Osasco massacra América com mais de 50 pontos de diferença

Osasco massacra América com mais de 50 pontos de diferença

Like
238
0
sábado, 24 agosto 2019
Campeonato Paulista

Basquete Osasco recebeu na noite da última sexta-feira (23), o América pela 2ª rodada do 2º turno do Campeonato Paulista de Basquete. Os donos da casa deram o troco na derrota, pois haviam perdido para o rival no 1º turno. Entretanto, o cestinha da partida novamente foi do time rio-pretense, Theodore Gentry, com 26 pontos. Mas desta vez seguido de perto por Thiago Marcello, o Thiaguinho, com 25 pontos. Quem também se destacou foi Lelê, com 16 tentos e sete rebotes, Robinho com 14 pontos e dois tocos, e Ygor, com 11 pontos e nove rebotes. A partida foi vencida pelos osasquenses por 110 x 59, com 51 pontos de diferença.

1º quarto

Os donos da casa começaram melhor com duas bolas de três de Bruno Vianna, abrindo 6 x 0. Theodore Gentry fez três para os visitantes, mas Vianna anotou mais dois e fez seus oito pontos do jogo todo. Radamés acertou seus lances livres e o América teve perto de encostar no placar, apesar três pontos atrás. Porém, Ygor e Thiaguinho distanciaram ainda mais os locais. Damião de bandeja anotou para as visitas, mas Lelê, com dois pontos, e Thiaguinho e o americano Brite cada um com uma bola de três, abriram 20 x 7. Os mandantes estavam tão avassaladores que fecharam o quarto inicial vencendo por 34 x 11.

2º quarto

Gentry anotou dois lances livres logo nos primeiros segundos, apoiando-se a mais dois tentos de Radamés. Pedro respondeu para os osasquenses com dois pontos, uma falta e perfeição na cobrança do lance livre. Damião, Rodrigo Alves, Gentry e Gustavo Grellet, casa um anotou uma cesta e o América diminuiu a larga diferença. O costume de “dormir” durante os jogos permaneceu neste também, mas o time do Osasco tinha mais “gordura” para queimar. A diferença gritante de 23 pontos chegou a cair para 14. Entretanto, Robinho e Norman acordaram o time da casa. Theodore Gentry foi travando um duelo particular com Thiaguinho, mas conseguiu vencer o quarto e diminuir a diferença em três pontos para o quarto anterior, terminando em 52 x 32 no intervalo.

3º quarto

Porém, o terceiro quarto foi o da morte. Isso porque o Osasco imprimiu um ritmo muito forte, fazendo mais 32 tentos no quarto, contra apenas 12 dos visitantes. Thiaguinho começou com uma de três. Ygor deu uma enterrada na sequência. Robinho fez mais quatro, enquanto Radamés fazia dois pelo outro lado. Lelê fez mais dois e Gentry descontou para os rio-pretenses com uma bola de três. Robinho mandou uma excelente bola para Ygor converter a ponte aérea e elevar os gritos da torcida. Radamés, sob vaias, acertou dois de quatro lances livres tentados. Lelê, então, começou a saraivada de bolas de três. Isso por Thiaguinho acertou duas na sequência, abrindo 34 de frente. Enquanto todo mundo no Osasco pontuava, Gentry ia fazendo pelo menos o seu lado pessoal. Por mais que o ala tentasse, jogava sozinho: 84 x 44.

4º quarto

No último quarto, já com a partida vencida, o Osasco diminuiu o ímpeto e fez “só” 26 tentos. Armani acertou um de dois lances livres para oa anfitriões. João Miguel descontou com uma bandeja e um lance livre. Pedro converteu os dois lances de sua falta e depois mais uma bandeja. Gentry seguia pontuando, mas sem incomodar os mandantes. Armani mandou a assistência e Maxwell completou com uma ponte aérea, levantando a galera ainda mais. Thiago Marcello mandou uma bola de três e o time liderava por 45 pontos. Armani matou mais cinco tentos, enquanto Gentry anotou uma bola de três há pouco mais de quatro minutos para o fim. O América ficou dois minutos sem pontuar, quando o Osasco abriu 50 de distância. Radamés fez três para o time de São José do Rio Preto, mas Maxwell e Ygor fecharam a conta em 110 x 59.

E agora?

Com o resultado o Basquete Osasco segue na 5ª colocação com duas vitórias, igualado ao América, mas que está em 6º lugar. Após dois jogos em pouco tempo o Osasco pausa alguns dias e só volta a jogar na próxima terça-feira (27), frente ao São Paulo, no Ginásio do Morumbi, às 20h (horário de Brasília). Por outro lado, o América já volta à quadra neste sábado (24), frente ao Mogi das Cruzes, às 19h (horário de Brasília).

Foto destaque: Divulgação/Gess Guimarães/Basquete Osasco

Eric Filardi

Eric Filardi

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo a rádio de todos os esportes. Bem-vindo a Rádio Poliesportiva. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos[...]

205 posts | 0 comments

Comments are closed.