Grêmio supera Lanús e fica a um empate do tricampeonato da Libertadores

Grêmio supera Lanús e fica a um empate do tricampeonato da Libertadores

Like
1372
0
quinta-feira, 23 novembro 2017
Libertadores

No primeiro jogo da grande final da Copa Libertadores da América, o Grêmio venceu o Lanús por 1 a 0 e conquistou uma mínima mas importante vantagem para o jogo de volta no Estádio La Fortaleza em Buenos Aires.

 

Primeiro tempo 

A etapa inicial foi marcada por uma surpreendente postura e principalmente atuação da equipe argentina. Se esperava um jogo totalmente diferente com o Grêmio tomando a iniciativa tendo mais posse de bola e criando as principais oportunidades de gol e os visitantes marcando forte atrás da linha da bola e apostando na velocidade para encaixar um contra-ataque.

Mas o que se viu foi o inverso, o Grêmio foi amplamente dominado pela equipe Grenate que mostrou muita consciência tática e ótima qualidade com a bola nos pés. Os Argentinos levaram perigo em duas oportunidades mas pararam no muro chamado Marcelo Grohe. Já o Tricolor Gaúcho pouco criou e se viu neutralizado no excelente esquema tático criado pelo técnico Jorge Almirón.

 

O Primeiro tempo mostrou o espírito e alma de final de Copa Libertadores com um jogo extremamente físico e pegado.
Foto: Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Página do Facebook

 

Segundo tempo

Os 45 minutos finais foram de um jogo mais aberto com o Grêmio mais ligado e indo pra cima do Lanús. A postura dos donos da casa mudou e com isso começou a empurrar os visitantes para o seu campo e criar boas oportunidades de gol. Já o Lanús apostava na velocidade de seus homens de frente para chegar ao gol tricolor.

Na beira do gramado, o técnico Renato Gaúcho tentava ler, entender e decifrar o jogo e achar uma solução para superar o bom jogo que fazia a equipe argentina. O jogo mudou após as entradas do meia Cícero e do atacante Jael que fizeram com que o Grêmio crescesse na partida e que ficasse muito próximo do gol da vitória. E após uma certa pressão, o lateral Edilson cobrou falta na área o atacante Jael escorou de cabeça e livre e de frente para o gol. O iluminado e herói improvável, Cícero que foi contratado para atuar nos 4 jogos finais da competição, mostrou inteligência e faro de matador e com o pé direito fuzilou o goleiro Andrada e fez o gol da vitória Gremista aos 38 minutos.

Os minutos finais foram dramáticos! Os donos da casa seguravam a vitória mínima e os visitantes buscavam o gol de empate aos 49 minutos, no último lance do jogo, após bola alçada na área e o atacante Jael foi claramente empurrado pelo zagueiro Brarguieri. O árbitro chileno Júlio Bazcunãn colocou o apito na boca, mas nada marcou revoltando todo o time do Grêmio que pedia a intervenção do árbitro de vídeo que não foi utilizado.

Vitória na raça e importantíssima do Grêmio que jogará pelo empate na próxima quarta-feira no acanhado La Fortaleza que sem dúvida terá uma atmosfera de muita pressão pra cima da equipe brasileira. O Lanús precisa vencer por dois gols de diferença para chegar ao inédito título. Vitória por um gol levará a decisão para a prorrogação e persistindo o empate, pênaltis.

O iluminado e improvável herói o meia Cícero fez o gol da vitória do Tricolor Gaúcho.

 

 

Ficha do Jogo:

Grêmio: Marcelo Grohe, Edilson, Kanemann, Geromel, Bruno Cortez, Jailson(Cícero), Arthur, Ramiro, Fernandinho(Everton), Luan, Barrios(Jael)

Lanús: Andrada, José Gómez, Rolando Garcia, Braghieri, Maxi Velázquez(Aguirre), Marcone, Román Martinez, Pasquini, Alejandro Silva, José Sand, Lautaro Acosta

 

Gol: Cícero aos 37 minutos do Segundo tempo

Cartões Amarelos Grêmio: Kannemann, Jailson, Cícero

Cartões Amarelos Lanús: Braghieri, Rolando Garcia, Maxi Velázquez, Lautaro Acosta

 

 

Foto em destaque: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Página do Facebook

 

Redator da matéria: Bruno Mattos, de São Paulo

Bruno Mattos

69 posts | 0 comments

Menu Title