Josef Newgarden se sagra bicampeão e Colton Herta vence em Laguna Seca

Josef Newgarden se sagra bicampeão e Colton Herta vence em Laguna Seca

Like
295
0
domingo, 22 setembro 2019
Fórmula Indy

Foi uma boa corrida em Laguna Seca. Se não foi brilhante, ao menos foi melhor que as últimas decisões de campeonato em Sonoma. Numa pista clássica, mesmo sem muito brilho, Josef Newgarden fez o que foi preciso para se sagrar como bicampeão da categoria mais importante das Américas. Definitivamente, a temporada 2019 da  Fórmula Indy 2019 fica nas mãos do jovem americano da Penske.

Por: Danilo Dias, de São Paulo, SP.

No entanto, foi uma corrida que destacou o piloto do futuro da IndyCar Series. Colton Herta venceu mais uma vez em sua temporada de estreia. Entretanto, muito se espera da temporada 2020 dele na categoria. Afinal, a primeira, ou melhor, a última impressão é a que fica!

A corrida

Colton Herta largou na pole position e manteve-se na ponta. Scott Dixon e Alexander Rossi brigavam pela segunda posição. Josef Newgarden era o quarto e na sexta posição figurava Simon Pagenaud. Sendo assim, os postulantes ao titulo seguiam nas primeiras posições.

Herta seguia na ponta com Dixon em segundo. Os dois abriram mais de cinco segundos para o terceiro colocado que era Rossi. Dessa forma, a superioridade dos equipamentos de Herta e Dixon se faziam perceber. De fato, as posições se alteraram pouco durante a primeira parte da prova. Newgarden parecia estar tomando o máximo de cuidado possível para não se prejudicar durante a corrida, Claramente, o piloto da Penske andou em um ritmo abaixo de seus rivais que precisavam do resultado.

Passada a terça parte da corrida, Felix Rosenqvist voava na quinta posição após largar na modesta décima quarta posição. Dessa forma, com um bom equipamento em mãos, Rosenqvist mostrava que vinha forte para brigar pelo prêmio de rookie do ano.

Briga também nos boxes

Se por um lado a disputa na pista trazia dificuldades para ultrapassar. Por outro lado, a oportunidade nos boxes num bom serviço da equipe poderia determinar o ganho de posições. Por pouco, Newgarden não ganha a posição de Rossi, já que a Penske fizera um trabalho melhor que a Andretti.

No entanto, Herta também teve pequenos problemas em sua parada, mas que não comprometeram seu desempenho. Will Power parou uma volta depois. Sendo assim, os pilotos da frente já tinham feito suas paradas. Power bem que tentou, mas com os pneus frios não conseguiu manter as posições ganhas nas paradas.

Bandeira amarela

Na volta 45, Conor Daly tentou atacar Marco Andretti, que dificultou a manobra do americano de origens irlandesas. Daly pisou demais na parte interna da pista, perdeu o controle de seu carro, rodou e ficou preso na “salsicha”, dispositivo usado próximo das zebras para evitar que pilotos cortem caminho por ali.

De qualquer forma, os dois pilotos se mantiveram na prova. Com os pilotos reagrupados, foi dada a relargada. Santino Ferrucci que ainda sonhava com o prêmio de rookie do ano abusou e perdeu o ponto de freada. Por consequência,  atingiu Takuma Sato quebrando a suspensão dianteira direita. Dessa forma, Ferrucci abandonava a possibilidade de ser o rookie de 2019, encostando o carro num local que não necessitou de nova bandeira amarela.

Belas disputas

Na seqüência da prova, algumas disputas levantavam o público. Numa determinada ocasião, Zach Veach, Takuma Sato e o brasileiro Matheus Leist chegavam muito próximos para a tomada da temida “corkscrew”. Faltou espaço para os três. Sendo assim, sobrou para Veach que passeou na areia. Leist foi muito bem e deixou Sato para trás, em bela manobra.

Na última janela de pit-stops, Herta conseguiu manter a ponta graças a uma volta voadora antes de Will Power fazer sua parada. O australiano quase voltou a frente, mas Herta se impôs e recuperou a liderança.

Enquanto isso, Pagenaud apertava Dixon, tentando pontuar o máximo possível para terminar bem na pontuação. Afinal era claro que Newgarden rendia pouco e só aguardava o fim da prova. Sem sucesso, o francês não conseguiu passar Dixon, facilitando a vida de Herta e Power, que se livravam dos demais adversários na ponta da classificação.

Vitória de Herta e a consagração de Josef Newgarden

Faltando pouco para o fim, Power tentou apertar Herta a todo custo, mas não deu. O piloto da Penske ainda cometeu um erro e perdeu o contato que tinha com o jovem talento da IndyCar. Dessa forma, foi só levar seu bólido para a linha de chegada.

Enfim, Colton Herta venceu em Laguna Seca, mostrando que aos dezoito anos é uma das grandes promessas para o futuro da categoria. Power se recuperou do lamentável período que viveu na temporada e concluiu o ano de forma digna. Dixon, Pagenaud e Rossi ficaram sem o título. Este, agora tem novo dono: Josef Newgarden.

Temporada concluída

A temporada 2019 da IndyCar Series devolveu o título a Josef Newgarden, que já havia conquistado o título de 2017. Newgarden, apesar de não ter sido brilhante durante o ano, foi premiado por sua regularidade em detrimento a problemas que minaram o desempenho de Scott Dixon, algumas vezes fora das corridas em que vinha bem.

Para a temporada 2020, os brasileiros vivem incertezas. Tony Kanaan, apesar do terceiro lugar em Gateway ainda precisa negociar algum contrato após a Foyt perder seu maior patrocinador. Matheus Leist, que também é da Foyt vive o mesmo problema, embora tenha conquistado um grande quarto lugar no misto de Indianapolis, sob muita chuva. Vale ressaltar que a equipe não entregou carros bons aos seus pilotos.

Power, que apesar de ter concluído a temporada bem e talvez seja o mais arrojado dos três pilotos da Penske, também não conhece com clareza seu futuro. A Penske deve ter apenas dois carros na temporada completa, abrindo vaga quem sabe para a Indy500, como de costume. Sendo assim, resta saber quais serão as surpresas que permearão a temporada 2020 de uma das mais competitivas categorias de automobilismo do mundo.

Foto em destaque: Stephen King / Indycar / Divulgação

Danilo Dias

Danilo Dias

Danilo Dias é formado em Tecnologia em Futebol, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte e atualmente é estudante de Direito. Apaixonado por futebol, aficionado por automobilismo[...]

75 posts | 0 comments

Comments are closed.