Nas oitavas de final, Brasileiros usam tradição para avançar na Libertadores

Nas oitavas de final, Brasileiros usam tradição para avançar na Libertadores

Like
1382
0
sexta-feira, 07 julho 2017
Futebol Internacional

Bom futebol e tradição dentro de campo.   O fanático torcedor de futebol pode acompanhar tudo isso, nos jogos da principal competição interclubes da América do Sul, com os clubes do continente disputando o troféu e a vaga para o Mundial Interclubes. A Libertadores, organizada pela Confederação Sul Americana de Futebol (CONMEBOL), leva esse nome para homenagear os principais líderes da independência das nações do continente sul-americano, centralizado nas figuras de José Artigas, Simón Bolívar, José de San Martín, José Bonifácio de Andrada e Silva, D. Pedro I do Brasil, Antônio José de Sucre e Bernardo O’Higgins.

E sua disputa é a “menina dos olhos” dos clubes brasileiros que visam, além do título continental, a disputa do mundial de clubes. A Libertadores está na sua 57 edição, e contou com a participação de oito clubes brasileiros em sua primeira fase: Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo, Chapecoense, Flamengo, Grêmio, Palmeiras e Santos. Dentre eles, apenas a Chapecoense e o Flamengo ficaram no meio do caminho.  As outras seis agremiações brasileiras seguem firmes em busca do troféu e da premiação em dinheiro da competição, que está na sua fase oitavas de final.  Os duelos dessa etapa já foram definidos pela Confederação Sul-Americana. Confira abaixo o retrospecto dos times brasileiro, bem como quem cada equipe enfrentará na fase oitavas de final.

O Atlético Mineiro, que somou 13 pontos ganhos, ficou na primeira colocação do grupo 6; passou pelo Godoy Cruz(ARG), Libertad(PAR) e Sport Boys(PER). Agora, na fase eliminatória enfrentará o boliviano Jorge Wilstermann, segundo colocado do Grupo 5. A equipe mineira, comandada pelo técnico Roger Machado, enfrentou os bolivianos na casa do adversário, no dia 05 de julho. Atuando  no estádio Félix Capriles, na cidade boliviana de Cochabamba, o Galo saiu derrotado.

O Atlético perdeu para o Jorge Willstermann na Bolívia e precisa reverter o resutado em Belo Horizonte . FOTO : Bruno Cantini – Atlético MG – Site Oficial

O atacante Álvarez marcou, de bicicleta, o único gol do jogo. No próximo dia 09 de agosto, os mineiros receberão os bolivianos em Belo Horizonte e agora precisam vencer o jogo da volta, por dois ou mais gols de diferença, para avançar às quartas de final da Libertadores.

Outro Alvinegro brasileiro que está bem na competição é o Botafogo. O time de General Severiano precisou passar por dois adversários antes de chegar à fase de grupos. Após eliminar Colo Colo e Olímpia, os comandados de Jair Ventura Filho enfrentaram Barcelona de Guayaquil, Estudiantes da Argentina e o colombiano Atlético Nacional no grupo 1. Os dez pontos ganhos e os 56% de aproveitamento na fase de grupos, credenciaram o Fogão a enfrentar o Nacional do Uruguai nas oitavas de final.

João Paulo, marcou o gol que garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Nacional do Uruguai em Montevidéo
FOTO: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

A tarefa é complicada, tendo em vista que trata-se de um dos clubes mais tradicionais do continente. Os uruguaios foram os vice-líderes do grupo 7, e recebem os brasileiros no próximo dia 06, no estádio centenário. Na primeira partida, os comandados de Jair Ventura filho levaram a melhor. João Paulo marcou o único gol do jogo que deu a vitória, e a vantagem ao Botafogo na partida de volta. Agora os uruguaios visitarão o Botafogo somente em 10 de agosto, no Engenhão.

O Grêmio já venceu a Libertadores em duas oportunidades.  Em 1983, comandado por Waldir Espinosa e com Renato Gaúcho em grande fase, o tricolor gaúcho só conquistou o torneio novamente em 1995, com Luís Felipe Scolari sentado em seu banco de reservas.  Depois de mais de 20 anos sem títulos continentais, e agora com o ídolo Renato Gaúcho como treinador, o tricolor dos Pampas superou o Guarany do Paraguai, o Desportes Iquique do Chile, e o Zamora da Venezuela na fase de grupos, conquistando a liderança da chave 8, com 13 pontos ganhos.

