Lewis Hamilton vence GP da Hungria e assume a liderança da F1

Lewis Hamilton vence GP da Hungria e assume a liderança da F1

2
343
0
domingo, 19 julho 2020
Automobilismo

Pneus, ameaça de chuva, disputas fortes na pista e mais protestos antirracismo liderados por Lewis Hamilton marcaram o fim de semana da Fórmula 1

Por Carla Taissa, Rio Negro, PR

As estratégias de troca de pneus, ameaça de chuva, disputas fortes na pista e mais protestos antirracismo marcaram o fim de semana da Fórmula 1, neste domingo (19), no GP da Hungria. No entanto, como diz o ditado “não teve para ninguém” nesta corrida além dele, claro, Lewis Hamilton. Portanto, com mais uma corrida perfeita, o piloto da Mercedes venceu e assumiu a liderança do campeonato. Além disso, ficou a apenas cinco vitórias de igualar o recorde de 91 triunfos de Michael Schumacher. Isso porque, o inglês dominou a prova desde a largada, com pista úmida. E, após a troca para pneus ainda no começo, abriu vantagem sobre os rivais.

Max Verstappen, da RBR, ficou com o segundo lugar do pódio em uma boa recuperação após bater na volta de alinhamento ao grid e quase ficar fora da prova. Assim, os mecânicos da Red Bull tiveram de trabalhar duro no grid nos minutos antes da largada. E o holandês ainda resistiu a um ataque final de Valtteri Bottas, que, após uma largada muito ruim, se recuperou para chegar em terceiro. Lembrando que Hamilton ainda registrou a volta mais rápida da corrida.

As dez primeiras colocações terminaram ainda com Lance Stroll, que fez bela corrida e terminou na quarta colocação, seu melhor resultado na temporada. Também marcaram pontos, da quinta à décima colocações: Alexander Albon (RBR), Sebastian Vettel (Ferrari), Sergio Pérez (Racing Point), Daniel Ricciardo (Renault), Kevin Magnussen (Haas) e Carlos Sainz Jr. (McLaren).

Destaques da corrida

A Ferrari novamente viu seus carros decepcionarem nas pistas. Após largarem em quinto, Sebastian Vettel, e sexto, Charles Leclerc, os carros não conseguiram segurar as colocações. Além disso, sofreram com erros de estratégias na escolha de pneus. Por isso, acabaram em sexto, Vettel e décimo primeiro, Leclerc. Porém, mesmo com os carros rendendo abaixo do esperado, o jovem piloto monegasco foi destaque com duas disputas memoráveis com os carros da McLaren, Sainz e Norris. O piloto segurou por muitas voltas sua posição mostrando que sabe se defender tão bem quanto ser veloz. Ainda, mostrou ter aprendido com o incidente da corrida anterior e pilotou de forma bem mais limpa durante as disputas de posição.

Além de Leclerc, outro destaque foi a Haas. Isso porque, com o incidente de Verstappen na volta de aquecimento, Magnussen e Grosjean resolveram perder posições no grid de largada para trocar os pneus. Porém, a estratégia deu certo e eles se mantiveram em boas posições na parte inicial da corrida. Mas, no fim, o que pesou foi o desempenho do carro bem abaixo de outras equipes. Assim, Magnussen acabou em nono, marcando os primeiros pontos da equipe, e Grosjean em décimo quinto.

Lewis Hamilton assume a liderança do campeonato

No campeonato, depois dos resultados de hoje, Hamilton passou a somar 63 pontos contra 58 de Bottas. Por isso, o britânico assumiu a liderança. Além disso, o segundo lugar foi o melhor resultado de Max Verstappen na temporada até agora. No entanto, agora, após três corridas seguidas, a F1 dará sua primeira pausa. Assim, a temporada 2020 segue daqui a duas semanas, com o GP da Inglaterra, no circuito de Silverstone.

FOTO EM DESTAQUE: reprodução/Getty Images

Carla Taissa

Carla Taissa

Estudante de jornalismo, escritora e fotógrafa freelancer. Futebol, esportes de velocidade, futebol americano e basquete são suas paixões, quando não está escrevendo ou viajando.

9 posts | 0 comments

Comments are closed.