Pinheiros e Cerrado Basquete se enfrentam em duelo de técnicos estreantes no NBB

Pinheiros e Cerrado Basquete se enfrentam em duelo de técnicos estreantes no NBB

Like
242
0
sexta-feira, 11 dezembro 2020
Basquete

No próximo domingo (13), Pinheiros e Cerrado Basquete se enfrentam, em mais um duelo do NBB 13. Dessa forma, a partida acontece no Ginásio Henrique Villaboim, casa do clube paulista, e uma das mini sedes da competição. Além disso, o confronto marca o encontro dos únicos técnicos estreantes dessa edição do Novo Basquete Brasil: Bruno Lopes, da equipe brasiliense e David Pelosini, comandante do time dos Jardins. Enfim, ambos os treinadores conversaram com exclusividade com a Rádio Poliesportiva.

Por Caíque Ribeiro, de São Paulo-SP

BRUNO LOPES E O INÍCIO DE TRABALHO NO CERRADO

A saber, Bruno Lopes chegou em Brasília no final de 2019, e o plano inicial era comandar o clube brasiliense no Campeonato Brasileiro de Basquete (CBB). Entretanto, com a pandemia e o cancelamento da competição, os planos mudaram. Dessa forma, o Cerrado Basquete fará sua 9ª partida no NBB contra o Pinheiros. A campanha até aqui é de uma vitória e sete derrotas. Mesmo assim, o técnico está confiante que o time possa evoluir no futuro.

“Até aqui são oito jogos, com apenas uma vitória. Não esperávamos ter apenas essa vitória, mas sabemos que é uma equipe nova, um grupo novo, um projeto novo, e que isso iria girar dificuldades nesse início de NBB. Além disso, a gente sente que também fizemos jogos equilibrados. Tirando o último contra o Minas, todas as outras partidas nós tivemos condições de sair com a vitória. Mas sabemos que isso é um processo de construção da equipe, tanto dentro como fora da quadra. Esperamos que com o tempo, a gente consiga mais vitórias, até porque nesse primeiro ano nossa meta é a classificação aos playoffs, e temos totais condições disso”, disse o treinador.

“Nós tivemos muitos altos e baixos durante o jogos. A busca após essas primeiras partidas é de ter uma regularidade maior. A defesa não está ruim, mas o ataque precisa render mais, e isso melhora com a sequência de jogos”, completou.

Além disso, o técnico comentou sobre a oportunidade de estar comandando uma equipe no NBB.

“Está sendo muito prazeroso comandar uma equipe no NBB , o nível técnico das equipes que estamos enfrentando com certeza nós faz pensar e agir mais rápido para mudar uma situação que não está nos agradando na partida. Atende estamos falando da elite do nosso Basquete. O mais aprendizado nesse início está sendo esse”, afirmou.

DAVID PELOSINI E O INÍCIO DE NBB DO PINHEIROS

David Pelosini desenvolveu um grande trabalho no Esporte Clube Pinheiros nas categorias de base. Dessa forma, comandou o time de desenvolvimento da equipe no basquete e foi bicampeão da LDB em 2018 e 2019. Além disso, foi o escolhido para comandar o Pinheiros Sub-21 para o Campeonato Brasileiro de Basquete (CBB), que acabou não sendo realizado. Ainda, com a saída do técnico Cesar Guidetti da equipe adulta, Pelosini foi o escolhido para treinar o clube nessa temporada no Campeonato Paulista e NBB.

O Pinheiros também fará sua 9ª partida na competição contra o Cerrado Basquete, e será a segunda no seu ginásio, que foi escolhido como uma das mini sedes desta edição do NBB. A campanha até aqui é de duas vitórias e seis derrotas. Entretanto, os dois primeiros triunfos aconteceram nesta semana. David Pelosini comentou a importância dessas vitórias para a sequência da temporada.

“Muito contente com o desempenho, mas o mesmo pensamento de sempre. É importante que aprendemos nas derrotas e nas vitórias, e temos um trabalho sólido de desenvolvimento dos jogadores. É normal após de seis derrotas, o grupo ficar um pouco mais apreensivo. Tivemos uma boa conversa e acredito que surtiu algum efeito. Segue o campeonato, com o mesmo espírito de luta, e jogo a jogo, tentar desenvolver esses garotos, para ter no futuro um time ainda mais competitivo”, afirmou Pelosini.

ESTREIA NO NBB DE PELOSINI

Assim como o comandante do Cerrado, o técnico do Pinheiros também comentou um pouco sobre sua experiência vivida nesses primeiros jogos a frente de uma equipe do NBB.

“Eu fico muito grato, lisonjeado e honrado, de um clube que meio que me criou, confiar em mim essa responsabilidade de lançar jovens talentos no mercado do basquete adulto. Sei que é um desafio muito grande, cada jogo está sendo um aprendizado, a cada treino, a cada momento vivido, e estou tentando encarar com naturalidade, como foi esse período na base. Fui assistente técnico por 9 anos de equipes adultas, então experimentei trabalhos de outros treinadores para formar o meu, em especial o Marcel de Souza, que é um treinador que sempre admirei”, comentou Pelosini.

“Estou bem motivado, contente e feliz de ter chegado a elite do basquete. Nossas possibilidades são boas de desenvolvimento dos jogadores, que é nosso primeiro objetivo. Essa temporada vai ser bem dura para gente, então quando acontece uma vitória como foi contra o Pato, a gente fica muito feliz. Porém, não pretendo mudar o que estou fazendo nem mudar o foco do nosso projeto. O Pinheiros é um clube formador e de forma genuína está investindo nisso, não só em mim como treinador, mas principalmente desses talentos que a gente tem”, completou.

Foto destaque: Reprodução/Antonio Penedo Mogi e LNB

Caíque Ribeiro

Caíque Ribeiro

Olá, sou o Caíque e tenho 20 anos e uma paixão imensa por esportes. Resolvi me tornar jornalista esportivo por esse amor e ter um compromisso de trazer a informação mais próxima de você leitor.[...]

147 posts | 0 comments

Comments are closed.