Kamaru Usman nocauteia Jorge Masvidal e atinge marca histórica no UFC

Kamaru Usman nocauteia Jorge Masvidal e atinge marca histórica no UFC

Like
205
0
segunda-feira, 26 abril 2021
Lutas

Primeiramente, para garantir o sucesso do UFC 261, que ocorreu neste último sábado (24) em Jacksonville, Flórida. O Ultimate resolveu realizar a revanche entre o atual campeão dos meio-médios, Kamaru Usman, e o desafiante Jorge Masvidal como principal atração da noite. A primeira luta entre os dois ocorreu em julho de 2020, e na ocasião, o campeão conseguiu uma clara vitória por decisão unânime dos juízes.

Porém, como Masvidal aceitou o duelo com apenas seis dias de antecedência, muitos se perguntaram o que ele poderia fazer com um camping completo, e essa foi a principal narrativa para promover a revanche. Entretanto, ao invés de vermos mais do “Gamebred”, acabamos vendo uma performance ainda mais convincente de Usman, que se tornou o primeiro a nocautear o desafiante no UFC.

Por: Carlos Figueira, Recife-PE

A luta de Usman x Masvidal

Diferente da primeira luta, Usman começou a luta com uma estratégia ousada, dando mais foco na luta em pé, que era a especialidade do adversário. Por sua vez, Masvidal teve um início mais morno, sem se arriscar muito e atacando as pernas do campeão com chutes baixos. Mas assim que o desafiante resolveu adotar uma postura mais agressiva, o nigeriano imediatamente entrou no modo wrestler e mergulhou no double leg. Masvidal conseguiu se levantar na reta final do primeiro round, e os dois ficaram na luta em pé até o soar do gongo.

No segundo round, Usman manteve a mesma estratégia, e começou a tocar mais o rosto do desafiante com socos. Até que de repente, assim que o cronômetro marcou um minuto, o campeão acertou um cruzado com força total no queixo de Masvidal, que imediatamente caiu inconsciente e ainda levou mais alguns socos antes da interrupção de Herb Dean. Vitória de Kamaru Usman por nocaute, no segundo round.

Com o resultado, o nigeriano defendeu seu cinturão pela quarta vez consecutiva, e chegou a marca histórica de 14 vitórias seguidas no UFC, a segunda maior sequência de vitórias da organização, atrás apenas da lendária marca de Anderson Silva, que com 16 triunfos, permanece intocada desde 2012.

E agora?

Por fim, na coletiva de imprensa pós-luta, Dana White poupou o mistério e informou que Colby Covington deve ser o próximo adversário de Kamaru Usman. Os dois já se enfrentaram em dezembro de 2019. Após uma batalha extremamente acirrada, o nigeriano conseguiu a vitória por nocaute técnico no quinto e último round.
Após a derrota, Covington se recuperou vencendo Tyron Woodley por nocaute técnico em 2020, e desde então, têm feito campanha para receber a revanche contra Usman.

Já Jorge Masvidal, que agora vive uma fase de duas derrotas seguidas, terá que dar alguns passos para trás, mas ainda existem opções interessantes que estarão disponíveis em breve. A primeira, é enfrentar o vencedor do duelo entre Leon Edwards e Nate Diaz, que está marcado para o dia 15 de maio.
Por outro lado, Dana White confirmou que o polêmico Nick Diaz, irmão de Nate Diaz, está de fato retornando ao UFC. Muito em breve seu próximo adversário deve ser anunciado. Caso o americano consiga retornar com uma vitória, um duelo contra Masvidal certamente cairia na graça dos fãs. Tendo em vista o histórico do “Gamebred” com os irmãos Diaz, pode ser uma ótima oportunidade para reviver o emblemático cinturão BMF.

Foto destaque: Reprodução/ Alex Menendez/Getty Images

Carlos Figueira

26 posts | 0 comments

Comments are closed.