Jogos olímpicos: Para atletas, adiamento é a decisão correta

Jogos olímpicos: Para atletas, adiamento é a decisão correta

Like
173
0
quinta-feira, 26 março 2020
Outros Esportes

Após o anúncio do adiamento dos Jogos Olímpicos de 2020 para 2021, atletas e comitês olímpicos nacionais repercutiram positivamente. Nos últimos dias, no entanto, havia uma pressão sobre os organizadores, já que a preparação para o evento estava sendo muito prejudicada em razão da pandemia do Novo Coronavírus.

Por: Luiz Maximo Morelo, de São Paulo, SP

Com a palavra, os atletas sobre o adiamento

Inicialmente, o bicampeão e maior medalhista olímpico da história do país (dois ouros, duas pratas e um bronze) o velejador Robert Scheidt, 46 anos, comemorou.

A decisão de adiar os Jogos Olímpicos para 2021 é a decisão correta. Infelizmente, o mundo está vivendo um momento muito triste, e acho que a prioridade de hoje é a saúde. Considerando a saúde dos atletas e a dos envolvidos na organização da Olimpíada, considerando também a possibilidade de se preparar de maneira igualitária, o caminho do adiamento é o caminho correto.

O nadador Daniel Dias, 31 anos, dono de 24 medalhas paraolímpicas, 14 delas de ouro, também comemorou a mudança. Assim, o atleta nascido em Campinas fará em Tóquio sua quarta participação. Ele, no entanto, deixou a seguinte mensagem em seu Twitter:

Japão, te vejo em 2021! Obrigado COI pela sabia e sensata decisão. Fico mais tranquilo e motivado para participar destes Jogos em Tóquio.

Contudo, a pentacampeã olímpica, a nadadora norte-americana, Katie Ledecky, 23 anos festejou o fato de que poderá perseguir novas medalhas em Tóquio. Porém, ela destacou a luta contra o Covid-19 ao redor do mundo, em seu Twitter.

No momento em que estamos juntos para enfrentar os desafios de hoje, podemos sonhar com uma linda Olimpíada em um belo país. Agora é hora de apoiar todos os que estão trabalhando para curar os doentes e manter todos nós saudáveis.

Foto: COI/Divulgação

 

Luiz Máximo Moreno Morelo

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

341 posts | 0 comments

Comments are closed.