Palmeiras faz o dever de casa e aplica 2 a 0 sobre o Avaí, no Allianz Parque

Palmeiras faz o dever de casa e aplica 2 a 0 sobre o Avaí, no Allianz Parque

Like
1254
0
domingo, 30 julho 2017
Brasileirão Série A

Dudu, autor do primeiro gol do jogo, foi um dos destaques do Palmeiras na noite deste sábado. Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

A noite deste sábado reservou uma ótima partida para quem acompanhou Palmeiras x Avaí, no Allianz Parque, em jogo válido pela 17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2017. O Palmeiras precisava vencer em casa para afastar o peso da eliminação ocorrida no meio de semana contra o Cruzeiro e a torcida do alviverde compareceu em ótimo número para acompanhar a partida e empurrar o time. Já o Avaí entrou em campo para tentar surpreender os palmeirenses, mas não teve jeito, pois o jogo se encaminhou para a vitória do Verdão ainda no primeiro tempo. Com gols de Dudu e Deyverson, o Palmeiras venceu a partida pelo placar de 2 a 0.

A Rádio Poliesportiva esteve no estádio do Palmeiras e trouxe os detalhes de cada lance deste jogão, com a narração de Paulo Arnaldo Lima, comentários de Rafael Alaby e reportagens de Gabriel Max. E se você perdeu algum detalhe do jogo, leia aqui o resumo do jogo que colocou o Palmeiras como parcial quarto colocado do Brasileirão.

Os dois times entraram em campo com bons retrospectos recentes, pois tanto Palmeiras quanto Avaí estavam a três jogos sem perder na competição, mas mesmo assim, os objetivos das duas equipes eram bem distintos, com o Palmeiras na briga pelo G-4 enquanto o Avaí continua travando a batalha para se afastar da zona de rebaixamento.

O Palmeiras do técnico Cuca foi a campo com a seguinte formação: Jailson; Mayke, Mina (Edu Dracena), Luan e Egídio; Bruno Henrique, Jean e Guerra (Raphael Veiga); Róger Guedes (Keno), Deyverson e Dudu.

O Avaí, treinado por Claudinei Oliveira, foi a campo com: Douglas Friedrich; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Judson, Wellington Simião (D. Tavares), Pedro Castro e Juan; Joel (Rômulo) e Júnior Dutra (Maurinho).

 

Primeiro tempo

O Palmeiras entrou em campo com toda a pressão de ter sido eliminado e com a confusão após o afastamento de Felipe Melo da partida deste fim de semana. Mas a equipe treinada por Cuca demonstrou que não estava abalada após o revés do meio de semana e partiu para o ataque desde o primeiro minuto de jogo. Motivado por sua torcida, o Verdão abriu o placar com Dudu aos 11 minutos do primeiro tempo, após bom passe de Guerra, o atacante do time alviverde dominou, ajeitou para o pé direito e bateu firme e o goleiro Douglas Friedrich até tentou defender, mas não achou nada e o placar do Allianz estava em 1 a 0.

Enquanto isso, o Avaí esperava por um erro ofensivo por parte do Palmeiras para encaixar um contra-ataque, mas o Verdão não dava chances para o time da Ressacada chegar com perigo ao gol defendido por Jailson, que pouco trabalhou durante toda a primeira parte do jogo. A única chance real de gol para o Avaí no primeiro tempo saiu dos pés de Simião, aos 21 minutos, após cruzamento de Capa, Joel tentou a bicicleta, mas a bola espirrou, Simião aproveitou o rebote e ajeitou para a perna esquerda, desferindo um belo chute que passou à direita do gol do arqueiro palmeirense, muito próximo da meta, assustando a torcida do Verdão.

Deyverson cai nos braços da torcida após marcar seu primeiro gol com a camisa palmeirense. Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

 

Aos 25 minutos Guerra caiu em campo com dores musculares e precisou ser substituído por Raphael Veiga, deixando o torcedor ainda mais apreensivo. Pouco depois, aos 27, Dudu acabou passando mal e precisou de atendimento médico, mas foi detectado apenas um mal-estar e o atacante seguiu em campo.

