Pinheiros e seu positivo aprendizado no NBB

Pinheiros e seu positivo aprendizado no NBB

Like
263
0
quarta-feira, 21 abril 2021
Basquete

Na terça-feira, dia 13 de abril, o Esporte Clube Pinheiros encerrou sua sua participação no Novo Basquete Brasil 2020/2021. Assim, no último duelo, derrotou o Campo Mourão pelo marcador de 84 x 75. Dessa maneira, a equipe da capital paulista terminou a competição nacional, em 13º lugar, com 38 pontos somados, a um ponto do primeiro classificado para os playoffs, o Caxias do Sul. Nesse sentido, após uma temporada cheia de desafios e com um elenco muito jovem, os paulistas fazem um diagnóstico positivo do time no certame.

Por Amaury Ferreira, São Paulo-SP

PINHEIROS: EQUIPE JOVEM E COMPETITIVA

Assim, a equipe teve muitas adversidades durante a temporada, com casos de Covid-19 e jogadores muito jovens. Ainda assim, o Pinheiros conseguiu fazer grandes apresentações. Conquistando importantes triunfos sobre Bauru e SESI Franca. Por consequência, deixando claro a evolução do time. Dessa forma, o diretor de Esportes Olímpicos, Fábio Ferraro.

Declarou que a experiência foi muito proveitosa e positiva, chamando atenção para dedicação e esforço dos jogadores. Em seguida, completou destacando os adversários de alto nível no NBB, como Flamengo, Minas Tênis Clube e São Paulo. Por fim, Ferraro se mostrou surpreso com a maturidade dos atletas. Pois não se abalaram nas derrotas. Desse modo, mostrou confiança na base para dar frutos futuramente.

ESTREIA NO CARGO

O técnico do Pinheiros, David Pelosini estreou nesta temporada do NBB, após conquistar o bicampeonato da Liga de Desenvolvimento do Basquete (LDB). Dessa forma, o comandante azul e branco disse que a principal aprendizado no desafio, foi administrar um estrutura maior do habitual. Tendo que responder em áreas que vão além das quadras. Diferentemente do comando da base, onde Pelosini ficava responsável pela supervisão, com o preparador físico e o grupo de atletas.

COMBINAÇÃO ENTRE JUVENTUDE E EXPERIÊNCIA

Por conseguinte, David Pelosini tinha um time muito jovem na mão e buscou fazer uma mescla com atletas mais experientes. Além disso, a equipe paulista teve o desfalque de Mãozinha, um dos jogadores mais importantes no título da LDB. Sendo assim, o técnico passou a dar oportunidades aos jovens que desenvolviam mais rápido. Mesmo sabendo que os garotos estreavam em uma certame adulto.

Desse modo, Gabriel Campos, Jonas Buffat e Rafael Munford ganharam espaço entre os titulares. Outrossim, Pelosini observou também a evolução de Danilo Sena, Maicon Douglas e Jamison, no decorrer da temporada. Em conclusão, o comandante atentou para o papel de Teichmann e Humberto no desenvolvimento da equipe até o fim. Além disso, Teichmann foi o segundo jogador com maior média de Rebotes, com 8.8.

GABRIEL: O CARA DO PINHEIROS

Com 19 anos de idade e 1,79 de altura, Gabriel Campos foi um dos grandes destaques do Pinheiros na competição nacional. Nesse sentido, o armador chamou a responsabilidade em muitas partidas, não só armando as jogadas, como também tendo um bom aproveitamento na pontuação. Gabriel teve a maior média de pontos dos paulistas, com 11.8.

Em seguida, Gabriel contou que sentiu uma evolução ao sair da LDB para competir com os melhores jogadores do país. Assim também, o armador ainda falou sobre jogar contra ídolos de sua posição, destacando os conselhos e ensinamentos deles. Por fim, deixou claro a empolgação para próxima temporada e planeja ficar no Pinheiros. Aproveitando o período para ter mais experiência e maturidade em quadra.

EC PINHEIROS: O CELEIRO

O Esporte Clube Pinheiros tem uma grande e grandiosa caminhada no basquete, começando em 1926, se tornando umas equipes do esporte mais tradicionais do país. Além disso, os paulistas mostram a qualidade de sua base, que já conquistou três vezes (2015, 2018 e 2019) a Liga de Desenvolvimento do Basquete (LDB), contribuindo para a revelação de grande atletas para o esporte brasileiro.

Foto Destaque: Reprodução/Pinheiros

Amaury Ferreira

21 posts | 0 comments

Comments are closed.

Menu Title