Invencibilidade no Canindé vira motivação para Lusa manter boa sequência

Invencibilidade no Canindé vira motivação para Lusa manter boa sequência

1
1172
0
quarta-feira, 22 fevereiro 2017
Copa do Brasil

A Portuguesa está disposta a manter o bom retrospecto dentro de casa e, para isso, faz uma pausa no Campeonato Paulista da Série A2 para receber, nesta quarta-feira (22/02), às 19h30, o Boavista, do Rio de Janeiro, em partida válida pela segunda fase da Copa do Brasil. É o primeiro confronto entre a Lusa do Canindé e o time de Saquarema em torneios oficiais.

 

Portuguesa

 

Thiago Feltri ainda é dúvida para a partida contra o Boavista. Foto: Dorival Rosa/Portuguesa

O time da capital paulista vem embalado, após conquistar duas vitórias seguidas pela Série A2. Em seu último triunfo como mandante, no Estádio Anacleto Campanella, contra o Mogi Mirim, por 3 a 2, Luizinho se destacou após marcar dois, dos três gols da Portuguesa na partida e o meia-atacante pode ser o trunfo da Lusa neste confronto eliminatório contra os cariocas.

A Rádio Poliesportiva transmitiu o duelo com a narração de Ramoni Artico, as reportagens de Ivan Marconato e os comentários de Bruno Filandra.

Pela Copa do Brasil, a Portuguesa se classificou na última quarta-feira (15), após anotar 2 a 1 diante do Uniclinic, fora de casa, com gols de Bruno Xavier e Brunão.

O lateral Thiago Feltri é dúvida para o jogo desta quarta-feira. O atleta recebeu um tranco e caiu por sobre o ombro esquerdo e precisou abandonar a partida contra o Mogi Mirim, neste domingo, dando lugar ao estreante, Rômulo. O médico da Portuguesa, Doutor Paulo Fortes irá avaliar o jogador, para saber se Thiago terá condições de jogo ou se será desfalque para o técnico Tuca Guimarães.

 

Confira o retrospecto da Lusa na temporada, até o momento:

 

29/01 Portuguesa 1 x 0 Barretos – Canindé (Campeonato Paulista Série A2)

01/02 Portuguesa 0 x 1 Batatais – Bebedouro (Campeonato Paulista Série A2)

04/02 Portuguesa 0 x 2 Velo Clube – Rio Claro (Campeonato Paulista Série A2)

07/02 Portuguesa 0 x 0 Água Santa – Diadema (Campeonato Paulista Série A2)

10/02 Portuguesa 1 x 0 Sertãozinho – Canindé (Campeonato Paulista Série A2)

15/02 Portuguesa 2 x 1 Uniclinic (Ceará) – Horizonte-CE (Copa do Brasil)

19/02 Portuguesa 3 x 2 Mogi Mirim – São Caetano (Campeonato Paulista Série A2)

 

Boavista

 

Joel Santana é o comandante do Verdão de Saquarema. Foto: Vitor Santos/Boavista SC

Já o “Verdão de Saquarema”, assim como a Lusa, disputou a vaga da primeira fase contra um time cearense, no caso, o Ceará. Quem decidiu a partida foi o atacante Marcelo Nicácio, que já havia atuado pelo “Vovô”, em um jogo dramático. O gol do Boavista saiu somente em um pênalti marcado para o Boavista aos 49 minutos do segundo tempo, que Nicácio bateu e fez, aos 51 minutos, selando a classificação. No seu último compromisso, a equipe foi derrotada para o Botafogo, pelo Campeonato Carioca da primeira divisão, por 3 a 2.

O time de Saquarema tem diversos jogadores conhecidos da torcida paulista, como o goleiro Felipe (ex-Corinthians e Bragantino), os zagueiros Antônio Carlos e Renato Silva (ambos ex-São Paulo) e o meia Fellype Gabriel (ex-Palmeiras e Portuguesa), além de seu treinador, Joel Santana.

 

O que pode desequilibrar?

 

Goleiro Felipe é velho conhecido dos torcedores paulistas e pode ser um fator diferencial a favor da equipe carioca caso a partida vá para as penalidades. Foto: Reprodução Facebook/Boavista Sport Club

O fator casa é muito importante para os rubro-verdes, pois estão com 100% de aproveitamento na temporada, no Estádio do Canindé. Em seu estádio, pela Copa do Brasil, o aproveitamento chega a 58%. São 31 partidas, com 18 vitórias, 11 empates e apenas duas derrotas.

Outro fator que pode desequilibrar no resultado da partida é que, diferente do que foi a primeira rodada, em caso de empate, a classificação se dará na disputa de pênaltis. Na rodada anterior, o time visitante tinha a vantagem do empate para seguir na competição.

A Portuguesa decidiu a classificação por pênaltis apenas por duas oportunidades, contra o Atlético Mineiro, em 2000 e contra o Icasa, em 2009. Em ambas a Portuguesa foi eliminada da competição.

 

Por Gabriel Max

admin

240 posts | 0 comments

Menu Title