Palmeiras não quer perder invencibilidade em casa, mas São Paulo precisa quebrar tabu para fugir do Z-4

Palmeiras não quer perder invencibilidade em casa, mas São Paulo precisa quebrar tabu para fugir do Z-4

Like
1099
0
domingo, 27 agosto 2017
Brasileirão Série A

Domingo é dia de futebol e é dia de mais um clássico na Rádio Poliesportiva, que trará para você mais uma edição do “choque-rei”, o duelo entre Palmeiras e São Paulo que ocorrerá às 16 horas deste dia 27 de agosto, direto do Allianz Parque. Um embate válido pela 22ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro de 2017, entre duas equipes que vivem momentos conturbados, mas ainda assim, opostos na tabela.

O time mandante, o Verdão, apesar de não saber o que é vencer nas últimas três partidas, detém a quarta posição no Campeonato Brasileiro, com 33 pontos conquistados, numa campanha com dez vitórias, três empates e oito derrotas, e vai a campo para tentar manter a invencibilidade contra o São Paulo (o tricolor nunca venceu o Palmeiras em sua nova arena). Já o Tricolor do Morumbi necessita da vitória, não só pela quebra de um tabu de dez anos, mas para tentar afastar o perigo de rebaixamento, pois ocupa a 17ª colocação na tabela, com uma campanha de seis vitórias, cinco empates e dez derrotas, somando 23 pontos conquistados até aqui.

A equipe da Rádio Poliesportiva já está confirmada e estará presente no Allianz Parque para trazer todas as emoções deste grande clássico do futebol paulista. A narração estará sobre o comando de Ramoni Artico, com os comentários de Bruno Filandra e as reportagens de Gabriel Max. Confira agora um pouco mais sobre o preparo das duas equipes durante a semana e quais serão as prováveis escalações para Palmeiras x São Paulo.

 

Palmeiras

O Verdão, que tem sofrido muita pressão por estar há três partidas sem vencer no Brasileirão, destacou uma nova ordem, que é de presentear o torcedor alviverde com um triunfo sobre seu rival, diante de mais de 30 mil espectadores, que já adquiriram seus ingressos de forma antecipada (lembrando que o clássico deste domingo terá torcida única) logo após completar 103 anos de clube. O Palmeiras comemorou mais um ano de sua fundação neste sábado (26) e os torcedores esperam ganhar este presente.

Fernando Prass deve ser escalado para essa partida do domingo. César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Como teve a chamada “semana cheia” para trabalhar, o técnico Cuca aproveitou para organizar a parte tática do time que irá a campo contra o São Paulo, mas, por enquanto, existe mistério para saber quais serão os 11 escolhidos pelo treinador alviverde, já que os treinos foram abertos somente após a realização das atividades principais. O foco da preparação feita durante a semana esteve relacionado ao posicionamento tático e foi encerrado na manhã de sábado com o exercício de bolas paradas, tanto na parte ofensiva quanto defensiva.

A principal novidade para este domingo é uma possível volta de Dudu, para enfrentar o tricolor. O caso do atacante ainda é tratado como mistério, já que o atleta teve um preparo especial durante a semana e pode pintar como opção para Cuca. Dudu havia se machucado no último dia 9 e como é uma lesão muscular, fora dado um prazo de um mês para o retorno do atacante, mas pelo o que foi observado durante os últimos dias, o jogador pode voltar bem antes disso.

Keno pode ser arma do Verdão para chegar ao gol adversário. Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

A lista de desfalques do alviverde não é muito extensa, mas traz três jogadores importantes. Dentre eles, o goleiro Jailson, que se recupera de uma lesão rara, que foi detectada na região do quadril, o zagueiro Yerry Mina, que sofreu uma fratura no quinto metatarso, e o volante Arouca, que segue em recuperação de uma cirurgia realizada no pé.

Dentre as possibilidades para a escalação do jogo desta tarde, o Verdão poderá vir escalado com a seguinte formação: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Bruno Henrique, Tchê Tchê, Guerra e Moisés; Willian (Róger Guedes) e Borja (Deyverson).

 

São Paulo

O tricolor ainda vive o drama de enfrentar a zona de rebaixamento, mas tanto o grupo quanto sua torcida querem afastar de vez qualquer tipo de perigo. Dorival Júnior também encerrou o preparo do elenco e teve uma forte aliada, a torcida, já que o último treinamento foi realizado no Estádio do Morumbi, com a presença de mais de 18 mil torcedores, que foram apoiar o grupo, já que não poderão estar nas arquibancadas do Allianz Parque. Para assistir ao treino, o torcedor devia levar um quilo de alimento não perecível. Segundo a organização, foram arrecadadas mais de 12 toneladas de alimentos, que serão destinadas à Cruz Vermelha.

– Lucas Pratto estreia camisa 9 no clássico e é esperança de gols da torcida tricolor. Foto: Marcello Fim/Estadão Conteúdo

Além do apoio recebido, o elenco do São Paulo foi fechar os últimos detalhes do trabalho realizado, também de “semana cheia”, que foi feito por Dorival para corrigir detalhes da última partida jogada, que foi fora de casa e que o São Paulo saiu com o empate contra o Avaí, no Estádio da Ressacada

Uma das baixas do elenco para este domingo é o zagueiro uruguaio Lugano, que não foi relacionado para não ultrapassar o limite de jogadores estrangeiros, que é de cinco atletas. Os outros desfalques são o volante Araruna, com estiramento na coxa direita, o lateral Bruno, que teve problema na região cervical, o lateral Júnior Tavares, que está com lombalgia, Morato e Wellington Nem, ambos com cirurgia realizada no joelho.

Dentre as principais novidades do São Paulo para enfrentar o Palmeiras, estão as voltas de Lucas Pratto e de Marcinho, ambos voltam a ser relacionados após suspensão diante do Avaí, fora de casa. Além das mudanças no time que será escalado por Dorival, a numeração das camisas do São Paulo foi alterada e, agora, Pratto utilizará a camisa 9, herança de Chavez, após o fim de seu vínculo com o clube do Morumbi e Lucas Fernandes, que herdou a camisa 11 de Wesley, que foi transferido para o Sport, para o segundo turno do Brasileirão.

Torcida do São Paulo compareceu em peso no último treino do elenco neste sábado (26). Foto: Rubens Chiri/Sãopaulofc.net

O provável São Paulo que poderá ser escalado por Dorival Júnior tem Sidão; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Jucilei, Hernanes, Marcos Guilherme e Cueva; Lucas Pratto.

 

Arbitragem

O dono do apito no choque-rei será Sandro Meira Ricci, da Federação Catarinense, com o auxílio de Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse, ambos de São Paulo.

 

Foto de capa ( em destaque): Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

 

Redator da matéria: Gabriel Max, de São Paulo.

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

555 posts | 2 comments

Menu Title