Mais seis atletas classificados no 2º dia da seletiva brasileira de natação

Mais seis atletas classificados no 2º dia da seletiva brasileira de natação

Like
55
0
quarta-feira, 21 abril 2021
Natação

Nesta terça-feira (20), na seletiva brasileira de natação, no parque aquático Maria Lenk, seis nadadores conseguiram classificação para Tóquio. Fernando Scheffer e Breno Correia nadaram abaixo do índice no 200m Livre. Ainda mais, Luiz Altamir e Murilo Sartori compõem o revezamento dessa prova. Além do mais, os Guilhermes” Basseto e Guido também atingiram a marca prevista no 100m Costa.  Esses atletas se juntam ao dois já classificados na noite anterior

100m Costas feminino

A princípio, a grande expectativa para essa prova era que Etiene Medeiros pudesse fazer um tempo abaixo de 1:00.25, que é o atual índice olímpico. Contudo, a pernambucana não conseguiu atingir a marca, apesar de ter começado a prova bem, o final não esteve tão bom. Desse modo, Etiene fechou com 1:01.37. Ainda mais, Fernanda Goeij e Natalia de Lucas fizeram 1:02.30 e 1:02.74, respectivamente.  Portanto, até o momento não temos atletas classificadas para essa prova.

200m Livre masculino

Bem como, os 200 Livre tinha bons nomes para conseguir a marca desejada. Além disso, os quatro primeiros dessa prova estariam classificados para o revezamento dos 200m Livre. Desse modo, Fernando Scheffer e Breno Correia bateram o índice de 1:47.02. Scheffer com 1:46.28 e Correia 1:46.72. Por fim, Murilo Sartori (melhor tempo da carreira – 1:47.33) e Luiz Altamir (1:48.02) fecham o quarteto o revezamento. Esse revezamento promete muito em Tóquio, e tem muita chance de estar na final no Japão.

100m Peito feminino

Antes de tudo, Jhennifer Conceição era a favorita para conquistar a marca de 1:07.07. Contudo, a nadadora do Pinheiros não conseguiu fazer uma prova perfeita, cometeu alguns pequenos erros, e assim fechou 1:08.08. Ou seja, 1 segundo acima do índice. Ainda mais, ela tinha feito o recorde nacional pela parte da manhã, com 1:07.35. De fato, uma grande pena não ter conseguido o resultado. Visto que, é uma atleta capaz de nadar bem abaixo do índice.

100m Costa masculino

Primeiramente, essa foi a prova mais dramática da noite. Guilherme Guido era visto como o principal nome para se classificar e bater os 53.85. Já que, Guido fez esse tempo algumas vezes, é um atleta muito experiente. Contudo, uma boa surpresa saiu nessa final. Guilherme Basseto, que é colega de clube de Guido, ambos do Pinheiros. Desse modo, Basseto bateu na frente com 53.84 e Guido com 53.85. Ou seja,  Basseto se classificou por um centésimo e Guido fez o tempo exato do índice.

400m Livre feminino

Por fim, na última prova da noite, Gabrielle Roncatto  tinha a difícil meta de bater o índice de 4:07.90. Assim, apesar de ter começado muito forte nos primeiros metros, a nadadora naturalmente foi diminuindo o ritmo. Ainda assim, fechou forte e terminou com 4:10.88. Dessa maneira, Gabrielle fez seu melhor tempo na carreira e também esse é o terceiro melhor tempo da história da prova no feminino.

Foto destaque: Divulgação/ Satiro Sodré/ CBDA 

Ayrton Niño

Ayrton Niño

Historiador pela UFPE e graduando em Jornalismo pela UniNassau.

35 posts | 0 comments

Comments are closed.