GP do Bahrein: Brawn GP acerta na tática, e Jenson Button vence a terceira em 2009!

GP do Bahrein: Brawn GP acerta na tática, e Jenson Button vence a terceira em 2009!

1
68
0
quinta-feira, 25 março 2021
Clássicos da Fórmula 1

Durante fim de semana do GP do Bahrein de 2009, o piloto inglês Jenson Button disse a Brawn GP, grande destaque do início da temporada da Fórmula 1, que tinha perdido o domínio mostrado nas primeiras provas. Quando a corrida começou naquele domingo (26 de abril de 2009), porém, os dois carros do time mostraram que o temor do líder do mundial tinha sido exagerado. Confira nesta edição da coluna Clássicos da Fórmula 1.

Por: Luiz Máximo Morelo

Após largar em quarto lugar, o inglês assumiu a liderança da corrida depois da primeira parada nos boxes e seguiu até o final, dominando. Sebastian Vettel terminou em segundo lugar, com Jarno Trulli em terceiro. “Esta vitória foi provavelmente a melhor de todas para nós, porque já não temos uma vantagem competitiva“, analisou Button, referindo-se à melhora das equipes concorrentes. “Já não somos tão fortes quanto antes, e tivemos que trabalhar em dobro“, completou.

A corrida do GP de Bahrein

Na largada, o pole Jarno Trulli não saiu bem e acabou superado por seu companheiro de equipe, Timo Glock. Os melhores, porém, foram as Ferraris. Dessa forma, Felipe Massa, 8º, e Kimi Räikkönen, 9º, pularam para frente e brigaram por posição com Rubens Barrichello, que largou em 6º. Posteriormente, na primeira curva, inclusive, os três se espremeram. Pior para Massa, que bateu no finlandês, quebrou a asa dianteira e teve de ir para os boxes.

No pelotão da frente, os dois pilotos da Toyota, que largaram mais leves, pararam nos boxes. Foi aí que Button começou a conquistar a vitória do GP do Bahrein. Com mais voltas do que os rivais, ele acelerou, como costumava fazer Michael Schumacher, e, ao sair dos boxes, estava na frente de Glock e Trulli.

Rubens Barrichello não teve a mesma sorte. Após sua parada, ele acabou trancado atrás de Nelsinho Piquet. Após algumas voltas mais lento do que os seus concorrentes na frente, Barrichello conseguiu a ultrapassagem na 19ª volta. Com isso, distante dos líderes, ele voltou aos boxes na 26ª volta, em mudança de estratégia.

Em primeiro lugar, Button usou o grande ritmo de corrida dos carros da Brawn GP para aumentar a vantagem. Em segundo lugar, o alemão Sebastian Vettel, vencedor do Grande Prêmio da China. As duas Toyotas não conseguiram repetir o desempenho dos treinos, com Jarno Trulli terminando em terceiro e Timo Glock, apenas em sétimo.

Entre as melhores de 2008, o inglês Lewis Hamilton mostrou a evolução da McLaren. Em quarto lugar, ele virou todo o final da prova no mesmo ritmo de Barrichello, que vinha em quinto lugar, mas longe do campeão. A Ferrari, apesar dos problemas de Massa, conseguiu seus primeiros pontos, com Kimi Räikkönen, em sexto lugar.

Foto Destaque: Reprodução/The Cahier Archive

Luiz Máximo Moreno Morelo

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

344 posts | 0 comments

Comments are closed.