Paulistano bate Joinville no Ginásio Antônio Prado Jr e reencontra vitória no NBB 11

Paulistano bate Joinville no Ginásio Antônio Prado Jr e reencontra vitória no NBB 11

Like
650
0
terça-feira, 11 dezembro 2018
Basquete

 

Por Gabriel Max, de São Paulo-SP

 

Paulistano e Joinville se enfrentaram na noite desta segunda-feira (10), no Ginásio Antônio Prado Jr e quem esteve no Ginásio viu um jogo muito disputado do começo ao fim. Ambas as equipes vinham de derrota e tentavam vencer, para renovar os ânimos. Na partida, válida pela semana oito do NBB 11, quem levou a melhor foi o time da casa, que venceu após duas rodadas consecutivas e viu o retorno do seu principal armador, Yago Matheus, que estava com uma contusão no tornozelo e ajudou o time a vencer o time catarinense pelo placar de 109 a 97. Com a derrota, os visitantes estão há quatro partidas sem saber o que é vencer e se distanciaram um pouco mais da briga para ficar entre os oito primeiros, que irão disputar o Super 8.

Paulistano quebrou sequência de dois jogos sem vencer e pode trabalhar mais tranquilo para a próxima rodada. Foto: LNB/Divulgação

A Rádio Poliesportiva esteve no Ginásio Antônio Prado Jr e levou todas as emoções desta partida do Novo Basquete Brasil com a narração de Murilo Franco, reportagens de Eric Filardi e comentários de Gabriel Max. Confira o resumo da partida e as entrevistas realizadas pelo nosso repórter ao fim do jogo.

O primeiro quarto mostrou que o jogo seria muito disputado. O time mandante se aproveitou das falhas defensivas do Joinville e tratou de abrir cinco pontos de frente logo no começo. Mas, a partir daí, o duelo de chutes de três pontos começou. Foram oito arremessos convertidos somente no primeiro quarto, no caso, cinco do Joinville e três do Paulistano. A eficiência nos arremessos de três do Joinville fez com que o time catarinense virasse o jogo e, por um ponto ficou na frente do Paulistano (28 a 29), deixando Régis Marrelli preocupado.

Anton Cook foi um dos destaques do Joinville, que conseguiu ser efetivo ofensivamente, mas acabou mostrando fragilidades defensivas. Foto: LNB/Divulgação

Já o segundo quarto do jogo teve um Paulistano mais confiante e sólido na defesa. Por este motivo, o Joinville, do técnico Daniel Lazier teve muito mais trabalho no período, já que não conseguia atacar com o mesmo ímpeto. Aos poucos, o Paulistano foi se aproveitando dos contra-ataques e conseguiu, não só diminuir a vantagem, mas passar a frente do marcador com as boas atuações de Leo Meindl e Renan. Ao fim do quarto, a margem de pontos era de dez a favor do time da casa, que fechou o primeiro tempo em 52 a 42.

O início do terceiro quarto de jogo marcou a volta de Yago Matheus ao time titular e ele, mesmo não estando na sua melhor forma, já que voltava de lesão, passou a ser peça importante na vitória parcial, já que conseguiu ter 100% de aproveitamento nos chutes de três, com três arremessos convertidos, além de mais três rebotes e quatro assistências. Do outro lado, Ahmad Starks, que não começou bem o jogo, tentava responder aos ataques adversários e, aos poucos, foi crescendo de produção. Mesmo com todo o esforço do Joinville, a parcial do terceiro quarto foi fechada em 27 a 24 para os donos da casa, que ampliaram a diferença no placar geral, que marcava 82 a 66.

No último quarto de jogo o ritmo voltou a ser muito forte para os dois times que não podiam bobear. Starks foi um dos protagonistas e, com seis arremessos de três convertidos, botou fogo no jogo ao lado de Cook, que conseguiu converter nove pontos durante o período. Ao todo, a dupla Cook e Starks anotou 23 pontos cada. O Paulistano respondia com um basquete mais coletivo, mas dois jogadores do time da casa se destacaram, Du Sommer e Leo Meindl estavam muito bem em quadra e conseguiram contribuir para mais um bom período jogado pelo Paulistano. Meindl, inclusive foi o jogador mais eficiente, com 20 pontos, cinco rebotes e cinco assistências, chegando ao número de 27 de eficiência.

 

Próximos compromissos

 

O Paulistano volta a jogar em casa neste sábado (15), e enfrenta o Brasília, às 18h, no Ginásio Antonio Prado Jr, na capital paulista. Já o Joinville vai ter uma pedreira no fechamento do primeiro turno da fase classificatória e vai receber o líder SESI Franca na próxima terça-feira (18), direto do Centreventos Cau Hansen, em Joinville (SC), às 19h.

 

Entrevistas

 

Acompanhe as entrevistas coletadas por Eric Filardi ao fim da partida e quais são as análises feitas por jogadores e técnicos de ambos os lados.

 

Yago Matheus – Paulistano

 

Régis Marrelli – Técnico do Paulistano

 

Jéferson Socas – Joinville

 

Daniel Lazier – Técnico do Joinville

 

Foto em destaque: LNB/Divulgação

Gabriel Max

Gabriel Max

Meu nome é Gabriel Max, mineiro de Campo do Meio (sim, está no mapa, pode procurar), mas criado na capital paulista. Jornalista formado desde 2014, pela Universidade Nove de Julho, em São Paulo. Po[...]

194 posts | 0 comments

Comments are closed.