Osasco vence Praia Clube por 3 set a 1 e carimba vaga na final da Superliga

Osasco vence Praia Clube por 3 set a 1 e carimba vaga na final da Superliga

Like
1092
0
sábado, 08 abril 2017
Superliga Feminina

A equipe do Vôlei Nestlé/Osasco venceu a terceira partida da semifinal da Superliga Feminina de Vôlei contra o Dentil/Praia Clube por 3 sets a 1 na noite desta sexta-feira (07), se garantindo na grande final do campeonato. A torcida de Osasco mais uma vez lotou o ginásio José Liberatti ajudando a empurrar o time para a decisão. O time de Luizomar de Moura foi soberano no confronto, fazendo 3 a 0 na disputa de melhor de cinco, contra a equipe de Uberlândia.

Tandara foi gigante e fez uma partida espetacular! Foto: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

Tandara foi gigante e fez uma partida espetacular! Foto: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

Contando mais uma vez com Tandara inspirada, o Vôlei Nestlé/Osasco começou o primeiro set errando pouco. O Dentil/Praia Clube chegou a estar a frente no placar, mas ao sofrer a virada por 12 a 11, não conseguiu parar a equipe osasquense que fechou o primeiro set em 25/18.

O placar adverso colocou ainda mais pressão no Dentil/Praia Clube no segundo set. O técnico Ricardo Picinin contou com o retorno da bicampeã olímpica Fabiana, afastada por uma lesão no pé esquerdo. A central ajudou sua equipe nos bloqueios, assim como Ramirez com seus ataques precisos, e em um set disputado ponto a ponto, o time de Uberlândia conseguiu fechar em 25/23 e empatar a partida.

No terceiro set, as duas equipes proporcionaram fortes emoções para seus torcedores. No início o Vôlei Nestlé/Osasco começou bem, abrindo 8 a 4 no placar. Mas a equipe mineira aos poucos foi se recuperando. A norte-americana Alix foi peça fundamental na recuperação do time de Uberlândia. O Dentil/ Praia Clube conseguiu a virada e também abrir vantagem ao fazer 17 a 13. Quando tudo encaminhava para um 2 a 1 para as visitantes, nova reação do Vôlei Nestlé/Osasco, que chegou a salvar dois sets points, fechando em 26 a 24, para delírio da torcida da casa.

A derrota no terceiro set foi um balde de água fria para o Dentil/Praia Clube. A equipe comandada por Ricardo Picinin passou a errar nas recepções no quarto set, demonstrando nervosismo. Isso facilitou as coisas para o Vôlei Nestlé/Osasco que chegou a abrir vantagem de 12 a 5. Sem praticamente errar nos seus ataques, o time da casa não seu chance de reação para as mineiras, fechando em 25/11. A vitória colocou o Vôlei Nestlé/ Osasco na sua 17ª final de Super Liga na história. Agora o time de Luizomar de Moura espera o vencedor de Rexona/Rio de Janeiro e Camponesa/Minas. O confronto está empatado em 1 a 1.

Foto de capa: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

Por Rafael Régis

 

Confira também:
Matéria de Ivan Marconato após o jogo 3 da semifinal entre Osasco e Praia Clube.

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

555 posts | 2 comments

Menu Title