No UFC 251, Léo Santos quebra invencibilidade do russo Roman Bogatov

No UFC 251, Léo Santos quebra invencibilidade do russo Roman Bogatov

Like
390
0
sábado, 11 julho 2020
UFC

No UFC 251: Usman x Masvidal, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o brasileiro Léo Santos enfrentou o russo Roman Bogatov no card preliminar do evento. Num duelo interessante, o brasileiro teve a chance de nocautear ou finalizar no 2º round, mas cansou e deu brecha para o russo se recuperar. Assim, a luta se estendeu ao último round e o brasileiro venceu por decisão unânime.

Por: Eric Filardi, de São Paulo.

1º round

O duelo começou com os dois buscando a luta. O brasileiro tentou mais os chutes e conseguiu ir bem, mas um dedo no olho de Léo fez o duelo parar. Pouco tempo depois, logo retornou o confronto. Leonardo Santos teve a chance de jogar para o chão e pegou as costas do rival. Mas, apesar da posição, soltou e optou por não se desgastar no início. Bogatov andava para a frente, mas os chutes de Léo distanciavam o rival. O russo tentou uma cotovelada giratória no final do assalto, até pegou, mas Léo pegou as costas e o round finalizou.

2º round

O duelo regressou e o russo buscou o clinch, amarrando a luta. Mesmo na grade, Léo Santos emendou tapas e socos no rival. Léo clinchou e conseguiu uma boa joelhada. O russo sentiu. Leonardo foi para cima, fez pressão e, mesmo aparentemente nocauteado em pé, o russo foi suportando a pressão. Caído, Bogatov foi resistindo a sequência de Léo Santos. Sendo castigado, o russo não se entregou e Léo foi cansando. No último minuto, exausto, Bogatov conseguiu ficar por cima. No último minuto, foi a vez do invicto e estreante golpear. Assim, toda a vantagem que Léo tinha fora perdida. Entretanto, apesar disso, round do brasileiro.

3º round

O russo logo buscou o clinch no início do round. Na ânsia de golpear, Bogatov acertou uma joelhada na genitália de Leonardo, que na hora sentiu. O estreante rapidamente buscou o chão após a volta, mas Léo Santos teve boa defesa. Roman tentou uma cotovelada giratória, mas errou. Enquanto isso, Léo evitava as quedas e administrava sua vitória.

Porém, o russo novamente acertou uma joelhada na genitália de Santos, que sentiu pela segunda vez. Por fim, o Bogatov acertou uma joelhada em Léo que estava em posição de apoio, ilegal, novamente parando a luta. Contudo, o juiz tirou dois pontos do russo. Assim, por pontos não venceria. Bogatov foi para cima como se não houvesse amanhã, mas a luta foi para os pontos e vitória de Léo Santos.

Foto destaque: Reprodução/UFC

Eric Filardi

Eric Filardi

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova me cativa. Bem-vindo a rádio de todos os esportes. Bem-vindo a Rádio Poliesportiva. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos[...]

238 posts | 0 comments

https://docs.google.com/spreadsheets/d/1izZLGz7it19teR839S0enlfi2W1drJQlmkiw4YDks2w/edit#gid=0

Comments are closed.