Israel Adesanya x Paulo Borrachinha – Prognóstico da luta mais esperada de 2020

Israel Adesanya x Paulo Borrachinha – Prognóstico da luta mais esperada de 2020

1
489
0
sexta-feira, 25 setembro 2020
Lutas

Neste sábado (26), o UFC 253 traz um dos melhores cards do ano com a batalha de invictos entre o campeão dos pesos-médios, Israel Adesanya, que enfrenta o brasileiro Paulo “Borrachinha” Costa na luta principal. Primeiramente, ambos têm vasto poder de nocaute e ainda não sabem o que é perder em toda sua carreira. Além disso, os momentos de provocações entre os dois acentuam o confronto como o mais aguardado do ano até o instante. Confira todos os detalhes:

Por Thiago Costa, do Rio Grande do Norte

ISRAEL ADESANYA

O nigeriano de 31 anos tem um estilo agressivo. Ainda assim, são apenas dois nocautes nas oito vitórias no UFC. Porém, anda constantemente pra frente. Especialista em kickboxing, tem o cartel de 19-0 no MMA. Ademais, destaque para vitórias contra o ex-desafiante Kelvin Gastelum, lendário Anderson Silva e ex-campeão Robert Whittaker. Por fim, vem de uma vitória resultado positivo sobre o cubano Yoel Romero, por decisão unanime.

PAULO “BORRACHINHA” COSTA

Semelhantemente, o brasileiro também é muito agressivo. Além disso, conta com a mescla de velocidade e nocautes, mandando seus oponentes mais cedo pro vestiário, por quatro vezes em cinco lutas no UFC. Entre os resultados positivos, é importante destacar os nocautes contra Johny Hendricks e Hriah Hall, além do cubano Yoel Romero por decisão dos juízes. Finalmente, está invicto com 13-0, sendo 11 nocautes. Ainda foi campeão dos eventos nacionais Face to Face e Jungle Fight.

APOSTA INDICADA E PALPITE

Em luta de invictos, há dificuldade para um palpite. Porém, devido ao maior número de lutas na organização e de já haver vencido adversários de maior expressão como Anderson Silva. Portanto, o palpite da Rádio Poliesportiva é em uma vitória de Israel Adesanya, com a Betwarrior pagando 1.55.

Foto: Getty Images

Avatar

poliprocesso

17 posts | 0 comments

Comments are closed.