Paratleta Fernanda atuou em várias modalidades e se encontrou no atletismo

Paratleta Fernanda atuou em várias modalidades e se encontrou no atletismo

Like
1271
0
segunda-feira, 25 novembro 2019
Super Ação

Fernanda Yara da Silva, de 33 anos, nascida em Curionópolis/PA, e hoje morando em Petrolina/PE, já nasceu com ausência da mão esquerda. Porém, é casada e tem uma filha de quatro anos. Atuou no futebol e depois futsal, handebol, vôlei, e virou paratleta no atletismo. Quando criança, a paratleta nunca teve dificuldade, pois sempre foi muito ativa. Durante sua adolescência, gostava de participar de tudo para se envolver.

Sempre foi muito decidida e sua família, sua base, sempre lhe apoiou. Sua filha, Lorena Vitória, é uma das incentivadoras. Seu marido, Antônio Leone, aceitou esse desafio de cuidar da filha para Fernanda ir em busca do seu sonho. Sua mãe, Maria de Lourdes, mesmo com pouco estudo, nunca deixou faltar nada para seus filhos. Sem contar seus irmãos: Marcos, Dina, Chaguinha, Fernando, Karol e Íris, que estão sempre com ela, lhe incentivando.

“Meu primeiro esporte foi futebol, onde fizemos um time (risos) e depois entrei em vários ao mesmo tempo. Por exemplo: eu já joguei futsal, handebol, vôlei, atletismo, só não fiz natação porque não sei nadar. Nesses esportes coletivos eu dependia do grupo para ganhar. Já no atletismo só dependia de mim mesma. Testava meus limites e sempre competi no convencional, só vim entrar para Paralímpico em 2008”, diz Fernanda. “Eu tenho Jeniffer Martins e Rosinha como ídolos, pois são exemplos de pessoas maravilhosas, e foram as primeiras que conheci e me trataram super bem, e até hoje virou uma amizade inestimável”, completou.

Fernanda pratica atletismo desde 2008 e se apaixonou. Porém, não encara como só um trabalho e sim uma qualidade de vida. Sem contar que quando entra na pista se sente realizada, esquece de problemas. Suas principais conquistas foram em Pequim (China) 2008, quando ficou em 12° lugar nos 200 metros e 13° nos 100 metros. E sem muita experiência, porque até então era fundista. Atualmente é campeã brasileira no Circuito Brasil Loterias Caixas nos 200 e 400 metros na cidade de São Paulo/SP, no Open Internacional Loterias Caixas. Também foi campeã nos 400 metros e 2ª colocada nos 200.

Já no super desafio dos 400 metros ela quebrou Record Brasileiro na cidade de São Paulo/SP, Campeã Universitária nas Paralimpíadas Universitária, sendo campeã nos 100 metros, 200 metros e 400 metros e recordista nos 200 e 400 metros. E a maior conquista foi Em Lima/Peru sendo Medalha de Bronze nos 200 metros e 400 metros onde estava integrada a Seleção Brasileira. “Acredite, mesmo que ninguém mais acredite e não dê mais nada por você, e treine e faça o seu melhor, pois se não chegou ainda, é porque não foi o seu momento e ele ainda há de chegar”, finaliza Fernanda.

LEIA MAIS

Ana Bracarense

Ana Bracarense

17 posts | 0 comments

Comments are closed.