NBB: Mogi joga em casa e tenta seguir no G-4 contra o Vasco

NBB: Mogi joga em casa e tenta seguir no G-4 contra o Vasco

Like
1180
0
sábado, 04 fevereiro 2017
Basquete

A equipe do Mogi (SP) tem tarefa árdua neste sábado (04/02), às 14 horas, contra o Vasco da Gama (RJ), pela 19° rodada da fase classificatória da temporada 16/17 do Novo Basquete Brasil. O jogo, que será em Mogi das Cruzes, no ginásio Hugo Ramos, o “Hugão”, tem tudo para ser um jogaço. No primeiro confronto, em novembro do ano passado, o clube carioca levou a melhor pelo placar de 94 a 70, o que pode servir como motivação para o Mogi continuar forte e brigar para dar o troco e conquistar mais uma vitória, para se manter no G-4.

Mogi das Cruzes

O técnico Guerrinha, do Mogi das Cruzes conta com peças importantes que tem se destacado nas partidas, os alas americanos Shamell e Jimmy tem contribuído para o elenco do time paulista. As baixas para o jogo de hoje ficam por conta dos desfalques do, também americano, Tyrone Curnell, que foi suspenso por duas partidas, depois de suposta agressão ao pivô Marcelinho Machado, do Flamengo-RJ e o pivô Caio Torres, que segue sua recuperação após uma contratura muscular sofrida na coxa direita. Os dois jogadores mencionados também foram desfalques na última rodada, no jogo contra o Caxias, em que o Mogi venceu por 73 a 64, também em seu ginásio, numa partida que foi definida apenas no último quarto, com ótima atuação de Larry Taylor, que foi o cestinha do jogo, com 20 pontos marcados.

Com a vitória da equipe mogiana, o time subiu para a zona de classificação para a segunda fase do NBB. Até o momento, são 11 vitórias em 17 jogos e 64,7% de aproveitamento na competição.

Vasco da Gama

Wagner é peça importante do elenco vascaíno para encarar o Mogi - Foto:Thiago Moreira/Vasco

Wagner é peça importante do elenco vascaíno para encarar o Mogi – Foto:Thiago Moreira/Vasco

O Vasco se deu bem no primeiro “Clássico dos Milhões”, que foi bem disputado, com diferença de apenas um ponto a favor da equipe cruzmaltina. O placar final foi 78 a 77. A partida foi realizada com portões fechados, por conta da falta de policiamento no local. Com o resultado positivo, o Vasco ainda luta para subir na tabela. Atualmente, está na oitava colocação, com 56,3% de aproveitamento – empatado com o Campo Mourão, porém existe vantagem no critério confronto direto – e são 9 triunfos em 16 partidas.

Um dos destaques do Vasco é velho conhecido do torcedor mogiano e é peça importante para o treinador Dedé Barbosa. Wagner, o pivô de 2,03m que atuou dois anos consecutivos pelo Mogi, voltou ao Vasco nesta temporada e tem sido peça importantíssima no sistema defensivo da equipe cruzmaltina, principalmente nos rebotes, que são 38 nesta temporada e, dos quais 28 deles foram na defesa. O outro jogador que entra como destaque, principalmente pela sua última atuação é o armador Nezinho, o experiente jogador de 36 anos liderou o time, com 22 pontos e três assistências no clássico contra o Flamengo e o camisa 23 pode desequilibrar a favor do Vasco se mantiver o bom desempenho.

A partida deste sábado, que está marcada para as 14 horas, será transmitida pela Rádio Poliesportiva, que trás a arte do esporte. Com a equipe comandada por Ramoni Artico, os comentários de Marcos Batista e reportagem de Eduardo Verdasca.

Foto de capa: Antonio Penedo/Mogi-Helbor

Por Gabriel Max

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

555 posts | 2 comments

Menu Title