Laurent Duvernay-Tardif: do helmet às máscaras descartáveis

Laurent Duvernay-Tardif: do helmet às máscaras descartáveis

3
130
0
terça-feira, 28 julho 2020
NFL

Campeão do Super Bowl LIV, Laurent Duvernay-Tardif, right guard do Kansas City Chiefs, anunciou nesta sexta-feira (24) que não atuará na próxima temporada da NFL. O ex-jogador decidiu afastar-se dos campos para integrar a linha de frente de médicos no combate ao coronavírus.
Por: Lanna Lourenço, São Paulo – SP.

A vida “pré-NFL”

A princípio, Laurent Duvernay-Tardif jogou na McGill University, no Canadá. Além de conciliar o curso de medicina com o futebol americano, se destacava como o melhor jogador da faculdade. Apesar de treinar apenas uma vez por semana.
Selecionado na sexta rodada do draft da NFL de 2014, atuava desde então como Right Guard no Kansas City Chiefs. Se destacou como o primeiro médico praticante a jogar na NFL.

View this post on Instagram

Yes, it’s me in this picture but this is not about me. This is about all the people who have been on the frontlines since day one of this pandemic. Now more than ever we need to work as a team and help where the help is needed. We all must come together and do what is best for society, even if that means stepping out of our comfort zone and learning new things. Thank you to the community of health care workers who welcomed me with open arms and trained me at the Long Term Care Home, some even coming out of retirement to give a helping hand. Thank you Elisa for the PPE training. Thank you Hélène for the elderly mobilisation training. Thank you Jean-Philippe for your help during my first shift as an orderly. Thank you Guylaine for the crash course on how to administer medication to patients. I accepted this opportunity with a lot of pride and humility. I will contribute to the best of my abilities to help: help put a smile on a patient’s face, help give a day off to nurses and orderlies who have been working countless hours since this pandemic started. We can all do our part and it's touching to see so many people of different professional backgrounds coming together to do what they can. We have to keep working as a team and we will get through this. Ça va bien aller 🌈

A post shared by Laurent D. Tardif (@laurentduvernaytardif)
on

A Decisão

Segundo a ESPN, o valor estimado do seu salário nessa temporada seria de US$ 2,75 milhões. Entretanto, Laurent disse que foi uma das decisões mais difíceis de sua vida. No entando quis seguir com suas convicções e fazer o que acreditava ser certo.

“Estar na linha de frente fora da temporada me deu uma perspectiva diferente sobre essa pandemia e o estresse que exerce sobre os indivíduos em nosso sistema de saúde. Não posso me permitir transmitir potencialmente o vírus em nossas comunidades simplesmente para praticar o esporte que eu amo. Se eu correr riscos, farei isso cuidando dos pacientes.” – Disse em seu Twitter.

Apesar do acordo entre a NFL e NFLPA tornar-se oficial na última semana (24), Duvernay-Tardif já estava atuando desde o início da pandemia no hospital de Montreal, no Canadá, onde nasceu.
Dos campos para o hospital, contudo, Laurent carrega dois grandes pesos em suas mãos: a vitória no Super Bowl LIV e a necessidade de compactuar com seu trabalho para salvar vidas.
Foto: Divulgação/Forbes.com

Avatar

Lanna Lourenço

3 posts | 0 comments

Comments are closed.