Premiação dos melhores do NBB 12

Premiação dos melhores do NBB 12

Like
94
0
domingo, 12 julho 2020
NBB

A premiação dos melhores do NBB 12, aconteceu na sexta-feira (10). No entanto, a cerimônia realizou-se de forma online, por causa da pandemia do novo coronavírus. Além disso, as votações da premiação de cada categoria foram feitas por técnicos, imprensa na área de basquete, capitães de outras edições, comissários e árbitros.

Por Juan Camilo, Mogi das Cruzes-SP

TÉCNICO DO ANO

Técnico do Mogi Basquete, Guerrinha, foi eleito o melhor treinador do ano, em sua quinta temporada pela equipe mogiana. A saber, o comandante conquistou a honraria pela primeira vez, superando Gustavo De Conti (Flamengo) e Léo Figueiró (Botafogo).

– Eu já estive indicado sete vezes na festa. Chega na hora a gente não era escolhido, mas eu entendo que tem ótimos treinadores no NBB, todos merecem cada um por suas dificuldades. Foi uma temporada fantástica, desde o início com muitas dificuldades, mas sempre tive o retorno muito grande de Deus, da família e da equipe dentro e fora da quadra. A comissão técnica muito unida, a equipe dentro da quadra, o Fúlvio com a liderança dele e o André, sempre nos ajudaram nas dificuldades. E agradecer a equipe. A todo tempo resolvendo problemas, mas a gente conseguiu passar uma mensagem legal, um time sem estrangeiros, com restrições, mas sempre levando o Mogi muito competitivo ao longo da temporada –  Guerrinha, disse na premiação.

CESTINHA DO CAMPEONATO

Leandrinho Barbosa, ala-armador que atua no Minas Tênis Clube, ganhou a premiação de cestinha do torneio. Em suma, obteve médias de 20.1 pontos por jogo.

JOGADOR QUE MAIS EVOLUIU

George Lucas, mais conhecido como “Georginho” ou “Mr. Triplo-Duplo”, atua pelo São Paulo na posição de ala-armador. Na temporada 2019/2020 o jogador obteve média de 7.46 assistências, 5.5 pontos, 8.7 rebotes24.1 de eficiência por jogo no NBB 12. Rafa Oliveira (São José) e  Vitão (Paulistano) também foram indicados para o prêmio.

SEXTO HOMEM

Léo Demétrio atua na função de ala-pivô na equipe do Flamengo. Por certo, o atleta teve médias de 10.4 pontos, 4.7 rebotes e 11.0 de eficiência na temporada 2019/2020.

MELHOR ESTRANGEIRO

David Jackson, jogador estadunidense, ganhou a premiação de melhor estrangeiro pela terceira vez na sua carreira. O ala-armador, do Franca já havia ganho honraria nos anos de 2014 e 2015.

DESTAQUE JOVEM 

Dikembe, pivô do Paulistano, ganhou a premiação de destaque jovem por suas atuações na temporada 2019/20. Em conclusão, foram incríveis 10.3 pontos, 7.8 rebotes e 13.6 de eficiência.

ALA E O QUINTETO IDEAL

Georginho levou mais um troféu para casa, este o de melhor ala da temporada. Ademais, o “Mr. Triplo-Duplo” também integrou o quinteto ideal da 12ª edição do NBB: Georginho/São Paulo – Armador, André Góes/Mogi Basquete – Ala, Marquinhos/Flamengo – Ala, Devon Scott/Minas Tênis Clube – Pivô e Rafael Hettsheimeir/Franca – Pivô.

MELHOR DEFENSOR DO ANO

Alex Garcia, ala do Minas Tênis Clube foi eleito melhor defensor do ano, além disso o “Sr. NBB” está na equipe de defensores da temporada junto a Danilo Fuzaro, Jimmy, Rafael Mineiro e Henrique Coelho.

O MVP

A noite foi dele! Por fim, George Lucas encerrou a premiação conquistando o título de Most Valuable Player (MVP) da temporada 2019/20. Só para ilustrar um pouco da extraordinária jornada do jogador são-paulino, no total foram: 5 triplo-duplos e médias de 15,5 pontos, 8,7 rebotes, 7,5 assistências e 24,1.

Foto destaque: Divulgação/NBB

Juan Camilo

Juan Camilo

Meu nome é Juan Pablo, tenho 18 anos e estudo Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi (UAM). O jornalismo é um previlégio de estar na nessa área incrível. Amo futebol, basquete, jogos antigos.[...]

31 posts | 0 comments

Comments are closed.