Palmeiras perde pênalti, empata com Galo e sai vaiado do Allianz

Palmeiras perde pênalti, empata com Galo e sai vaiado do Allianz

Like
980
0
segunda-feira, 05 junho 2017
Brasileirão Série A

O Palmeiras segue em jejum de vitórias, agora já são quatro partidas sem vencer – com três derrotas e um empate. Neste final de semana, o tropeço alviverde se deu diante da torcida no 0 a 0 com o Atlético Mineiro. O badalado duelo, válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, ainda contou com um pênalti perdido por Willian no primeiro tempo. Ao apito final, a equipe do técnico Cuca deixou o gramado vaiado pelos torcedores.

 

O jogo

A partida entre Palmeiras e Atlético era esperada por muitos. Dois dos elencos mais fortes do país mediram forças na capital paulista pela quarta rodada do Brasileirão. Porém, a expectativa por um grande futebol caiu por terra no apito final com um placar sem gols.

O Verdão até criou mais chances no primeiro tempo e poderia ter voltado ao vestiário com uma vitória parcial. Entretanto, a pontaria do ataque alviverde não colaborou. Keno, um dos destaques  do jogo, parou no travessão depois de boa troca de passes. Roger Guedes e Thiago Santos erraram por muito na tentativa de acertar o gol defendido por Victor.

Dominando o confronto, o Palmeiras levou apenas um susto nos primeiros 45 minutos: depois de cruzamento da esquerda, Egídio cortou para escanteio, mas quase mandou contra a própria meta. A chance de ouro dos mandantes surgiu nos minutos finais. Fred fez pênalti em Edu Dracena. Sem o poupado Jean, Willian se encarregou de bater. Porém, o camisa 29 chutou muito mal e Victor defendeu a cobrança, que foi a meia altura e praticamente no meio do gol.

No segundo tempo a pressão do Palmeiras seguiu firme e forte. Borja entrou no lugar de Roger Guedes e quase marcou com um chutaço de muito longe. Victor fez uma excelente defesa. Keno e Guerra também seguiram jogando bem, porém, a pressão alviverde sucumbiu com o cansaço.

Depois dos 30 minutos o Palmeiras cansou e o Atlético Mineiro levou perigo. Depois das entradas de Valdivia, Rafael Moura e Maicosuel, o Galo teve chances, mas desperdiçou. Na principal delas, Maicosuel roubou a bola de Tchê Tchê e tabelou com Valdivia dentro da área. Cara a cara com Fernando Prass, Maicosuel bateu no alto e o goleiro palmeirense fez uma bela defesa, garantindo o zero no placar.

Em tarde dos goleiros, Victor defende cobrança e ajuda no 0 a 0 de Palmeiras e Galo
Foto: Miguel Schincariol

 

Invencibilidade e jejum

Apesar do jejum de vitórias, o Palmeiras segue com uma grande invencibilidade dentro do Allianz Parque. A última derrota foi justamente para o Atlético Mineiro: 1 a 0 em agosto de 2016, duelo válido pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro conquistado pelo Verdão.

De lá para cá, o Palmeiras completou 25 jogos sem perder em casa. São 19 vitórias e seis empates. Curiosamente, o time de Palestra Itália ainda não venceu o Atlético na Arena. Foram dois empates e uma derrota.

 

Público e vaias

Ao fim do embate, boa parte da torcida palestrina vaiou a equipe. Já são quatro jogos sem vencer, contando Brasileiro e Copa do Brasil. Apesar da má fase, a torcida palmeirense lotou o Allianz Parque – foram 34.240 torcedores e uma renda de mais de 2,1 milhões de reais.

Dos quatro pênaltis a favor neste BR, Palmeiras perdeu dois. Willian foi a bola da vez.
Foto: Miguel Schincariol

 

Tabela

O empate foi ruim para ambos. O Palmeiras chegou a quatro pontos e ocupa apenas a 12a colocação do nacional. Na próxima rodada, o alviverde vai ao Paraná enfrentar o Coritiba. Já o Galo segue sem vencer no Brasileirão. O Atlético é o primeiro da zona de rebaixamento com três pontos conquistados. Na quinta rodada, os comandados de Roger medem forças com o Avaí no Independência.

 

Confira também

Ouça as entrevistas após Palmeiras 0 X 0 Atlético Mineiro – reportagem de Marcos Batista:

 

Foto de capa: Luis Moura / WPP

 

Redator da matéria: Gabriel Manzini, de São Paulo.

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

555 posts | 2 comments

Menu Title