Murilo define quais são as expectativas e desafios para a próxima temporada, atuando por mais um ano no Sesi-SP

Murilo define quais são as expectativas e desafios para a próxima temporada, atuando por mais um ano no Sesi-SP

Like
329
0
segunda-feira, 06 julho 2020
Entrevistas

Em entrevista para a Rádio Poliesportiva, o líbero Murilo Endres do Sesi– SP falou para o comentarista Rogério Costa sobre o novo momento na carreira, atuando como o principal pilar da equipe da capital, que terá como base, um grupo formado por jovens jogadores para a disputa das principais competições.

Por: Artur de Figueiredo, de Mogi das Cruzes – SP

MARCELO NEGRÃO

Primeiramente, o atleta que tem história muito ligada a seleção, falou sobre a chegada do novo treinador, o campeão olímpico, Marcelo Negrão.

“A gente não começou os treinos ainda, mas já fizemos algumas vídeo-chamadas com o Marcelo. Ele está super empolgado para começar os trabalhos. Ele gosta desse trabalho com a garotada nova, tem conhecimento para passar para os garotos”, destaca.

Ademais, falando sobre a nova equipe que está sendo formada, o experiente jogador não titubeou. “O vigor, a vontade evoluir, crescer, o dia-a-dia dos treinamentos, não vai ter desculpa de cansaço, disso ou aquilo. Vamos ter que treinar mais que as outras equipes e acho que isso vai ser bom pra mim. Vai ser revigorante, estar vivendo no meio de todos eles. Muita conversa, muita paciência e muito trabalho”, sintetiza sobre o momento da equipe e os principais desafios na temporada.

Citado sobre o fator ‘experiência’, o líbero falou sobre o que espera dessa temporada. Em especial, a expectativa de liderança e confiança do novo técnico sobre o seu trabalho, Murilo destacou:

Meu papel é tentar ajudá-los nessa transição, nesse amadurecimento. Eu e o Marcelo, como técnico, já fora da quadra, já vinha acompanhando os atletas na categoria de base. Vamos ter que ficar em cima, vamos ter que cobrar, exigir bastante deles, mas ao mesmo tempo passar a experiencia, passar tranquilidade, mostrar um caminho para que eles se desenvolvam”, ratifica.

GRUPO JOVEM

Sobre o aspecto liderança, o líbero que defende o clube paulista há mais de uma década. Com isso pontua o que é necessário para gerir um grupo tão jovem.

“Vou poder ajudar bastante nesta temporada, nessa transição dos garotos da equipe de base para hoje serem da equipe profissional, principal do Sesi. Eles vão ter que encarar isso e tem uma oportunidade única nas mãos dele e a gente vai fazer de tudo para que eles aproveitam a oportunidade. Muitos garotos sonham com isso. As vezes os times mais fortes não conseguem dar tanta chance, tanta oportunidade para a garotada que bem da base e muito deles acabam saindo para jogarem em outros clubes, mas esse ano, todos eles terão oportunidade e realmente, eu espero que eles aproveitem”.

DINASTIA ENDRES

Alem disso, comentou sobre o fato de jogar com o sobrinho por mais uma temporada. Sendo assim, representando a dinastia ‘Endres’, Murilo vê com bons olhos e boa expectativa.

“É fantástico tê-lo aqui no Sesi. Parecido com a história que aconteceu comigo na época do Banespa que vim para São Paulo. O Gustavo já estava lá. Entrei nas categorias de base, subi para equipe profissional, dividi a quadra com ele, vem acontecendo com o Eric, aqui no Sesi. A última temporada, ele não conseguiu entrar um jogo para estarmos juntos ali, mas esse ano, vai acontecer e com certeza, vai ser especial pra gente”.

View this post on Instagram

Lançamento da Superliga!!! #volleyball #familia

A post shared by Murilo Endres (@murilovolei8) on

Murilo vai jogar a sua segunda temporada junto do sobrinho, o filho de Gustavo (campeão olímpico), Eric Endres.

Finalizando, o ex ponteiro da seleção conta o segredo de poder atuar tanto tempo numa mesma equipe. “Primeiramente, me sinto honrado, muito feliz, em especial, num momento tão difícil do esporte. A gente vai sofrer muito ainda, daqui para frente. Eu fiquei muito feliz com a oportunidade que o dr Paulo Skaf e Alexandre me deram, a confiança que eles têm em mim de estar dentro da quadra ainda, de liderar uma equipe com jovens talentos”.

Murilo é o único remanescente do grupo que teve uma mudança completa em todos setores do clube. Sem grandes investimentos, o time da ‘indústria’ vai levar para a próxima temporada uma base de jovens atletas. Além de Eric Endres, o oposto Darlan (irmão do Alan e ex jogador da equipe, contratado recentemente pelo Sada Cruzeiro) continuarão na equipe que sofreu mudança até no comando, com a saída de Rubinho e a chegada de Marcelo Negrão, que trabalhava anteriormente nas categorias de base.

Por fim, você pode acompanhar a entrevista na integra:

Foto destaque: Divulgação/Instagram

Artur de Figueiredo

Artur de Figueiredo

51 posts | 0 comments

Comments are closed.