jogadores experientes e conhecidos principalmente no Futebol Venezuelano, entre eles estão o goleiro Renny Vega, os meias Juan Arango e o Peruano Albert Zambrano.

 

 

 

 

GRUPO H

Grêmio – Brasil

Deportes Iquique – Chile

Guaraní – Paraguai

Zamora

 

Grêmio

 

Luan é uma das armas e principais esperanças tricolores na busca pelo Tricampeonato da América. Foto: Site Oficial Grêmio

O tricolor Gaúcho de Renato Portaluppi foi Campeão da Copa do Brasil o ano passado, garantindo assim a sua vaga para disputar a maior competição de clubes da América, O Grêmio é Bicampeão da competição e conquistou o título em 1983 e 1995, e busca nesta edição o tricampeonato.

Os Gaúchos contarão com um time que mescla a experiência e a técnica do meia Douglas, a juventude e habilidade do atacante Luan, a eficiência do sistema defensivo que é comandado por Pedro Geromel, e a segurança do goleiro Marcelo Grohe, esses são os caras do Grêmio nesta Libertadores.

 

 

Deportes Iquique

 

A equipe do Deportes Iquique se prepara para surpreender nesta edição da Copa Libertadores da América. Foto: Federação Chilena de Futebol

A equipe Chilena se prepara mais a disputa de mais uma Libertadores, o modesto time chega a competição após uma boa campanha no Campeonato Chileno, e espera conquistar um feito histórico que é chegar a segunda fase da Competição.

“Os Dragões Celestes” como são conhecidos são comandados por Jaime Vera que tem bons trabalhos na base no Futebol Chileno, e esse trabalho também é feito no Iquique, que tem um time jovem e promissor, as principais armas são os meias Gonzalo Bustamante que já atuou no Futebol Grego e Maxiliano Mori.

 

 

 

Guaraní – Paraguai

 

Arce foi um eximio lateral direito, e um dos principais jogadores do futebol Sul-Americano e Mundial. Mas agora ele tem como missão levar o modesto Guaraní a sonhos maiores na competição. Foto: Federação Paraguaia de Futebol

O Club Guaraní protagonizou na edição de 2015 da Libertadores uma das maiores zebras da Competição ao eliminar na época o favorito ao título Corinthians. E essa é a esperança da equipe Paraguai nesta edição, O ”El Cacique” conquistou a sua vaga na Competição após conquistar o título do Campeonato Paraguaio em 2016.

A equipe é treinada pelo ex- lateral direito Francisco Arce, e tem a missão de levar o Guarani a uma boa Campanha, assim como foi em 2015 quando o time chegou entre os 8 primeiros. As esperanças da equipe é o meia Brasileiro Camacho que já teve passagens por vários clubes no Brasil, o atacante Rodrigo Lopez é a esperança de gols do Aurinegro.

 

 

Zamora

 

O Goleador Richard Blanco é o grande nome do time Venezualano, Blanco foi um dos responsáveis pelo Título do Zamora no Campeonato Venezuelano em 2016. Foto: Federação Venezuelana de Futebol

O Campeão Venezuelano de 2016 chega a Libertadores tentando surpreender os adversários no Grupo H da Competição, o Clube localizado na pacata e pequena cidade de Barinas tenta repetir as boas atuações no Campeonato local que te deram o título da Competição.

Os principais destaques da equipe são os velozes atacantes Luis Yanes e John Cordoba, e o goleador Richard Blanco. O técnico Noel Sanvicente tem como caracateristica montar a equipe que joga com um sistema defensivo muito forte e consistente, e com contra-ataques trabalhados e mortais. Olho nesta equipe que pode surpreender neste Grupo H.

 

 

 

Por Bruno Mattos

admin

240 posts | 0 comments

Menu Title