O time do Grêmio venceu o Godoy Cruz jogando na Argentina – FOTO : Site oficial do Grêmio

Com tal retrospecto, o Grêmio se credenciou a enfrentar a equipe argentina do Godoy Cruz nas oitavas de final.  Os adversários ficaram com a segunda colocação do Grupo 6, dois pontos atrás do Atlético Mineiro, e as partidas eliminatórias foram agendadas para o dia 04 de julho, em Mendoza; e no dia 09 de agosto em Porto Alegre. Na primeira partida o Grêmio fez um gol relâmpago. Aos 45 segundos de jogo , e venceu o Godoy Cruz em Mendoza, na Argentina. Kannemann bateu falta, Lucas Barrios cabeceou para trás, Pedro Rocha adiantou-se ao marcador, cruzou e Ramiro, por trás dos zagueiros, fez 1 a 0. Agora basta um empate no jogo de volta para que o tricolor gaúcho avance às quartas.

Depois de alcançar o título nacional da série A após 23 anos, o Palmeiras começou a Libertadores com força total.  Iniciou a temporada comandado por Eduardo Baptista, mas repatriou o mesmo comandante do título nacional. E com Cuca à frente da equipe, o alviverde de Parque Antárctica foi o líder do grupo 7 com 13 pontos ganhos.  Com isso, os palestrinos enfrentarão o Barcelona de Guayaquil, que ficaram com a segunda colocação do grupo 1, mesma pontuação do líder da chave, o Botafogo. No jogo de Ida, disputado em Guayaquil,  o Palmeiras foi derrotado por 1 a 0.

O Palmeiras perdeu para o Barcelona de Guayaquil no Equador e precisa reverter o resultado no jogo da volta. FOTO: César Grecco – Agência Palmeiras Site Oficial

O atacante Jonatan Álvarez  acertou um belo chute na meta palmeirense, já nos acréscimos do árbitro argentino Patrício Loustau. Agora, os palestrinos receberão os adversários no jogo de volta no Allianz Parque, no próximo dia 09 de agosto, e precisam vencer por 2 a 0 para garantir a classificação. Se o Palmeiras vencer por diferença de um gol, a vaga será decidida na cobrança de penaltis. Um empate ou nova vitória do Barcelona , dará a classificação aos equatorianos.

Os dois remanescentes brasileiros Santos e Atlético Paranaense fazem o confronto nacional nas oitavas de final na Libertadores. Ambas as equipes fizeram boas campanhas nas fases anteriores.  O Furacão superou Deportivo Capiará do Paraguai e Milionários da Colômbia, antes de formar juntamente com Flamengo, San Lorenzo e Universidade Católica o Grupo 4 da Libertadores; e ficaram com a segunda posição na chave.  Com isso, o Atlético enfrentaria o Santos nas oitavas.  Para tanto, os paulistas, líderes no grupo 2 com 12 pontos ganhos, passaram por The Strongest da Bolívia, Independiente de Santa Fé, da Colômbia e Sporting Cristal do Peru.  As duas equipes brasileiras jogaram no dia 05 de julho, em Curitiba. Jogando na Vila Capanema, o Santos marcou 3 a 2 no Atlético.

Kayke marcou um dos gols que deram a vitória ao Santos, que bateu o Atlético PR por 3 a 2. FOTO: Site Oficial Santos FC

Kayke, duas vezes, e Bruno Henrique marcaram para o Santos. Nikão e Éderson, descontaram para o Furacão. Agora o Santos joga por um empate, ou por uma vitória simples no jogo da Vila Belmiro para classificar-se à próxima etapa da Libertadores. O Furacão precisa vencer jogando na casa do adversário para reverter o resultado e alcançar a classificação.A partida acontecerá no dia 10 de agosto. Ouça no boletim abaixo o resumo das partidas das oitavas de final que envolveram os clubes brasileiros. Acompanhe todas as emoções da Copa Libertadores na Rádio Poliesportiva, a arte do esporte.

 

 

Foto de capa: Conmebol.com

 

Redator da matéria e boletim: Ivan Marconato, de São Paulo

Ivan Luis Marconato Rocha

Jornalista profissional diplomado desde 1998, e pós graduado em Jornalismo esportivo e negócios do esporte. Atua em webrádio desde 2012. Já trabalhou em jornal de bairro, e por 10 anos na NET Serv[...]

311 posts | 3 comments

Menu Title