Lewis Hamilton supera erros e é heptacampeão na Fórmula 1

Lewis Hamilton supera erros e é heptacampeão na Fórmula 1

1
261
0
domingo, 15 novembro 2020
Automobilismo

Largou em 6°, foi pra 3°, caiu para 7° e terminou em 1º. Assim foi a corrida de Lewis Hamilton, que consagrou o heptacampeonato na F1 após Valtteri Bottas terminar fora da zona de pontuação. Além disso, a Ferrari fez o melhor fim de semana da temporada, com Sebastian Vettel no pódio e Charles Leclerc em 4º. Por fim, Stroll largou na frente e terminou em 9º.

Por: Luma Lane, Barra Mansa, RJ

 

LARGADA

Após conquistar a primeira pole position da carreira, Lance Stroll largou bem e manteve a 1ª posição. Em seguida, Verstappen perde posição e Sérgio Perez pula para 2ª. Mas a pista molhada do GP da Turquia renderia fortes emoções para Lewis Hamilton. Assim, Ricciardo tocou na traseira da Renault de Esteban Ocon, que rodou na pista com Valteri Bottas, o único que poderia adiar o heptacampeonato do inglês da Mercedes.

 

PISTA MOLHADA

Devido à falta de aderência, muitos pilotos sofreram com a baixa temperatura dos pneu e escorregaram na prova. Hamilton, por exemplo, chegou a ser 3° no apagar das luzes vermelhas e já figurava três posições atrás na volta 6. Surpresa do fim de semana, Sebastian Vettel aproveitou a largada ruim dos demais pilotos e foi de 11° para 3°.

Com a pista mais seca, os pilotos se dirigiram aos boxes e optaram pelo pneu intermediário.

Fórmula 1 2020 - GP da Turquia

Foto: Divulgação/Florent Gooden DPPI / FIA

 

ULTRAPASSAGENS

A essa altura, Verstappen abaixava o tempo de melhor volta de Sérgio Perez em cinco segundos. Os dois representantes da RBR ocupavam os lugares mais altos no pódio na volta 11. No entanto, ao fim de primeira janela, os três primeiros seriam os mesmos do treino classificatório, Stroll, Perez e Verstappen. Em busca da liderança, o holandês sofreu no retorno à pista e voltou apenas à frente de Vettel.

Colado no piloto da Ferrari, Hamilton abriu para fazer a ultrapassagem e viu as rodas da Mercedes travarem. Dessa forma, o líder do campeonato perdeu posição para Albon, que também superou o alemão.

 

ESCAPADAS

Ao pressionar Pérez, Verstappen perdeu aderência e rodou logo em seguida. Além disso, o piloto caiu de 3º para 5º, e apareceu em 8º após voltar dos boxes.

Na volta 22, Bottas rodou sozinho e foi ultrapassado por Kvyat. Ainda, a direção de prova anunciou investigação em cima de Max, por cruzar a linha branca na saída do pit-stop. Na volta 30, o controle de prova liberou o uso da asa móvel. Antes, as equipes enfrentaram problemas com o desgaste dos pneus dianteiros.

 

LEWIS HAMILTON ASSUME A FRENTE

Faltando 28 voltas para o final, Sainz superou Ricciardo. Nesse momento, Leclerc aproveitou os pneus novos e virou 4s mais rápido que Stroll, com era 1:40:666. Mas o destaque da prova seria novamente ele. Lewis Hamilton errou, escapou, fez ótima corrida de recuperação e assumiu a ponta na volta 38. Em queda, Stroll errou ao tentar passar Vettel, Albon e Sainz.

Por outro lado, o motor Ferrari surpreende e coloca Leclerc e Vettel em 3° e 4°, nessa ordem. Hamilton ainda deu uma volta em Bottas, na 14a posição, em fim de semana ruim do finlandês. A princípio, a vantagem de Hamilton para Pérez já superava a casa dos 19s. Enquanto isso, a corrida rendia momentos ruins para a Renault, após Norris tocar Ricciardo e fazer o piloto cair uma posição, indo para 10º.

 

HEPTACAMPEONATO DE LEWIS HAMILTON NA EMOÇÃO

Entre erros e acertos, Lewis Hamilton vence o GP da Turquia e iguala Michael Schumacher, ao conquistar o heptacampeonato na F1. Apesar de estar à frente do companheiro na última volta, Leclerc tentou passar Pérez, mas o erro resultou na 4ª posição e deixou Vettel no pódio.

 

O 2020 DE LEWIS HAMILTON

O recordista começou a temporada em 4º, na Áustria. No entanto, o campeão logo voltaria a ponta na corrida seguinte, no GP da Estíria. Do mesmo modo aconteceria na Hungria, Grã-Bretanha, Espanha, Bélgica, Toscana, Mugello, Portugal, Emilia-Romagna e, finalmente, na Turquia. Em ano marcado pelo ativismo do inglês dentro e fora das pistas, uma corrida sensacional, com um primeiro lugar talvez inesperado, coroa o sétimo título mundial do gigante Lewis Hamilton por três provas de antecipação.

 

FALA, CAMPEÃO!

“Estou perdido em achar palavras. Eu sempre tenho que destacar a equipe, mecânicos engenheiros, pessoas na fábrica, porque eu não conseguiria nada sem eles. A história tem sido longa. Eu sonhava quando eu era uma criança, assistindo uma corrida, e atingi mais do que esperava. Se alguém falar que você não é capaz, você tem que acreditar, perseguir, se esforçar.”, disse o novo recordista da F1.

Ele ainda completou ao falar sobre o aprendizado na Mercedes, que “sempre busca a melhora e faz acontecer”.

 

Foto destaque: Divulgação / Antonin Vicent DPPI /FIA

Luma Lane

Luma Lane

Meu nome é Luma Lane. Tenho 18 anos, sou da cidade de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro e estou cursando o segundo período de jornalismo no UBM - Centro Universitário de Barra Mansa. Sempr[...]

20 posts | 0 comments

Comments are closed.