Handbike leva Josimar a lugares incríveis com o Paraciclismo

Handbike leva Josimar a lugares incríveis com o Paraciclismo

Like
1308
0
terça-feira, 10 dezembro 2019
Super Ação

Josimar Sena da Silva, com 35 anos é paratleta do Clube de Ciclismo de São José dos Campos-SP, onde mora atualmente, pois nasceu em Juiz de Fora-MG. Já competiu nas modalidades de: atletismo, canoagem, basquete sobre rodas, golf adaptado e logo em seguida migrou para o Paraciclismo.

Aos 18 anos Josimar sofreu um acidente de carro e teve uma lesão medular. Ela lhe deixou em uma cadeira de rodas. Após anos se recuperando e reabilitando resolveu morar em São José dos Campos-SP. Assim, buscando uma melhor qualidade de vida.  Mesmo com essa limitação não desanimou e virou paratleta no paraciclismo.

“Eu que sempre fui esportista, praticava futebol e capoeira, busquei forças no esporte para superar as dificuldades e voltar a ter uma vida normal. Conheci o atletismo, canoagem, basquete sobre rodas, Golf adaptado e logo em seguida migrei para o Paraciclismo”, diz Josimar.

Josimar nunca teve dificuldades durante sua infância pelo simples fato de sua família lhe dar total apoio, carinho e respeito pelas suas decisões.

Contato com handbike

“Meu primeiro contato com uma handbike foi em 2009, através de um amigo e companheiro da equipe de basquete sobre rodas de São José dos Campos SP. Em seguida, entrei para o Clube do Ciclismo da cidade. E logo em 2010 tive a oportunidade de participar do Campeonato Brasileiro de Paraclismo, em Brasília-DF, conquistando o terceiro lugar”, diz Josimar.

A prática esportiva é muito importante para todos. O esporte nos traz saúde e disposição, proporciona principalmente vontade de viver e a alegria de estar vivo. A vida pode mudar completamente de uma hora para a outra, por esse motivo devemos viver da melhor maneira possível, vencendo os desafios que aparecerem.

“Foi o esporte que me deu forças para superar as dificuldades e voltar a ter uma vida normal. Significa tudo na minha vida, pois me deu forças para perceber que o acidente foi só mais um obstáculo a ser superado e que a cadeira de rodas não é somente mais um acessório e sim uma extensão do meu corpo”, diz Josimar.

Privilégio

Se sente privilegiado em poder inspirar outras pessoas em se tornarem atletas ou até mesmo amadores. Trazer a essas pessoas uma qualidade de vida melhor e incluí-los novamente na sociedade é o que mais lhe engrandece. O esporte pode chegar onde muitos não podem, e isso é gratificante. Saber que sua passagem não será em vão lhe torna um indivíduo melhor.

LEIA MAIS

Ana Bracarense

Ana Bracarense

16 posts | 0 comments

Comments are closed.