O esporte em quarentena por causa do Coronavírus

O esporte em quarentena por causa do Coronavírus

Like
228
0
terça-feira, 17 março 2020
Outros Esportes

O esporte no Brasil e Mundo parou por causa do Coronavírus. Nesta segunda-feira (16), últimos anúncios de suspensão foram realizados com medidas. Contudo, com a escassez de eventos esportivos, as emissoras de televisão do Brasil e do Mundo refazem a grade de programação. Com as paralisações, nos próximos dias, teremos a possibilidade de rever jogos e disputas antigas nas TVs. Portanto, os grandes clássicos do esporte estarão no ar.

 Por: Luiz Maximo Morelo, de São Paulo, SP.

O Coronavírus no esporte e futebol do Brasil

A Federação Paulista de Futebol que anunciou na sexta-feira (13) a disputa dos jogos do Campeonato Paulista com os portões fechados em razão da pandemia de coronavírus. Entretanto, nessa segunda (16), finalmente houve a determinação de suspensão do Campeonato Paulista. Outros estaduais seguiram a mesma tendência. No entanto, a medida, valida por tempo indeterminado, obedece a uma determinação da CBF e atende orientações do Ministério da Saúde. É o primeiro efeito direto no futebol brasileiro.

Segundo o Ministério da Saúde, o estado de São Paulo concentra a maioria dos casos de coronavírus no Brasil. Igualmente a Federação Paulista, a Federação do Rio de Janeiro também confirmou que as partidas em todo o estado serão sem público. Mesma medida foi tomada por outras federações, como a mineira, a gaúcha e a paranaense.

Por fim, as competições de âmbito nacional como Copa do Brasil e o Brasileirão Feminino também foram suspensas. A determinação de suspensão por parte da CBF se deu no final desse domingo (15).

América do Sul

De fato, o início das eliminatórias Sul-americana para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, foi adiado. As duas primeiras rodadas estavam previstas para os dias 26, 27 e 31 de março. O Brasil enfrentaria Bolívia e Peru nos dias 27 e 31 de março.

Além disso, a Conmebol, também anunciou a suspensão da Copa Libertadores. A princípio, a Confederação Sul-americana informou que iria interromper o torneio dos dias 15 a 21 de março, período em que seria realizada a terceira rodada. Entretanto, de acordo com a entidade, a possibilidade de retorno será avaliada nas próximas semanas.

Europa

A Liga Inglesa, assim como as divisões inferiores do futebol inglês anunciou também na sexta-feira (13), que as partidas de seu campeonato estão suspensas pelo menos até o dia 3 de abril. Todavia, a Liga Inglesa foi uma das últimas da Europa a tomar medidas contra o coronavírus. Até então, nem sequer a presença de público havia sido proibida nos estádios do Reino Unido. Antes Espanha, Itália e Portugal já haviam suspendido as competições de suas ligas.

além disso, também na sexta-feira (13), a Federação Francesa paralisou suas atividades, medida confirmada pela Liga Francesa. As partidas, no entanto,  já estavam sem público. Inicialmente, a Alemanha paralisaria suas duas primeiras divisões após o fim da rodada deste final de semana, mas voltou atrás e decidiu antecipar a suspensão que já entrou em vigor.

A UEFA anunciou que irá adiar a realização dos jogos de suas competições, o que inclui a Liga dos Campeões e Liga Europa. Porém, a UEFA também informou que irá se reunir para discutir um plano de ação mais amplo para os cancelamentos de suas competições. Com a possibilidade que isso afete inclusive a Eurocopa 2020, prevista para os meses de junho e julho.

Olimpíadas

O Comitê Olímpico Helênico, da Grécia, decidiu suspender a etapa do revezamento da tocha da Olimpíada de Tóquio-2020 que seria realizado no berço dos Jogos até o dia 19 de março, por causa da pandemia de coronavírus pelo mundo. De acordo com o comitê grego, a primeira etapa do revezamento da tocha, na região de Esparta, recebeu um número muito alto de espectadores.  Por isso, levou à suspensão para evitar novas aglomerações.

No dia 19, a chama olímpica será entregue, em uma cerimônia sem público em Atenas, para os organizadores da Olimpíada do Japão. Com início previsto para 24 de julho, os Jogos podem ser adiados por causa do coronavírus.

Mundial de Surfe (WSL)

Em comunicado divulgado em seus canais de comunicação, a Liga Mundial de Surfe (WSL), informou que todos os seus eventos ainda não iniciados neste mês foram cancelados. No caso, a etapa de Gold Coast, na Austrália. Em seu comunicado, a entidade defendeu a cautela com competidores, funcionários e fãs.

