Os cinco maiores erros de arbitragem do futebol brasileiro

Os cinco maiores erros de arbitragem do futebol brasileiro

Like
1695
2
domingo, 26 fevereiro 2017
Futebol Brasileiro

Poucos discordam que o nível da arbitragem do futebol brasileiro não é agradável. Com frequência, os homens do apito roubam os holofotes com decisões equivocadas. A última delas, muito grave por sinal, ocorreu no clássico entre Corinthians x Palmeiras, válido pela quinta rodada do Paulistão, quando Thiago Duarte Peixoto expulsou injustamente o volante corintiano Gabriel, que não cometeu nenhuma infração.

A Rádio Poliesportiva aproveitou o lamentável caso do último dérbi para selecionar os cinco maiores erros de arbitragem do futebol brasileiro. Veja abaixo:

1 – Portuguesa  2 x 2 Corinthians – Semifinal do Paulistão de 98 – Passados quase 20 anos do jogo decisivo, os torcedores da Lusa reclamam da arbitragem do argentino Javier Castrilli, que no final da partida marcou pênalti erroneamente para o time corintiano. Ele enxergou toque de mão do zagueiro César, quando na verdade a bola bateu no peito do jogador. Naquele momento, o clube do Canindé vencia o jogo por 2 a 1 e se classificava à final, mas Rincón, de pênalti, colocou o alvinegro na final.

2 – Santos 0 x 0 Portuguesa – Final do Paulistão de 73 – Os dois times empataram sem gols no tempo normal e a decisão foi para as penalidades. O árbitro Armando Marques esqueceu que os dois times tinham direito a mais uma cobrança cada e declarou o Santos campeão. Tempos depois, a Federação Paulista declarou santistas e lusitanos como campeões paulistas.

3 – Corinthians 1 x 1 Internacional – Campeonato Brasileiro de 2005 – Os dois times disputavam acirradamente o título no campeonato por pontos corridos. O Colorado reclama de pênalti do goleiro Fábio Costa em Tinga. O árbitro Marcio Rezende de Freitas ignorou a infração e para piorar expulsou o volante por simulação. O jogo estava empatado em 1 a 1.

4 – Santacruzense 1 x 1 Atlético de Sorocaba – Copa Paulista de 2006 – Um dos erros mais bizarros da história do futebol mundial. O time de Santa Cruz do Rio Pardo, interior paulista, perdia para o Atlético Sorocaba e conseguiu o empate de maneira absurda. O jogador chutou cruzado pela rede do lado de fora. Até que entrou em ação um gandula, que pegou a bola e chutou para o gol. O árbitro validou a jogada.

5 – Santos 3 x 2 Corinthians – Campeonato Paulista de 2012 – O Santos conseguiu o empate contra o arquirrival com gol de Durval em triplo impedimento, não dado pelo assistente Emerson Augusto de Carvalho.

Foto: Reprodução/Globo

Rafael Martins Alaby Ferreira

Rafael Martins Alaby Ferreira

109 posts | 0 comments