NBB: Em São Paulo, o Bauru supera o Pinheiros e força o quinto jogo.

NBB: Em São Paulo, o Bauru supera o Pinheiros e força o quinto jogo.

Like
931
5
segunda-feira, 22 maio 2017
Basquete

A partida deste sábado, válido pelo quarto jogo da série dos Playoffs da semifinal do NBB entre Pinheiros e Bauru, foi emocionante e disputado até o final. Não podia ser diferente. Trata-se de duas grandes equipes dessa edição do NBB e que estão fazendo grande duelo nessa semifinal. O Pinheiros chegou a abrir na série uma vantagem por 2 a 0 e ficar por uma vitória para chegar a grande final. Porém nos jogos 3 e 4, o Bauru conseguiu superar a equipe da capital. Agora, com a série empatada em 2 a 2, nessa terça, em Bauru, o jogo será decisivo para definir quem passará a grande final. O jogo será no ginásio Panela de Pressão às 19h30.

 

O jogo nos dois primeiros períodos

No primeiro período, Bauru comandou as ações em quadra. Jejê e Shilton ganharam grande destaque nas jogadas ofensivas. Com uma marcação bem encaixada, o Pinheiros teve dificuldades para conseguir efetivar em pontos os arremessos. Mesmo com o apoio da torcida, o Pinheiros demonstrava certa desconcentração.

O norte americano Holloway, destaque da equipe da capital, em algumas tentativas de arremessos de 3 não conseguiu acertar. Aliás, em todo o jogo, o americano Holloway acertou apenas uma cesta de 3 e marcou apenas 12 pontos ao longo do jogo. Ou seja, abaixo da média dos últimos jogos. Isso se deve ao Bauru que teve um cuidado especial na marcação para neutralizar o americano. O Bauru fechou o primeiro período por 17 a 22.

Já no segundo período, o Pinheiros entrou no jogo! Neto entrou no lugar de Teichmann, numa estratégia bem diferente. Neto geralmente entra para arriscar mais os arremessos de 3 pontos. Mas a função que César Guidetti atribuiu à ele foi de quebrar a marcação e cuidar mais da armação da equipe. Com isso, Neto diversificou entre marcar cestas de 2 pontos e dar assistências aos companheiros de equipe. Deu certo! O Pinheiros fechou o intervalo à frente, pelo placar de 36 a 34.

No final do primeiro tempo, o Pinheiros tinha 4 pontos de vantagem à frente do Bauru. Foto: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

 

No segundo tempo, muita emoção e tensão em quadra

Não podia ser diferente! As duas equipes jogando um basquete de altíssimo nível. O terceiro período foi o mais equilibrado do jogo. Teve um momento que o Pinheiros chegou a abrir 10 pontos, mas o Bauru reagiu, encostou. Foi sem dúvida, o momento mais disputado da partida.

Pelo lado do Pinheiros, Bennett e Holloway tiveram bons momentos nesse período. Ansaloni, enquanto esteve em quadra e o Renan foram consistentes. Já pelo Bauru, o coletivo estava afinado. Mas Jefferson, Valtinho e Alex foram as forças ofensivas pelo lado do Bauru. No placar do período, quase foi 16 a 16, se não tivesse sido um lance no final desse período, sobre o Ansaloni. A falta foi marcada antes de zerar o cronômetro. E com isso, o Pinheiros conseguiu converter dois pontos a mais e fechar o terceiro período no placar geral em 54 a 50.

Enfim, no último período, o cenário indicava amplamente favorável ao Pinheiros. O Pinheiros chegou a ficar com 6 pontos de vantagem. O Bauru logo chegou a 5 faltas coletivas. Ou seja, uma uma grande condição de vantagem ao Pinheiros. Porém, Bennett fez a quarta falta e faltando 5 minutos e meio, Holloway também ficou pendurado com 4 faltas. Isso enfraqueceu o lado do Pinheiros na defesa e cresceu o lado do Bauru no ofensivo, já que soube explorar essa condição. Alex, chamou a responsabilidade no contra-ataque. O Bauru estava bem na ação de neutralizar os ataques do Pinheiros e no contra-ataque, quebrara a marcação do Pinheiros. A quebra da marcação foi de tal maneira, que Gui Deodato recebeu ao centro, livre sem marcação à frente, para um arremate de 3 pontos. Faltando 1 minuto e meio, o Bauru já estava com uma boa vantagem e conseguia manter duas posses à frente. O jogo ficou bem truncado no último minuto com inúmeras faltas. Bennett e Renan chegaram a deixar a quadra com o estouro das 5 faltas. O Pinheiros até se aproximou com uma diferença de 4 pontos, mas o Bauru consolidou a vitória.

A equipe de Bauru foi superior ao Pinheiros no último período e conquistou a vitória do empate na série. Foto: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

 

Vamos para o quinto jogo!

Demétrius Ferracciú e César Guidetti vão ter que planejar mais novas estratégias e o jogo no ginásio Panela de Pressão promete ser emocionante. A certeza que será um grande duelo de uma das melhores temporadas do NBB dos últimos tempos. O Bauru aposta na força da torcida no ginásio da Panela de Pressão. O Pinheiros é uma equipe que sabe reagir em situações desfavoráveis. Superou Vasco e Flamengo dessa maneira. Enquanto isso, o Paulistano aguarda a definição do adversário de camarote.

 

Ficha técnica do jogo

– Local, data e horário do jogo
Ginásio Henrique Villaboim – E.C. Pinheiros
Sábado, dia 20 de maio, 14h00.

– Esporte Clube Pinheiros
Iniciaram:  Bennett (ALA/ARM), Ansaloni (PIV), Renan (PIV), Holloway (ALA) e Teichmann (ALA/PIV).
Técnico: César Guidetti.

– Bauru Basket
Iniciaram:  Gegê (ARM), Alex (ALA), Leo Meindl (ALA), Jefferson (ALA/PIV) e Shilton (PIV).
Técnico: Demétrius Ferracciú.

– Arbitragem
Árbitro principal: Cristiano Maranho.
Assistentes: Marcos Antônio Ferreira e Jacob Barreto.

 

Podcasts

NBB – Playoffs – Semifinal – Jogo 4 – Momentos finais de Pinheiros X Bauru:

NBB – Playoffs – Semifinal – Jogo 4 – Pós jogo de Pinheiros X Bauru – Entrevista:

Veja também

CONAFUT reuniu principais nomes do futebol no primeiro dia do evento
Brasileiro Joca Signorini vai correr a Volvo Ocean Race em equipe holandesa
Título de Zverev em Roma comprova o valor da nova geração do tênis

 

Foto de capa: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva

 

Redator da matéria: Paulo Arnaldo, de São Paulo.

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

516 posts | 2 comments