Javier Weber comemora vitória do EMS Taubaté, mas mantém pés no chão; confira entrevista completa

Javier Weber comemora vitória do EMS Taubaté, mas mantém pés no chão; confira entrevista completa

Like
126
0
segunda-feira, 12 abril 2021
Entrevistas

Após a primeira vitória do EMS Taubaté, Javier Weber, o técnico, pede pés no chão para a equipe, mas comemora. Com isso, a Rádio Poliespotiva entrevistou o treinador e perguntou sobre como o comandante vê a equipe para a final. Já que venceu o jogo de volta das semifinais e agora enfrenta o Minas pela final. 

Por: Gabriel Yudi, São Paulo, SP

O ponto de vista de Javier sobre a partida de ida da semifinal

Nesta quarta-feira (7), o Taubaté venceu o Vôlei Renata. Com isso, o técnico foi perguntado qual a avaliação coletiva  da equipe na vitória que coloca a equipe em vantagem na série semifinal:

“Eu acho que o time foi muito regular durante o jogo, muito constante. A gente conseguiu tocar muitas bolas, tanto no bloqueio quanto na defesa. Criamos muitas possibilidades de contra-ataque. Dessa forma, trabalhamos muito a bola para complicar a vida do adversário. O padrão de jogo e uma estratégia bem definida foram os pontos fortes da equipe hoje”. 

Saque como um grande diferencial

Ademais, o saque é um dos maiores pontos diferenciais da equipe. Que renderam bons pontos para o time durante a partida e o campeonato. Sendo assim, Javier ficou muito feliz com o aproveitamento nesse fundamento:

“Sem dúvidas estou feliz, os saques foram armas fundamentais no jogo. Conseguimos tirar muitos passes adversários fora da linha dos três metros. O que facilitou o acesso pelas pontas e nos dando a chance de contra atacar com mais eficácia. Outro ponto é que o saque tem apenas 12% de erro, em média, estamos acertando muito e errando pouco. Nos coloca mais próximos da vitória estar bem no aproveitamento do fundamento”.

Análise sobre o jogo de volta

Apesar da vitória, o que o Taubaté precisa melhorar para a 2ª partida e ir para a final? (Spoiler: o jogo de volta já aconteceu e o clube está na finalíssima, jogará contra o Minas). Dessa maneira, Weber disse:

“Espero que o time continue na mesma intensidade e regularidade para o próximo jogo. O maior ponto é melhorar o contra-ataque para termos mais tranquilidade. Nosso diferencial será o saque novamente, para dificultar a vida da defesa adversária. Para mim, será fundamental que a equipe seja constante o tempo todo, colocando pressão, porque o jogo será muito difícil. Um jogo que será definido nos detalhes”.

Em suma, o Taubaté venceu por 3 a 0 o Renata. E, assim, enfrentará o Minas na final, acontecendo nesta quarta-feira (14) e nesta sexta-feira (16).

Foto Destaque: Reprodução/Agência i7

Gabriel Yudi

Sou aluno de Jornalismo da PUC-SP (3/8). Sou um grande fã de futebol e do Pelé. Meus sonhos são cobrir uma Copa do Mundo em loco e dar um espelho para que pessoas iguais a mim, asiáticos, tenham a[...]

5 posts | 0 comments

Comments are closed.