O que esperar da NFC East?

O que esperar da NFC East?

2
465
0
quinta-feira, 05 setembro 2019
Futebol Americano

Por última, mas não menos importante divisão da NFC, chegou a vez de falar sobre a NFC East. Após passarmos pelas outras três divisões da NFC, vamos finalizar com East. A divisão que conta com os time, Dallas Cowboys, Philadelphia Eagles, Washington Redskins e New York Giants. A princípio, das 4 divisões da National Conference a NFC East talvez seja a divisão mais fraca, e com apenas 2 times brigando pelos Playoffs.

DALLAS COWBOYS

Os Cowboys é um dos favoritos a levar a NFC East. Entretanto, talvez o maior problema hoje seja o corpo de recebedores. Dois recebedores muito importantes e de segurança para o QB Dak Prescott deixaram o time, o WR Cole Beasley e o TE Geoff Swaim. Para tentar suprir essas perdas trouxeram o WR Randall Cobb. E usaram duas escolhas do draft para trazer dois RB, Tony Pollard e Mike Weber. Trouxeram também um Guard, Connor McGovern.

Tirando essas três escolhas, o draft foi voltado a melhorar a defesa. Dentro das cinco escolhas voltadas para a defesa estão o DT Trysten Hill, CB Michael Jackson, DE Joe Jackson, Safety Donovan Wilson e por fim o DE Jalen Jelks. Dallas tem uma boa defesa, e mesmo assim decidiram focar o draft nesse setor. Com as escolhas, eles querem basicamente duas coisas, pressionar mais o Quarterback adversário e ter bons jogadores no fundo do campo.

Dak será fundamental para o time, juntamente com o RB Ezekiel Elliott e o WR Amari Cooper terão que comandar o ataque. O Quarterback precisara se tornar definitivamente um jogador constante, o que ele não vem sendo ao longo dos anos. Embora ele tenha feito excelentes jogos, também teve partidas desastrosas. A atuação dele será o que vai ou não colocar Dallas aos Playoffs novamente.

PHILADELPHIA EAGLES

O Último time da NFC East a ganhar o Super Bowl (2017), os Eagles não tiveram uma boa temporada após o título. Em 2018 fizeram uma campanha de 9-7 e foram aos Playoffs como time de Wildcard. Primeiramente, precisamos falar que muito da temporada fraca se deve por conta que o Quarterback Carson Wentz voltou de lesão. Com isso a temporada de 2018 foi bem abaixo do que ele fez na temporada de 2017 até se lesionar.

Os Eagles trouxeram muitas armas ofensivas, em 2018 foi o 14º melhor ataque da liga em jardas totais, 5.845. Entretanto, em pontos totais foi somente o 18º, e com as contratações e as escolhas no draft talvez isso mude. Trouxeram o WR DeSean Jackson e o RB Jordan Howard. No draft trouxeram mais 4 jogadores ofensivos, OT Andre Dillard, RB Miles Sanders e o WR J.J. Arcega-Whiteside. Para preencher a saída do 2º Quarterback Nick Foles trouxeram o Clayton Thorson.

Para a defesa trouxeram o DT Malik Jackson e no draft pegaram DT Shareef Miller. A defesa dos Eagles foi a 10ª em jardas cedidas e a 12ª em pontos cedidos. O que os eles fizeram foi apostar todas as suas fichas onde estava com maiores problemas. Até porque eles não tinham muitas lacunas para serem preenchidas urgentemente com as poucas escolhas no draft. Wentz e companhia precisarão reinventar o ataque, que hoje é a parte fraca do time.

View this post on Instagram

Hey! Have a great #WentzDay ? #FlyEaglesFly

A post shared by Philadelphia Eagles (@philadelphiaeagles) on

WASHINGTON REDSKINS

O plano em Washington era claro, trazer o veterano QB Alex Smith e construir um ataque em volta do novo Quarterback. Entretanto, Smith sofreu uma lesão grave na semana 11 de 2018, que tirou ele da temporada de 2019. Sendo assim para a temporada de 2019, Washington trouxe o QB Case Keenum. Ele que será o responsável de comandar o ataque e melhorar os números da equipe.

Os Redskins precisavam de muitas coisas nesse draft, e com as 10 escolhas o time buscou reforços para o ataque. Na primeira rodada escolheram o QB Dwayne Haskins, que caiu no colo da equipe, e eles não deixaram passar. Trouxeram para o ataque também o WR Terry McLaurin, RB Bryce Love, Guard Wes Martin, Center Ross Pierschbacher, WR Kelvin Harmon. Bem como, buscaram o OT Ereck Flowers, veterano que ajudara muito na proteção de Keenum.

Para a defesa, apostaram no veterano CB Rodgers-Cromartie. E trouxeram através do draft selecionaram três LB, Montez Sweat, Jordan Brailford e Cole Holcomb, e um LB Jimmy Moreland. O ano será para reconstruir o elenco, principalmente o ataque, uma vez que no final da temporada eles irão ter 3 Quarterbacks. Sendo assim terão que muito provavelmente abrir mão de um deles ao final da temporada.

View this post on Instagram

8️⃣

A post shared by Washington Redskins (@redskins) on

NEW YORK GIANTS

Hoje está sendo considerado um dos piores times de toda a liga. Mas o que fez voltar os holofotes para New York foi a escolha de Daniel Jones na 6ª escolha da 1ª rodada. Ninguém esperava isso, e toda comissão técnica foi muito criticada. Apesar disso, só iremos saber se eles fizeram uma boa aposta no futuro, pois tudo indica que Eli Manning continua sendo o Quarterback titular da equipe.

Odell Beckham Jr que era a grande estrela do time, já se mostrava insatisfeito e deixou a equipe nessa pré-temporada. Para a defesa apostas em veteranos foram feitas, trouxeram o Guard Kevin Zeitler o WR Golden Tate. Três escolhas do draft foram para o ataque, o QB Daniel Jones, WR Darius Slayton e o OT George Asafo-Adjei.

As outras sete escolhas foram pra reforçar a defesa, a 9ª em jardas totais cedidas, e a 10ª em pontos totais sofridos. Trouxeram do draft o DT Dexter Lawrence, ótima escolha para a linha defensiva, jogador com certeza ira melhorar e muito a DL dos Giants. Selecionaram também três CB, Deandre Baker, Julian Love e Corey Ballentine. Um DE Oshane Ximines, o LB Ryan Connelly e por fim outro DT Chris Slayton.

Apesar da repercussão negativa, a grande maioria gostaria de ver Jones em ação. Ele que será a aposta de New York para substituir Manning. Os Giants já tem o futuro da franquia, Jones e o RB Saquon Barkley, que foi primeira escolha do draft dos Giants em 2018. Felizmente eles têm tempo para lapidar Jones e fazer com que o QB desenvolva suas habilidades e melhore seus pontos fracos. Entretanto só o tempo dira se a dupla Jones e Barkley trará felicidade aos seus torcedores.

View this post on Instagram

Rookie and the vet

A post shared by New York Giants (@nygiants) on

Marcos Sibinel

Marcos Sibinel

Olá, me chamo Marcos Sibinel, tenho 21 anos e curso jornalismo pela Anhembi Morumbi. Nunca tinha pensado em seguir uma carreira como jornalista, mas foi quando cursava Relações Internacionais que p[...]

18 posts | 0 comments

Comments are closed.