“Once Brothers”: muito além de um documentário sobre basquete e Iugoslávia

“Once Brothers”: muito além de um documentário sobre basquete e Iugoslávia

1
2413
3
sexta-feira, 24 fevereiro 2017
Basquete

Uma vez irmãos. Houve um tempo, na História recente, em que um país da Península dos Balcãs abrigava em seu território sérvios, croatas e mais quatro povos (macedônios, bósnios, montenegrinos e eslovenos).  Batizada Iugoslávia após a I Guerra Mundial, a nação tinha um grande time de basquete que orgulhava e também unia seu povo. Aquela equipe subiu ao pódio em quase todas as competições que disputou, ganhando algumas delas, principalmente entre o fim dos anos 1980 (ainda sob domínio da União Soviética – URSS – e de um regime comunista burocrático já moribundo) e o início dos 1990, quando a Iugoslávia foi dissolvida em três países: Iugoslávia (que depois deixou de existir, virando Sérvia e Montenegro), Croácia e Eslovênia.

2017-02-24 (1)

O esquadrão da Iugoslávia, campeão do mundo em 1990 – Reprodução de imagem

Retomemos a parte política adiante. Medalha de prata nas Olimpíadas de Seul-1988, após derrota para os soviéticos, a Iugoslávia “unida” voltou a enfrentar a URSS na final do Mundial da Argentina, em 1990. Em meio a tumultuados acontecimentos políticos e bélicos em seu país após a queda do Muro de Berlim, em 1989, o time de basquete – que tinha entre suas estrelas o sérvio Vlade Divac e o croata Drazen Petrovic, ambos iugoslavos de nascimento e recém-chegados à NBA – viajou para a América do Sul falando em “união” da Iugoslávia.

“Nós éramos jogadores de basquete, não políticos”, diz certa feita Divac no documentário “Once Brothers” (Uma vez irmãos), realizado pela ESPN, e que mostra a história daquele time, dos Balcãs e do mundo à época e, principalmente, dele – que é o narrador – e do amigo Petrovic.

Escolhido em 1989 no Draft da NBA pelo Los Angeles Lakers de Magic Johnson, Divac vinha de absoluto sucesso em sua temporada de estreia para a disputa na Argentina. Já o segundo, tido como um dos maiores atletas do basquete de seu país (Iugoslávia unida), pouco atuava pelo Portland Trail Blazers, que o selecionou também no mesmo Draft. Divac e Petrovic foram os primeiros jogadores daquele time iugoslavo a atuar na liga de basquete estadunidense (Tony Kukoc, outro monstro da equipe, desembarcaria nos EUA um ano depois).

Na final do Mundial de 1990, a revanche: a Iugoslávia levara a melhor frente ao tanque soviético. Na comemoração do título, um fato que selaria o fim de uma velha amizade que começou ainda na base da seleção iugoslava entre Divac e Petrovic: um torcedor com a bandeira croata entrou em quadra, foi advertido pelo astro do Lakers, discutiu com ele e teve o símbolo tomado das mãos por Divac. O fato tomou proporções gigantescas na mídia iugoslava e Divac virou persona non grata para os croatas, ao mesmo tempo em que era idolatrado ainda mais na Iugoslávia (Sérvia e Montenegro).

2017-02-24

Persona non grata na Croácia após o episódio da bandeira no Mundial da Argentina, Divac volta à terra do amigo Petrovic – Reprodução de imagem

Quando a sangrenta Guerra dos Balcãs, logo depois do episódio, devastou seu povo, deixando a região sob sangue e ruínas, ambos estavam brigados. E continuaram dessa maneira até a morte de Petrovic, em 1993, em um acidente de carro na Alemanha. À época, o croata já estava totalmente recuperado do início difícil na NBA e virara ídolo do New Jersey Nets.

Mais do que encher os olhos de brilho e de lágrimas de espectadores, “Once Brothers” é um documentário complexo – fala de política, guerra, ódio, basquete, amizade e, consequentemente, amor. O que acontece no tempo do filme, rodado em 2010, 20 anos após o triunfo na Argentina – há uma sequência linear – é de uma emoção inexplicável. Atentem também para como jogavam os iugoslavos quando ainda irmãos, antes da era “Dream Team”. E se perguntem até quando um muro, uma fronteira, um local de origem e as diferenças que temos uns dos outros são maiores que as amizades, o amor e a nossa humanidade.

Leonardo Guandeline

78 posts | 7 comments

Menu Title