View this post on Instagram

Due to the continued evolution of the COVID-19 pandemic, the World Surf League is postponing or canceling all events, at all levels of competition, through the end of May. This includes the postponement of the remainder of the events in the Australian leg of the Championship Tour, Rip Curl Pro Bells Beach and Boost Mobile Margaret River Pro, as well as the WSL Big Wave Awards. The Quiksilver Pro G-land – scheduled to take place in a remote part of Indonesia in June – will either be canceled or moved to an area with more infrastructure. The love of surfing is the bond that holds our global community together. We want to share positivity during these anxious times, by continuing to celebrate that bond, and our shared passion for this sport, the ocean, our athletes and one another. We are going to keep talking about surfing, and worldsurfleague.com will continue to deliver daily content – and release awesome new content – about where surfing’s been, where it is and where it’s going. We are going to do that on all of our platforms. We are going to increase the volume of content we are producing from WSL Studios, deepen our editorial, and find new ways to stay connected all while we wait for that next opening horn to sound – and we are going to be asking you, our fans, what you want to see. We have every intention of commencing the 2020 Championship Tour season, and all our tours, as soon as possible. We are already hard at work doing scenario planning for what a reimagined 2020 tour might look like. As is the case everywhere, hardship is forcing creativity! The world’s best surfers will be back in the water very soon and we’ll continue to deliver a daily celebration of surfing on worldsurfleague.com from now until infinity. We are grateful for all your continued support. Stay safe. Keep surfing. We’ll see you out there | @elo_eriklogan Read more at worldsurfleague.com

A post shared by World Surf League (@wsl) on

Por enquanto, a etapa do Mundial de Surfe em Bells Beach, também na Austrália, e seria a segunda, está mantida para ocorrer entre 8 e 18 de abril.

NBA e Euroleague

As duas principais ligas de basquete do mundo, a americana e a europeia, foram suspensas por tempo indeterminado. A suspensão, no entanto, se deu depois que jogadores do Utah Jazz e do Real Madrid foram confirmados como infectados.

View this post on Instagram

A Letter to NBA Fans

A post shared by NBA (@nba) on

Coronavírus no esporte a motor: F1, F-E e Fórmula Indy

Inicialmente, na Fórmula 1, aconteceu o cancelamento do GP da China. Entretanto, no final de semana da estreia da temporada 2020, deveria ocorrer o GP da Austrália, que após muita discussão, foi cancelado. Algumas horas depois, a categoria anunciou o adiamento do GP do Bahrain e do GP do Vietnã. Todavia, todos sem novas datas definidas e mais, se vão acontecer.

Além disso, as categorias da FIA como Fórmula 2 e Fórmula 3, acompanharão as decisões da FIA e também adiaram, sem marcar nova data para o GP do Bahrain que iria acontecer de 20 a 22 de março de 2020.

View this post on Instagram

A letter to all F1 fans

A post shared by FORMULA 1® (@f1) on

Na Fórmula E, o primeiro cancelamento ocorreu para o ePrix da China que aconteceria em 21/03/2020. Em seguida, foi anunciado o cancelamento da etapa de Roma, agendada até então para 04/04/2020. Logo depois, um anúncio mais drástico: 2 meses sem provas da categoria dos elétricos. Contudo, impactando as realizações das etapas de Jacarta, Paris e Seul. Sendo assim, a próxima etapa será apenas em Berlim (21/06/2020), na melhor das hipóteses. Por fim, a Fórmula E acrescentou que está trabalhando com a FIA e autoridades locais para avaliar um novo calendário e tentar remarcar corridas após a suspensão.

A Fórmula Indy também suspendeu, na sexta-feira 13, sua temporada até o final de abril devido ao surto de coronavírus. A categoria deveria ter sua primeira prova do ano neste domingo (15) nas ruas de Saint Petersburgo, na Flórida. No entanto, sem espectadores. Contudo, o início da temporada será em maio com a etapa de Indianápolis em traçado misto (09/05/2020). Por fim, outras três corridas foram canceladas: Birmingham (5 de abril), Long Beach (19 de abril) e Austin (26 de abril).

Coronavírus no esporte a motor: Stock Car e MotoGP

A Vicar, dona da Stock Car, e a Pirelli optaram por cancelar o evento de lançamento oficial dos carros da temporada 2020 da categoria. Além disso, a etapa de estreia, a corrida de duplas, em Goiânia, prevista para 29/03, a Vicar anunciou que irá acontecer em 22/11/2020, data que tinha Goiânia como praça. A organização ainda estuda uma outra data e local para que se mantenha as mesmas 12 etapas previstas para a temporada. Da mesma forma será com a Stock Light, não tendo mais como etapa de estreia o circuito da capital goiana.

Já no mundial de motovelocidade, o primeiro Grande Prêmio a sofrer as consequências do coronavírus foi o do Catar. Como grande parte do circo da MotoGP tem suas instalações na Itália, um dos locais onde há mais ocorrências da doença, a organização optou por cancelar a prova da categoria rainha do Mundial de Motovelocidade.

Entretanto, as categorias Moto 3 e Moto 2 realizaram a primeira etapa. Pois os pilotos e equipes já se encontravam no Catar. Porém, em seguida, a FIM anunciou o adiamento do GP da Tailândia, GP de Austin e GP de Valência.  Por fim, foi a vez do GP da Argentina, adiado para 22/11/2020

Todavia, na Moto E, o único impacto até então aconteceu no GP de Valência. Pois o mesmo foi empurrado para encaixe de Tailândia, Austin e Argentina.

Foto em destaque: Paulo Arnaldo / Poliesportiva

Luiz Máximo Moreno Morelo

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

338 posts | 0 comments

Comments are closed.