O Palmeiras ampliou o marcador ainda no primeiro tempo. Aos 34 minutos, Deyverson, que fazia sua estreia no Allianz Parque fez o segundo gol do Verdão sobre o Avaí, depois de uma boa troca de passes, Bruno Henrique lança Raphael Veiga, que tenta dominar, mas a bola acaba parando no atacante Deyverson, que gira o corpo e arremata com a perna esquerda, sem chances de defesa para o goleiro Douglas Friedrich.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, mais precisamente aos 45 minutos da etapa inicial, o meia do Avaí, Juan, comete falta em Dudu próximo a linha lateral do campo e reclama muito da marcação feita pelo árbitro Anderson Daronco e por conta disso levou cartão amarelo. Mas assim que Daronco se virou, Juan insistiu nas reclamações e, por consequência acabou sendo expulso direto, sem a aplicação do segundo cartão amarelo, o que levou o meia Juan a precisar ser contido por seus companheiros para não partir para cima do juiz da partida.

 

Segundo tempo

O segundo tempo começou com o Palmeiras se mantendo no comando da partida, mas o Avaí foi começando a gostar do jogo, mesmo estando com um jogador a menos. Tanto é, que a primeira jogada de perigo foi do time catarinense, que logo aos 4 minutos da etapa complementar, chegou com o atacante Joel, que fez ótima jogada e bateu por cima do gol de Jailson.

O Palmeiras respondeu aos 9 com um ótimo chute de Jean, da intermediária, mas que também passou perto do gol, após chute a meia altura, que passou ao lado direito do goleiro Douglas Friedrich. Já pelo lado do time catarinense, Joel era o jogador que mais chegava com perigo ao gol do Palmeiras e, aos 12 minutos, o atacante do time da Ressacada recebeu bola lançada, matou no peito e, sem deixá-la cair, deu um chute forte com o pé esquerdo, obrigando Jailson a fazer belíssima defesa.

Após os primeiros 15 minutos o jogo foi ficando mais cadenciado e as duas equipes criaram poucas chances para movimentar o placar. O Palmeiras teve mais um jogador desgastado fisicamente e que teve de ser substituído, o zagueiro Mina deu lugar a Edu Dracena por volta dos 18 minutos.

O principal duelo da noite foi entre os “gringos” Joel (camaronês) e Mina (colombiano). Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

 

Dali para frente os técnicos fizeram mais algumas alterações, mas o jogo já se mostrava definido. Somente aos 35 minutos o Palmeiras voltou a levar perigo ao goleiro Douglas Friedrich em ótima jogada de Mayke, que cortou o zagueiro dentro da área e bateu firme, mas a bola bateu na rede do lado de fora, enganando alguns torcedores que estavam do lado oposto, que chegaram a pensar que a bola havia entrado.

Ainda deu tempo de o Verdão tentar mais algumas jogadas em busca do terceiro gol, mas ficou mesmo em 2 a 0 para o time alviverde.

O ótimo placar faz o Palmeiras chegar à quarta posição do campeonato, com 29 pontos, mas pode ser superado no caso de o Flamengo conquistar os três pontos diante do Corinthians neste domingo, na Arena Corinthians. Já o Avaí, com o revés fora de casa cai para 18º, com apenas 17 pontos e segue na zona de rebaixamento.

 

Próximos compromissos

Agora o Palmeiras tem jogo fora de casa, na próxima quarta-feira (02), às 21h45, o Verdão vai ao Engenhão enfrentar o Botafogo, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o Avaí também terá jogo duro na próxima rodada, já que enfrenta um adversário direto na briga contra o Z-4, na quinta-feira (03), o Avaí vai até Curitiba, na Arena da Baixada, para jogar contra o Atlético Paranaense, às 19h30.

 

Entrevistas

Ouças as entrevistas da equipe da Poliesportiva, após a partida.

 

Coletiva do técnico do Palmeiras – Cuca, sobre o afastamento de Felipe Melo:

 

Técnico do Avaí: Claudinei Oliveira:

 

Atacante do Avaí – Joel:

 

Atacante do Palmeiras – Dudu:

 

Volante do Avaí – Simião:

 

Reportagens: Gabriel Max e Rafael Alaby
Edição:
Ivan Marconato

Foto de capa: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva

 

Redator da matéria: Gabriel Max, de São Paulo.

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

538 posts | 2 comments