NBA: Boston Celtics x Miami Heat – quem vence?

NBA: Boston Celtics x Miami Heat – quem vence?

2
501
0
segunda-feira, 14 setembro 2020
NBA

Depois de passarem por Toronto Raptors e Milwaukee Bucks, o Boston Celtics e o Miami Heat, respetivamente, chegam à final da Conferência Leste desta temporada da NBA. Os times se enfrentam, pelo jogo 1, já nesta terça-feira (15), às 19h30 (horário de Brasília). A partir disso, a equipe da Rádio Poliesportiva analisou os dois times e, por fim, declarou qual é o favorito: Celtics ou Heat? 

Por Danyela Freitas, Goiânia-GO, com colaboração de Caíque Ribeiro

Boston Celtics

Com uma temporada incontestável de Marcus Smart na bolha, o Celtics chega como favorito. Entretanto, contra os Raptors, o time de Boston fez 2-0 no início da série e, posteriormente, deixou o Toronto empatar em 2-2. O finalista do Leste não conseguiu abrir 4-2 e, dessa maneira, só encerrou a série no jogo 7. 

  • Jogo 1: Celtics 112 x 94 Raptors
  • 2: Celtics 102 x 99 Raptors
  • 3: Raptors 104 x 103 Celtics
  • 4: Raptors 100 x 93 Celtics
  • 5: Celtics 111 x 89 Raptors
  • 6: Raptors 125 x 122 Celtics
  • 7: Celtics 92 x 87 Raptors

Outra característica do grupo é o trabalho em equipe. O Celtics não depende somente de Marcus Smart, é um time que roda a bola e sabe usar seus jogadores. Dessa maneira, exemplo disso é que, nas vitórias, os atletas do quinteto titular passam dos 10 pontos cada um.

A infiltração é um outro forte do time de Massachusetts. Ademais, o contra-ataque também é um trunfo, já que trabalha bem defensivamente. Jaylen Brown e Jayson Tatum são peças importantes no setor ofensivo. Entretanto, o Celtics não possui boas opções na reserva. 

No geral, é um time muito bom defensivamente. Smart, na defesa, vem sendo essencial, inclusive, pelas roubadas de bola. Além disso, armador, que também faz a função de ala/armador, foi fundamental ofensivamente na segunda partida da série.

O jogador acertou cinco de bolas de três em seis tentativas num intervalo de três minutos para ajudar a levar o Boston para uma vitória apertada. Em suma, na série, teve médias de 15.7 pontos, 6.0 rebotes, 5.1 assistências e, por fim, quase 38% de acerto em arremessos de longe por jogo.

Miami Heat

Em contrapartida, o time da Flórida conta com o astro Jimmy Butler. O ala tem comandado a equipe e, junto com Bam Adebayo, promete dar trabalho para a excelente defesa do Boston. De uma forma geral, o Miami surpreendeu nesta temporada.

Classificado para os playoffs em 5º lugar, encarou o Milwaukee Bucks, time com melhor campanha da Conferência Leste, com 56 vitórias. Sendo assim, a equipe de Butler teve 12 triunfos a menor que o rival. Mesmo assim, não se abalou e partiu para cima. Assim, no resultado final da série, vitória do Heat: 4-1. 

  • Jogo 1: Bucks 104 x 115 Heat
  • 2: Bucks 114 x 116 Heat
  • 3: Heat 115 x 100 Bucks
  • 4: Heat 115 x 118 Bucks
  • 5: Bucks 94 x 103 Heat

Tyler Herro também é peça importante. Nas partidas contra o Milwaukee, não conseguiu pontuar tão bem, mas, de toda forma, foi decisivo. Logo, teve médias de 13.2 pontos, 5.6 rebotes e 3.6 assistências por jogo. Por fim, ao contrário do seu próximo rival, o Miami consegue ter um banco de reservas participativo e mostrou isso contra o Bucks. Goran Dragic e Kelly Olynyk são exemplos disso. Nos cinco duelos, Dragic fez 99 pontos. Assim, teve média de 19.8 por partida. 

Boston Celtics x Miami Heat: quem é favorito? 

Ainda que esteja surpreendendo na bolha da Disney, talvez o Heat não tenha fôlego para segurar a equipe de Massachusetts. De fato, a camisa do Celtics pode pesar (e muito) na hora da disputa. Entretanto, o Miami ainda dará trabalho. Em conclusão, deverão ser jogos bem equilibrados, a menos que estrelas individuais brilhem. Por fim, certamente, o favorito, por sua história e peso da camisa, é o Boston Celtics. Por outro lado, o Miami Heat tenta continuar surpreendendo na temporada. Portanto, como resultado, teremos bons jogos nesta final da Conferência Leste.

Foto destaque: Divulgação/Miami Heat

Danyela Freitas

Danyela Freitas

Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (n[...]

78 posts | 0 comments

Comments are closed.