Hamilton domina em casa, cola no líder Vettel e embola a classificação

Hamilton domina em casa, cola no líder Vettel e embola a classificação

Like
1160
0
terça-feira, 18 julho 2017
Fórmula 1

Que Lewis Hamilton é um dos melhores pilotos da atualidade todos sabem. Que o piloto ama correr em Silverstone, seu circuito caseiro, também. Mas num campeonato tão equilibrado, vencer da forma que o inglês venceu é sem dúvidas, uma grande injeção de ânimo para a segunda metade do campeonato. O prelúdio do domínio Hamilton-Mercedes era a classificação, onde Lewis andou meio segundo mais rápido que o segundo colocado, Kimi Raikkonen.

 

A corrida

Logo na volta de apresentação, o inglês Jolyon Palmer teve problemas em seu Renault e nem largou, encostando o carro no gramado e não podendo realizar sua corrida caseira. Com isso a direção da prova indicou mais uma volta de aquecimento para que a organização retirasse o carro de Palmer. Na largada, Hamilton disparou segurando as Ferrari de Raikkonen e Vettel, que partiam em segundo e terceiro. Embora distante da briga pelo título, Raikkonen não foi escudeiro de Vettel e não deu moleza para o alemão, que não conseguindo ganhar a segunda posição do finlandês sofreu pressão de Max Verstappen, sendo ultrapassado e caindo para a quarta posição. Bottas que vinha da nona posição na primeira volta já era o sexto, pressionando Nico Hulkenberg.

Já na primeira volta, mais uma vez os pilotos da Toro Rosso se envolveram em problemas. O pior é que desta vez, foi uma briga interna. Kvyat perdeu o controle de seu bólido e acertou a lateral do outro carro da equipe, de Carlos Sainz. Foi fim de prova para o espanhol e punição para o russo, tendo que cumprir um drive through. Ricciardo que também vinha de trás com a sua Red Bull atacava por todos os lados tentando subir posições. O ímpeto deu certo, e Ricciardo antes da primeira janela de pit-stops já figurava entre a zona dos pontos.

Enquanto isso, Vettel tentava a todo custo recuperar a terceira posição de Verstappen. Na volta 19 porém, A Ferrari pediu para que o piloto abortasse os ataques e viesse aos boxes para troca de pneus. A estratégia deu certo, a Ferrari trabalhou bem e quando Verstappen fez sua parada, voltou atrás do tetracampeão após problemas na troca de um dos pneus traseiros. Mais a frente, Hamilton também parou e com a vantagem obtida dentro da pista saiu a frente do então segundo colocado, Valtteri Bottas que ainda não tinha parado.

Após todas as paradas, Hamilton seguia na ponta e Raikkonen vinha em segundo. Bottas então começou a apertar Vettel, que sofria com o desgaste de pneus mais que os outros, pois havia parado mais cedo que a grande maioria dos ponteiros da prova. Foi aí que o finlandês assumiu a terceira posição e viu Vettel perdendo terreno em relação ao líder. Raikkonen também teve problemas e parou faltando pouco para o término da corrida. No fim, Hamilton venceu em corrida irretocável, com Bottas fechando a grande atuação da Mercedes em segundo. Raikkonen depois de parar, ainda viu Vettel tendo um furo de pneu que comprometeu totalmente a sua prova. Mesmo com problemas, Raikkonen ainda conseguiu fechar o pódio, finalizando em terceiro devido ao problema do companheiro.

Max Verstappen voltou a completar uma prova e fechou em quarto e após grande corrida, Daniel Ricciardo foi o quinto em boa corrida da Red Bull. Nico Hulkenberg levou sua Renault ao sexto lugar em uma de suas melhores provas no ano. Vettel foi só o sétimo, arrastando seu carro com o pneu furado na última volta da corrida. Ocon e Perez foram oitavo e nono, e como de costume levaram as Force India aos pontos. Massa fechou a zona de pontuação em décimo, após largar com sua Williams em décimo quarto.

Vandoorne, Magnussen, Grosjean, Ericsson, Kvyat, Stroll e Vehrlein fecharam os que finalizaram a prova, embora fora dos pontos. Alonso e Sainz não completaram, e Palmer sequer largou.

Lewis Hamilton comemora bastante a quinta vitória em casa, igualando o recorde de Jim Clark e Alain Prost. Foto/Reprodução: Página do Facebook da Formula 1.

 

O campeonato

No dia 28 de julho a sequência do campeonato acontece em Hungaroring, em Budapeste. O GP Magiar marca o início da segunda metade do campeonato, que está completamente indefinido. Vettel lidera com 177 pontos, contra 176 de Hamilton. Apenas um ponto separa os dois. Bottas chegou mais perto após o resultado de Silverstone e agora tem 154 pontos. Ricciardo vem 60 pontos atrás do líder, na quarta posição do certame.

Todas as informações aqui na Rádio Poliesportiva, a arte do esporte.

 

Boletim da prova – em áudio

 

Foto de capa/divulgação: Página do Facebook da FIA

 

Redator da matéria e apresentador do boletim: Danilo Dias, de São Paulo.

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

555 posts | 2 comments

Menu Title